Mais comentada

Você tem visão para enxergar oportunidades?

Mesmo em um mundo repleto de incertezas, existem muitas possibilidades e oportunidades para quem realmente deseja virar o jogo na própria vida.

Por Leila Navarro 

Há algum tempo a experiência de uma amiga chamou a minha atenção. Ela é uma mulher poderosa, de sucesso, reconhecida internacionalmente e tinha uma novidade maravilhosa para contar. Havia recebido um prêmio de tecnologia, mas ela mesma não se reconhecia uma profissional notável por seu talento e falou: “Na Alemanha eles me tratavam como se eu fosse o máximo, o meu projeto foi considerado o melhor do mundo, sentei entre todos os ministros e fiquei próxima à presidente da Alemanha. Eu era a única ali que não teve o apoio e a força de uma família estabilizada financeiramente. Leila, eu já passei fome e estava ali comendo à mesa dos reis. Após um glamoroso evento, eu saí daquele lugar e fui para um hostel, bem simples, pois cheguei até lá com muito sacrifício, às minhas custas, mas…”.

Fiquei observando o discurso contraditório que ela me revelada. Pena que mesmo com o grandioso reconhecimento do seu esforço, inteligência, dedicação e trabalho, ela não se permitia ser feliz e gozar a experiência do momento, curtir a realidade atual e usufruir das suas conquistas. E sabe por quê? Simplesmente porque ela se mantinha presa a uma série de ressentimentos que a impediam de viver o presente! É como se ela vestisse uma roupa de grife, mas pelo avesso. Já pensou nisso?

Vamos refletir mais profundamente! Tudo tem a “trama do avesso”! E isso é lindo, pois esse “avesso” é a riqueza de cada um de nós, é o seu aprendizado, o seu grande diferencial e, muitas vezes não dá ou não tem sentido explicar ou expor para todo mundo, pois é a sua intimidade, é a sua própria identidade. Saber o avesso e o direito da vida faz toda a diferença, mas é preciso exercitar a inteligência e a intuição para saber quando usar o direito e o avesso. Com as minhas andanças, pesquisas e estudos comportamentais, cheguei à conclusão que este é um dos segredos para virar o jogo na vida e ser feliz.

No meu 16º livro, Virar o Jogo – como agir no mundo das incertezas, eu desenvolvi um capítulo com o título “Uma mente startup para dar guinadas na vida”. Em resumo, aponto que para dar boas e bem-sucedidas viradas de jogo em todas as áreas da vida, já não basta pensar fora da caixa. É preciso ter visão ampliada para aproveitar a oceano de possibilidades. É imprescindível desenvolver mente inovadora, com potencial de transformação. A falta de visão para se posicionar cada vez melhor na carreira, nos negócios ou na vida tem sido um entrave na vida de muitas pessoas

Voltando à minha amiga, ela contou que só desenvolveu o prestigiado projeto porque a sua tese foi roubada e, por isso, teve que encontrar outro gestor que permitisse a implantação do seu trabalho. Entre um contato e outro, encontrou uma empresa. Ela nem sabia que a tal organização fazia parte de um grupo internacional francês que adorou o trabalho, implantou em parte da sua rede de lojas e dedicou a ela um reconhecido prêmio. Eu estava radiante com as conexões do Universo na vida dessa mulher, mas, como que acordada de um sonho eu escutei: “Mas, você sabe que eu não ganhei nada financeiramente com isso? Eles me deram uma bolsa de estudo para um curso de pós-doutorado na melhor universidade do mundo, mas eu sou arrimo de família e não posso ficar dois anos na Alemanha!”.

Parei, pensei um pouco e não consegui evitar duas perguntas! Você acha pouco uma bolsa de estudos em outro país? Ser arrimo de família a impede de realizar um salto quântico na sua carreira? Entendo que cada pessoa tem o seu histórico, tem a sua realidade, mas também tenho plena convicção de que cada um de nós pode transformar a sua própria realidade. A minha amiga, você e eu temos uma missão importante neste Planeta, mas a forma como isso é direcionado faz total diferença. O que você tem feito com as oportunidades que a vida oferece?

O livro “Virar o Jogo – como agir no mundo das incertezas” está disponível na minha loja virtual. Confira: www.leilanavarro.com.br/loja

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: artigo autodesenvolvimento carreira desenvolvimentopessoal leilanavarro motivacao palestranteleilanavarro planejamento portaladministradores