Mais comentada

5 dicas para fazer com que sua equipe volte a rotina após as férias de fim de ano

De maneira geral os funcionários voltam das férias de fim de ano com uma certa 'ressaca'. Não uma ressaca de bebida, mas de ressaca das férias, do lazer! Os hábitos, eles entram em conflito. Através de estudos de neurociência, o nosso cérebro ele tem uma função específica, que é o de fazer com que o nosso corpo poupe energia e nesse período de férias o nosso corpo poupa energia, principalmente mental. Nós nos desconectamos principalmente daquilo que nos traz preocupações, excesso de concentração e da dinâmica do trabalho. Então o que acontece é que nos acostumamos com aquele ritmo das férias. Há uma quebra no ritmo do trabalho e com isso nós voltamos a rotina profissional um pouco mais lento, mais vagaroso. Eu não diria desanimados porque está mais relacionado a intenção do ser humano, mais conceitual do que comportamental. E analisando a questão comportamental, acabamos voltando de férias com o 'freio de mão puxado' e podemos comparar até com o desempenho de um atleta que, quando fica um tempo sem treinar, que quando ele volta, volta sem ritmo. Para fazer com que sua equipe volte a rotina após as férias de fim de ano, listei 5 dicas que você pode implementar, em qualquer negócio para voltar as atividades com tudo.

De maneira geral os funcionários voltam das férias de fim de ano com uma certa 'ressaca'. Não uma ressaca de bebida, mas de ressaca das férias, do lazer!

Os hábitos, eles entram em conflito. Através de estudos de neurociência, o nosso cérebro ele tem uma função específica, que é o de fazer com que o nosso corpo poupe energia e nesse período de férias o nosso corpo poupa energia, principalmente mental.

Nós nos desconectamos principalmente daquilo que nos traz preocupações, excesso de concentração e da dinâmica do trabalho. Então o que acontece é que nos acostumamos com aquele ritmo das férias.

Há uma quebra no ritmo do trabalho e com isso nós voltamos a rotina profissional um pouco mais lento, mais vagaroso. Eu não diria desanimados porque está mais relacionado a intenção do ser humano, mais conceitual do que comportamental. E analisando a questão comportamental, acabamos voltando de férias com o 'freio de mão puxado' e podemos comparar até com o desempenho de um atleta que, quando fica um tempo sem treinar, que quando ele volta, volta sem ritmo.

Para fazer com que sua equipe volte a rotina após as férias de fim de ano, listei 5 dicas que você pode implementar, em qualquer negócio para voltar as atividades com tudo.

1ª dica:
Estipule metas claras, sucintas e bem definidas a curto prazo. Isso vai fazer com que
o funcionário volte a entender quais são suas pequenas conquistas a curto prazo. Faz com que ele volte ao seu rotineiro de todos os dias, faz com que ele entenda que, as suas funções, que há um mês, quinze dias, independente do tempo que ele ficou de férias, precisam ser retomadas. Quando listamos metas de curto prazo, conseguimos fazer o colaborador identificar as suas pequenas conquistas de uma forma rápida. E isso vai ser fundamental para que ele retome o ritmo de trabalho.

2ª dica:
Convenções, workshops e palestras são fundamentais para fazer com que o funcionário retome o gás, a motivação e até mesmo a visão do cenário de onde ele estava antes das férias. Elas geralmente tem um cunho de planejamento semestral ou anual envolto com motivação e premiação.

3ª dica:
Estiuplar e deixar claro promoções e premiações para empresas que trabalham com essa política. Deixar isso bem claro, faz com que os colaboradores consigam ter uma visão mais aguçada de onde eles querem chegar e deixa o profissional mais ambicioso para suas conquistas internas. Isso é fundamental para uma motivação constante e para a retomada desse gás. Todos nós somos movidos por um objetivo, por uma esperança e isso não é diferente para o colaborador de nenhuma empresa.

4ª dica:
Realizar reuniões rápidas, todos os dias. Sendo essas, fundamentadas em análise de atividades, ouvindo o colaborador e trazendo algumas propostas do seu dia a dia. Tudo isso com o intuito de fazer com que ele entenda o ritmo adequado de onde a empresa quer chegar. Lembrando que, essas reuniões precisam ser rápidas, não monótonas, mas sim práticas, técnicas e motivadoras.

5ª dica:
Criar avaliações períódicas e técnicas sobre a sua função para fazer com o funcionário retome a consciência de seus afazares. Não só no que diz respeito ao ritmo, mas no que diz respeito sobre sua responsabilidade perante a empresa, seu ofício e aos seus colegas de trabalho.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: carreira crescimento desenvolvimento dinheiro empreendedorismo emprego sucesso