• Ricardo Jordão Magalhães - Negócios -
    Quando você sentir que algo falta para você, dê o que você tem. Do fundo do coração e do fundo da alma, doe o que você sabe, compartilhe o que você sente. Ser um Ser apaixonado é um comprometimento seu com o universo. Fazer o que se ama é mais importante do que ser feliz.
  • Tom Coelho - Negócios -
    Somos seres muitos frágeis, feito poeira no vento. Como é fácil perdermos a vida: um acidente fortuito a bordo de um automóvel; uma emboscada, numa trincheira, uma arma de fogo que dispara; um exaltar de ânimos que opõe pessoas que tudo tinham para serem amigas.
  • Marcos Hashimoto - Tecnologia -
    Fechando o meu ciclo de resumos das palestras da ExpoManagement 2004, nada melhor do que tentar traduzir em frias palavras a ‘caliente’, enérgica, dinâmica palestra do grande guru americano Tom Peters.
  • Ricardo Jordão Magalhães - Negócios -
    Eu me revolto com aqueles que arrancam a flor do jardim apenas para agradar a namorada. Eu sinto remorso quando mato uma formiga ou uma mosca. Você seria engenheiro se pudesse voar? Você viveria como advogado se pudesse respirar debaixo d´agua? Você seria médico se não precisasse de roupas e rémedios para sobreviver a baixas temperaturas? Você seria banqueiro se os outros o seguissem pelo que você é e não pelo que você tem? Não somos o Ser mais importante do universo. Nem de perto. Nem de longe. A Natureza não está aí para servir a nós. Nunca esteve. Somos os mais inteligentes dos mais burros.
  • Tom Coelho - Negócios -
    Há partidas, separações e despedidas. Em algumas situações dizemos “até logo”, em outras um resoluto “tchau”. Mas apenas o “adeus” carrega consigo um bálsamo de dor. Porque é o único temperado com o aroma, doce ou amargo, do tempo.
  • Sonia Jordão - Marketing -
  • Marcos Hashimoto - Dinheiro -
    O ano novo chegou! Tempo de reflexões sobre o que acertamos e erramos em 2004 e planejar 2005. Alguns empreendedores vão tentar crescer e prosperar mais este ano, enquanto outros, não poucos, tentarão sobreviver mais um ano.
  • Ricardo Jordão Magalhães - Marketing -
    Eu não quero nada de ninguém, nem de graça, nem de mão beijada. Não quero depender de ninguém, nem quando criança, nem quando jovem, nem quando velho. Eu quero ser auto-suficiente! Porque ser auto-suficiente é o melhor que você pode fazer por essa humanidade que já tem tantos problemas para ter que carregar mais um: você.
  • Marcos Hashimoto - Negócios -
    Natal de 2003. Há exato 1 ano atrás, chamei meus filhos e pedi para escreverem para o Papai Noel.
  • Ricardo Jordão Magalhães - Negócios -
    Nada é sagrado! Tudo está aberto a questionamentos. Nada de defesa de território! Tudo ainda está por fazer. Nada de culpados! Somos todos responsáveis por tudo. Nada de patentes! A hierarquia não vale nada para mim. Nada de reclamações! Traga Prazos, Idéias e Líderes Responsáveis.
  • Tom Coelho - Negócios -
    Cometas passam deixando um rastro de luz, mas logo caem no esquecimento até mesmo de quem muito os admirou. Já as estrelas, com seu brilho, nos acalentam, nos orientam e nos iluminam.
  • Ricardo Jordão Magalhães - Negócios -
    Quando alguém pedir para você ser responsável pela execução de uma tarefa fácil, não a faça com leviandade como outros fariam, encare essa tarefa como se ela fosse a mais difícil do mundo; e quando alguém pedir para você ser responsável pela execução de uma tarefa difícil, não a encare com citicismo como outros fariam, encare essa tarefa como se ela fosse a mais fácil do mundo.
  • Conrado Adolpho - Marketing -
  • Sonia Jordão - Negócios -
  • Tom Coelho - Carreira -
    Aos 20 anos, o jovem tem experiência de menos; aos 40, o profissional é maduro demais. Aos 20 anos, queremos aprender de tudo; aos 40, pensamos já saber tudo. O mundo corporativo precisa visitar um oftalmologista.
  • Ricardo Jordão Magalhães - Negócios -
    Somente quando amarmos o Inferno nós vamos encontrar o Céu. Somente quando amarmos o que nós não conhecemos nós vamos aprender alguma coisa. Somente onde a Diferença é bem vinda a Vida é bem vinda.
  • Conrado Adolpho - Marketing -
  • Conrado Adolpho - Marketing -
  • Tom Coelho - Carreira -
    Maquiar balanços contábeis não virou moda. Sempre foi. Empresas fraudam, executivos mentem, auditores omitem, analistas recomendam. Como diz o velho adágio popular, papel aceita tudo.
  • Marcos Hashimoto - Acadêmico -
    Acabou. Final da primeira edição de ‘O Aprendiz’, programa criado pelo mega empresário americano, Donald Trump, no estilo ‘reality show’, que selecionou, dentre 250 mil inscritos originalmente, um jovem para comandar um de seus empreendimentos.
8201-8220 de 8347