Administrar é saber gerir

Será explicado neste artigo alguns aspectos sobre gestão que é, na minha opinião, a área mais importante dentro do processo administrativo. A Gestão de Pessoas é uma área muito sensível à mentalidade que predomina nas organizações. Ela é contingencial e situacional, pois depende de vários aspectos.

RicardoLima,
A Gestão de Pessoas é uma área muito sensível à mentalidade que predomina nas organizações. Ela é contingencial e situacional, pois dependem de vários aspectos como a cultura que existe em cada organização, a estrutura organizacional adotada, as características do contexto ambiental, o negócio da organização, a tecnologia utilizada, os processos internos e uma infinidade de outras variáveis importantes.

"O líder deve ser frio, mas não insensível".

Frio para tomar as decisões necessárias para o bem da empresa e sensível para perceber as necessidades dos funcionários e das situações, assim, tirando melhor proveito de cada um destes.

O dirigente deve escolher entre tratar as pessoas como recursos organizacionais ou como parceiros da organização. Os empregados podem ser tratados como recursos produtivos das organizações: os chamados recursos humanos. Como recursos, eles precisam ser administrados, o que envolve planejamento, organização, direção e controle de suas atividades, já que são considerados sujeitos passivos da ação organizacional.

Mas as pessoas podem ser visualizadas como parceiros das organizações. Como tais, elas são fornecedoras de conhecimentos, habilidades, capacidades e, sobretudo, o mais importante aporte para as organizações — a inteligência, que proporciona decisões racionais e imprime o significado e rumo aos objetivos globais. Desse modo, as pessoas constituem o capital intelectual da organização. As organizações bem sucedidas se de­ram conta disso e tratam seus funcionários como parceiros do negócio e não mais como simples empregados contratados.

Por muitos anos se pensou que o obstáculo que segura o desenvolvimento da indústria fosse o capital. Era uma crença generalizada. Todavia, é a inabilidade de uma empresa em recrutar e manter uma boa força de trabalho que constitui o principal obstáculo para a produção. Não existe nenhum projeto baseado em boas idéias, vigor e entusiasmo que tenha sido interrompido por falta de caixa ou recursos financeiros. Existem indústrias que cresceram e cujo crescimento foi parcialmente bloqueado ou dificultado porque não puderam manter uma força de trabalho eficiente e entusiasmada. Esse será o panorama do futuro.

As pessoas constituem o principal ativo da organização. Daí a necessidade de tornar as organizações mais conscientes e atentas a seus funcionários. As organizações bem-sucedidas es­tão percebendo que somente podem crescer, prosperar e manter sua continuidade se forem capazes de otimizar o retorno sobre os investi­mentos de todos os parceiros, principalmente o dos empregados. Quando uma organização está realmente voltada para as pessoas, a sua filosofia global e sua cultura organizacional passam a refletir essa crença.

Por fim, é importantíssimo fazer com que seu funcionário se sinta parte integrante de todo o funcionamento da empresa, não importando seu papel hierárquico, assim ele ficara motivado e rendera mais. Explique deixando bem claro o papel de cada empregado e que, desta forma ele fará parte de tudo que ocorre na empresa, criando uma idéia de time, não apenas uma equipe.


por Ricardo Lima - estudante ensino médio - Colégio Agostiniano Mendel

veja mais artigos no meu blog --> http://pontoempreendedor.wordpress.com/

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: administração conceitos equipe funcionários gestão de pessoas líder liderança mentalidade do lider novos conceitos organizações time