• Sérgio Dal Sasso - Negócios -
  • Ricardo Jordão - Entretenimento -
    "Diga a Simone que eu não vou aprovar a garota que ela me mandou para as fotos. Eu pedi uma garota atlética e sorridente, ela me enviou uma garota cansada, suja e gorda. Confirme a minha presença na festa do Michael Kors. Eu quero que o motorista me deixe em casa as 21:30 e me pegue pontualmente as 21:45. Depois ligue para Natalie do Restaurante Gloria e diga a ela NÃO pela 40a vez. Eu não quero dacquoise, eu quero tortas. Depois ligue para o meu ex-marido para lembrá-lo que a reunião dos pais é hoje a noite no Dalton. Depois ligue para meu marido e peça para me encontrar para jantar no restaurante que encontramos o Masima. Diga a Richard que eu vi as fotos que ele fez, e falta originalidade nelas. Eu quero ver também o rascunho que Nigel escolheu para a segunda tentativa de capa. Eu estou indo muito rápido? Eu penso que não. Todo mundo quer essa vida. Todo mundo quer ser igual a nós."
  • Alvaro Augusto - Tecnologia -
    A principal diferença entre Cuba e Brasil não diz respeito a abstratos índices econômicos, a investimentos em esportes ou a classificações em campeonatos internacionais.
  • Rubens Fava - Negócios -
    Diante deste cenário, fala-se muito na necessidade de mudança, na quebra de paradigmas, em reconstrução e em reengenharia. Isso pode ser bom, mas também pode ser uma armadilha.
  • Raúl Candeloro - Negócios -
    Geralmente, temos três cenários quando o fim de ano se aproxima: a empresa que está muito bem, que teve um ótimo ano, vendeu muito, cresceu, ganhou e fidelizou clientes; a empresa que está mais ou menos, perdeu alguns clientes, ganhou um pouco, mas vendeu o suficiente para pagar as contas, não conseguindo grandes lucros; e a empresa que foi mal, cujos clientes foram comprar da concorrência e o lucro é apenas uma hipótese pouco provável.
  • Magno de Aguiar - Negócios -
    O ministro da Educação afirmou dia desses , nessas andanças que tem feito por aí, que os cursos que tiveram notas ruins e, conseqüentemente, foram mal avaliados no Exame Nacional de Desempenho – Enade, que substituiu o Provão, estão com o sinal vermelho aceso.
  • Sérgio Dal Sasso - Negócios -
  • José Dornelas - Negócios -
    Muitos empreendedores têm dificuldades no desenvolvimento da seção financeira do PN e até consideram esta a parte mais difícil de ser feita.
  • Carlos Hilsdorf - Negócios -
  • Alessandra Assad - Negócios -
    A falta de segurança psicológica no ambiente de trabalho faz com que muitas pessoas percam o rumo e fiquem sem uma bússola que aponte uma direção para onde as coisas devem caminhar. É preciso deixá-las se comprometerem, delegar tarefas, compartilhar decisões e analisar junto os resultados. E quem consegue isso nas corporações modernas?
  • Raúl Candeloro - Carreira -
    A atitude é tudo na vida. Alguém com atitude positiva não garantirá seu sucesso numa carreira em Vendas, mas com certeza irá muito melhor do que se tivesse uma atitude negativa.
  • Débora Martins - Negócios -
    "Se cada um varresse a calçada de sua casa, no fim do dia a rua toda estaria limpa." (Jean Vien Jean) A sociedade atual tem sido palco de discussões cada vez mais polêmicas sobre a qualidade dos profissionais que atuam nas organizações.
  • Marcos Hashimoto - Negócios -
    Tolerância. Uma virtude que nossos pais sempre nos ensinaram a cultivar. ‘Devemos ser tolerantes com os mais fracos, com os menos favorecidos’ sempre disseram eles, baseados em princípios, muitas vezes, religiosos. O espírito de comunidade, a grata sensação de pertencer a um grupo, o acolhimento e a neutralização das diferenças ajudaram a construir civilizações e nações.
  • Rogerio Martins - Negócios -
    Napoleon Hill, em seu célebre livro “A Lei do Triunfo”, já afirmava por volta de 1.900 que “querer é poder”. Passaram os anos, mudaram as empresas, a ciência avançou, o homem mudou seus hábitos, a sociedade está em constante transformação, mas ainda “querer é poder”.
  • Sérgio Dal Sasso - Tecnologia -
  • Carlos Hilsdorf - Negócios -
  • Raúl Candeloro - Marketing -
    Vamor dar continuidade à coluna da semana passada, onde apresentamos 6 coisas que podem ser feitas agora mesmo pela sua empresa para vender mais.
  • Rubens Fava - Negócios -
    Um tapinha nas costas vale mais do que um aumento de salário.
  • Alvaro Augusto - Dinheiro -
    Para espanto de todos, a fracassada experiência das "fábricas socialistas" está de volta no mundo. Dessa vez, na Venezuela.
5061-5080 de 5843

Shopping