Gestão de estoques? Pra quê?

Texto que aborda um panorama sobre a importância de uma Gestão de Estoques eficiente.

Se minha vivência profissional fosse representada por um teclado de computador, uma das teclas mais importantes seria a da função FAÇA CURSOS, CAPACÍTE-SE, MANTENHA-SE ATUALIZADO. 

Em meu artigo anterior eu finalizei o mesmo com uma frase do professor CHIAVENATO que dizia o seguinte: “Desenvolva as pessoas e elas desenvolverão a organização.” Esse é conselho mais sábio que ouvi nos últimos tempos. Sem uma equipe preparada tecnicamente, atualizada com relação ao seu mercado de atuação e com as novas tecnologias, não há empresa que saia do lugar, ou seja, continuarão a brigar no oceano vermelho. Para se alcançar águas calmas, cristalinas, é preciso pensar fora da caixinha, se reinventar sem perder sua essência, se diferenciar e isso só se consegue com pessoas.

Mas o que tudo isso tem a ver com Gestão de Estoques ?

A ligação está relacionada a grande importância deste setor para a sobrevivência da empresa. A gestão de estoques quando bem gerenciada se torna uma grande vantagem competitiva para a empresa, pois grande parte do capital do empreendimento está investido nos estoques. Por isso a grande responsabilidade do gestor desse setor e a necessidade de uma equipe altamente preparada.

Se o estoque é alto demais, poderá causar sérios problemas financeiros a empresa, podendo levá-la até mesmo a falência, dependendo do caso. O mesmo ocorre se tiver estoques de menos, pois a empresa poderá deixar de produzir e havendo uma falta de mercadorias no mercado, a empresa deixará de ganhar, poderá comprometer sua marca, seu posicionamento, seu market share, etc.

A meu ver, somente um profissional capacitado e atualizado, consegue desenvolver um bom planejamento do setor, revendo os processos, promovendo os ajustes necessários e a minimização dos custos. Para se ter uma idéia, o simples fato de se estocar já se geram custos de armazenagem (ex.: mão-de-obra do operador do depósito, o aluguel do espaço, depreciação dos equipamentos, etc), custos de oportunidades (o dinheiro investido nos estoques poderia ser utilizado em novos projetos, em equipamentos ou mesmo ser investido no mercado financeiro), custos financeiros de estoque e custos de quebra (roubo, avarias, obsolescência), entre outros.

Infelizmente, ainda hoje, temos empresas que não valorizam o setor. Conheço uma grande empresa varejista, onde o setor de armazenagem de produtos é um verdadeiro caos. Não existe um responsável, as mercadorias são jogadas de qualquer forma, fora a sujeirada. Dai dá para imaginar o tamanho da perda dessa empresa. Em uma outra, foi realizado um trabalho de recuperação no setor, onde o layout dos espaços foram redesenhados, foi realizado uma revisão de todos os processos e estabelecido novas regras e procedimentos de trabalho. Tinha tudo para funcionar de forma correta, se não esbarrasse na falta de cooperação dos outros setores. Resumindo, a empresa poderia ter tido um grande ganho de vantagem competitiva, com a minimização dos custos, mas como todos não estavam alinhados e não tinham visão gerencial do negócio, isso não ocorreu.

Muitos vão me chamar de chato, mas volto a bater na mesma tecla da capacitação e atualização como diferencial competitivo. Ainda existem muitos profissionais que pararam no tempo e digo isso porque conheço uma penca deles. Nos tempos atuais não adianta apenas saber fazer o café. Hoje você precisa virar um barista.

Existem empresas que não dão a mínima para a valorização do funcionário, enquanto eles tiverem fazendo o café está bom. O único detalhe é que esses empresários, acabam esquecendo que se hoje eles conseguem faturar X unidades monetárias, com funcionários qualificados, valorizados e motivados, podem passar a ganhar 10 X e somado a uma gestão eficiente de seus estoques, poderiam ganhar 15 X.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: #armazenagem #atualização #capacitação #custos #custosdearmazenagem #custosdeoportunidade #estoques #gestão; #gestãodeestoques #profissional