A grandeza do servir!

Reflexão sobre o livro o monge e o executivo, e nossa realidade hoje

Na mensagem do livro "O monge e o executivo de James C Hunter", destaca-se sobretudo a essência da liderança, nos levando a repensar nossas ideias, conceitos e valores de tudo aquilo que julgamos, pois logo nos desafia a mudar de atitude e rever nossos pensamentos quanto ao que entendemos por liderar.

Podemos perceber que talvez, tudo aquilo que por anos e anos foi plantado em nossas mentes com exemplos em vários ramos de negócios, sobre conceitos de liderar por força e imposição, gerou temor e não obediência, e por medo, obedecemos. Nossa mente possibilitada agora a abrir-se em uma nova forma de pensar o que nos causa tão grande embaraço, pois descobrimos que a grandeza de liderar esta na nobreza do servir, e bem oportuno ao tipo de negócio que hoje vivemos, a hospitalidade. A grande transformação da mente não esta em mirabolantes ações, mas sim na imensidão da simplicidade, digo isto na simplicidade do olhar, do ouvir, na capacidade de se colocar no lugar do outro, de imaginar-se na condição contrária. Liderar é antes de tudo um dom, que não necessita explicações, apenas precisar ser vivenciado por cada um de nós, em todas as áreas de nossas vidas, do pessoal ao profissional.

As urgências da vida nos fazem pensar somente no “agora” e impedem de desenvolvermos nossa capacidade sobrenatural de buscar compreender o próximo, como próximo e tão próximo ao ponto de sermos nós mesmos ao invés do outro. Liderar é servir, mas servir com uma grande diferença em não esperar nada em troca, aquele que lidera esperando reconhecimento nada mais é do que um eterno liderado, preso em si mesmo, em seus medos, em suas angustias e em suas frustações.

O reconhecimento vem como consequência natural da nossa capacidade de envolver as pessoas na satisfação e comprometimento em alcançar objetivos comuns ou individuais, ser líder é ser livre de velhos paradigmas, ser livre do medo e livre da vergonha, livre de poder ser e ter uma atitude simples. Tais reinvenções de pensamentos foram determinantes tanto para o monge poder expressar como para o executivo em poder entender.

Para nós, fica a grande lição de que nenhum dos nossos conceitos pode ser absoluto, mas, todos temos muito a ensinar e, sobretudo a aprender uns com os outros. Porque na verdade nossa simplicidade nos torna cada vez mais GIGANTES!

Vamos construindo! ...


Elder dos Anjos, CPSI, Auditor, Perito em Segurança Patrimonial, Palestrante, Coordinator Security in Costa do Sauipe.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(1)