Mais comentada

A Evolução da Administração

Hoje o Administrador deve lidar com modernas técnicas de gestão, onde houve um processo evolutivo dos modelos gerenciais que foram utilizados seguindo estudos científicos de gestores de renome.

Hoje o Administrador deve lidar com modernas técnicas de gestão, valorizar as pessoas de forma que possam tomar as decisões e resolver os problemas, com vista maximizar a competitividade nas empresas e organizações. Como administradores devemos buscar na teoria o conhecimento, buscar na prática a sabedoria e buscar sempre a perseverança na prática do bem, o que nos elevará espiritualmente.

Antes de chegar a essa afirmação houve um processo evolutivo dos modelos gerenciais que foram utilizados, que dentre outros estudiosos e gestores, os que se destacaram:

  • HENRI FAYOL (1841-1925) com a Teoria Clássica com ênfase na estrutura. “Conceber um plano e assegurar-lhe o sucesso é uma das mais vivas satisfações que o homem inteligente pode experimentar”;

  • FREDERICK TAYLOR (1856-1917), na Escola da Administração Científica com ênfase nas tarefas; HENRY FORD (1863-1917) ficou famoso quando, em sua linha de montagem, elevou o salário mínimo dos operários e projetou um carro com o mais baixo preço entre seus concorrentes. “Se eu perguntasse a meus compradores o que eles queriam, teriam dito que era um cavalo mais rápido”;

  • MAX WEBER (1864 – 1920) Escola Estruturalista da Administração surge a Teoria Burocrática sintetizando as teorias clássicas e as teorias de relações humanos; ELTON MAYO (1880 – 1949) com a Experiência de Hawthorne com ênfase nos aspectos emocionais do comportamento das pessoas;

  • ABRAHAM MASLOW (1908 – 1970) com a Teoria da Motivação Humana que desenvolveu uma hierarquia das necessidades que pode ser visualizada como uma pirâmide;

  • PETER DRUCKER (1909 – 2005) com a Teoria Neoclássica da Administração nos princípios gerais de gestão e ênfase nos objetivos e resultados. “Um executivo que não sabe gerenciar a inovação é incompetente e inadequado para a sua função”;

  • FREDERICK HERZBERG (1923 – 2000) com a Teoria de Herzberg que defende o comportamento humano o qual pode ser explicado por fatores higiênicos ou extrínsecos e fatores motivacionais e intrínsecos; e

  • HEBERT SIMON (1916 – 2001) Escola Comportamental da Administração com novos conceitos ao tratamento do processo de tomada de decisões e aos limites da racionalidade.

No Brasil temos muitos administradores que aplicaram muitos desses conhecimentos e conseguiram superar os grandes desafios na gestão, como também inspiram e servem como modelo:

  • IDALBERTO CHIAVENATO nascido em São Paulo, autor na área de Administração de Empresas e de Recursos Humanos tendo seus livros utilizados por administradores no Brasil, países da América Latina, Portugal, Espanha e países africanos de língua portuguesa. Atualmente, atua como conselheiro no Conselho Regional de Administração do Estado de São Paulo e presidente do Instituto Chiavenato de Educação. É um dos autores nacionais mais conhecidos e respeitados na área de Administração de Empresas e Recursos Humanos;
  • GUILHERME PEIRÃO LEAL, Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade de SP, detém 25% das ações da Natura e integrou em 2010 o grupo de 18 brasileiros mais ricos, pela Forbes. É fundador e membro do conselho do Instituto Ethos - Empresas e Responsabilidade Social, além de integrante dos conselhos da WWF-Brasil e do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). Também participou da criação e foi membro do conselho da Fundação Abrinq. Fundador do Instituto Arapyau, uma organização voltada para a educação e desenvolvimento sustentável. Colaborou também para o estabelecimento da ESCAS, escola direcionada para a graduação de líderes na criação e disseminação da biodiversidade e sustentabilidade;
  • LUIZA HELENA TRAJANO, presidente da Magazine Luiza, Formada em Administração de Empresas e Direito, começou a trabalhar aos 12 anos e hoje, lidera 23 mil colaboradores espalhados por 718 lojas em 16 estados. Em 2011, o Magazine Luiza estreou na Bolsa de Valores e fez a 13ª aquisição de sua história, quando comprou 121 lojas do Baú, que pertenciam ao Grupo Silvio;
  • ROBERTO LUIZ JUSTUS, Formado em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie, iniciou sua carreira na publicidade, fundou a Fischer, Justus Comunicação e também o Grupo Newcomm, do qual é presidente. Como apresentador da TV comanda o Talk Show Roberto Justus, formou uma parceria com Walter Longo, mentor de Estratégia e Inovação do Grupo Newcomm e presidente da agência Grey Brasil, lançou o primeiro MBA de Comunicação do IBMEC RJ e em junho de 2013, o MBA em Estratégia e Liderança Empresarial na Metrocamp/Grupo Ibmec, em Campinas;

  • MAX GEHRINGER, Administrador de Empresas e escritor, autor de diversos livros sobre carreiras e gestão empresarial. Tornou-se conhecido por suas colunas em várias revistas, na rádio CBN e no programa Fantástico, da TV Globo, foi escolhido como um dos 30 executivos mais cobiçados do mercado em pesquisa do jornal Gazeta Mercantil, em janeiro de 1999. Foi um dos cinco finalistas do prêmio Top of Mind em 2005 e 2006 na categoria Palestrante. Foi diretor da Pepsi, Elma Chips e Pullman. Foi colunista das revistas Você S.A., Exame e VIP, todas publicadas pela Editora Abril. Hoje escreve para a revista Época e Época Negócios, ambas da Editora Globo.
Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: #administradores #evolucao #gestores

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração