Apenas uma chance para alcançar a vitória

Uma história singular de superação, onde mesmo deficiente visual, nascido em uma favela e ex morador de rua, Leandro conseguiu se reinventar e superar os desafios para se tornar advogado, com 3 pós-graduações e, ser contratado pela em Johnson e Johnson, uma das melhores empresas do Brasil.

Em 1983 nascia Leandro Rocha um exemplo singular de como a motivação e a força de vontade em conjunto podem ser primordiais para o sucesso de um homem. Leandro nasceu em uma favela cujo é reflexo da desigualdade que assola os homens, onde existem os ricos e os pobres; os que controlam e os que nascem e são controlados.

Leandro teve todas as possibilidades de adentrar no mundo do crime seja por parte de seus primos que morreram em decorrência de terem entrado para o mundo do crime ou até mesmo poderia ter sido alcóolatra como seu pai, entretanto, existia essa luz e essa força de vontade que o fazia buscar uma vida digna e fugir dos efeitos das circunstâncias difíceis que arrodeavam sua vida.

Leandro nasceu em meio à criminalidade e a desigualdade social. Ele viu uma das piores versões do fracasso do Estado diante de sua obrigação em garantir que todos vivam com dignidade. Se não bastassem as dificuldades externas existiam as dificuldades internas, ou seja, problemas que faziam parte de seu corpo no que diz respeito ao seu problema de visão, pois não enxergava de um olho e enxerga 50% com o outro e até problemas de coração em decorrência da toxoplasmose que sua mãe teve na gestação.

Mesmo com todos esses fatores maléficos para o seu desenvolvimento como pessoa, o crime, as drogas, o álcool, ele tinha tudo para falhar; ele tinha tudo para ser uma estatística do mundo crime ou mais um alcóolatra sem perspectiva de vida, mas Leandro foi além e extrapolou os limites impostos pela vida e provou que a motivação e a força de vontade constrói um homem ao ponto de torná-lo novo.

Mesmo superando as drogas e o álcool Leandro chegou a morar na rua em meio ao frio, a violência, a fome, tudo isso em virtude de seus pais terem se separado quando ele ainda nem tinha completado um ano de vida.

Ele não teve uma família estruturada, sua mãe logo foi diagnosticada com problemas psicológicos e foi justamente nesse período que o mesmo passou a ter como lar as ruas da grande cidade e foi nesse contexto de abandono e sem rumo que o mesmo passou a ter uma aproximação com o pai que era treinador de um time de futebol. Foi com apena 11 anos após conviver um período com seu pai que o mesmo se sentiu sozinho no mundo e decidiu viver na rua, pois preferiria estar na rua a sentir de perto a ausência do pai mesmo estando perto e vê-lo se embriagar diariamente nos bares.

Leandro ao viver na rua passou por diversas humilhações, falta de comida, trabalhava no que podia para ter dinheiro par sobreviver, desde cuidando de carros até carregar sacola.

Todas essas dificuldades fizeram com que ele se afastasse dos estudos, pois tinha que escolher entre sobreviver ou buscar ser algo melhor na vida. Leandro teve sua dignidade jogada na lama diversas vezes nas quais reduziram sua motivação para ser algo melhor e destruíram seus sonhos.

Mas em meio a todo esse caos surge paz, emerge o sentimento mais belo, sublime e puro cujo é o amor. O amor e uma maleta mudaram a vida de Leandro em meio a todo esse período surge uma luz para iluminar sua vida para sempre.

Foi em uma igreja que Leandro encontrou o amor de sua vida, Cássia. Com mais de 1 ano de namoro Leandro decidiu noivar, mas para viver com Cássia precisava de um emprego melhor e então com coragem e determinação falou com o Diretor da empresa em que era terceirizado, que precisava de um outro cargo, pois iria se casar e assim passou a ser mensageiro. Foi questão de tempo até Leandro dar seu maior passo na vida que era voltar aos estudos e ao contar para Cássia que quando pequeno utilizou a maleta de um advogado como mochila, pois não tinha dinheiro para comprar uma, sendo que a maleta tinha sido jogada por um advogado cujo em sua casa a mãe de Leandro estava fazendo faxina.

Leandro conseguiu concluir o ensino médio e entrou na tão sonhada faculdade de Direito tudo com muita dedicação, motivação, mas acima de tudo apoio de sua esposa. A união com Cássia foi um ponto de extrema relevância para o sucesso dele, pois ela não só o motivava, mas ele também a motiva com sua positividade e força de vontade em ser algo melhor em prol do bem estar dela e de seus filhos.

Para concluir Direito, teve de usar de muita estratégia, como ganhava pouco em todo final de ano ele mudava de faculdade para conseguir desconto na mensalidade, assim, passou por quatro faculdades (UNIBAN, FMU, UNIP e UNIARA), ao terminar o curso, chega a tão esperada prova da Ordem dos Advogados do Brasil. Ele não tinha condições de pagar um curso e apesar de não conseguir estudar na faculdade em decorrência do seu problema de visão em conjunto com a chacota dos colegas de sala Rocha conseguiu passar na OAB com muito esforço e foco, pois ele estudava em casa através do Youtube já que não podia pagar por aulas. 

Leandro sempre buscou se superar e a consequência dessa superação o levou a voos antes imagináveis, ele após a conclusão do curso de Direito e Aprovação no Exame da ordem dos Advogados, continuou seus estudos, conseguindo a aprovação e conclusão na pós-graduação em Direito Econômico e Desenvolvimento pela Universidade de São Paulo -USP e, está cursando dois MBAs , MBA em Gestão de Projetos pela mesma Universidade de São Paulo – USP e MBA em Inteligência de Negócios - Business Intellegence e Big Data pala Fundação de Apoio Tecnologia de São Paulo – FAT e UNIFIL.

Como parte dessa trilogia de lutas e determinação em vencer, Leandro acabará de realizar mais um sonho, trabalhar em uma multinacional, hoje ele faz parte do time de Colaboradores da empresa Janssen Cilag Farmacêutica, empresa do grupo Johnson & Johnson.

Com essa chance única lhe dada pela motivação do amor Leandro venceu e a tendência é alcançar mais objetivos e concretizar mais sonhos. Do esquecimento e do abandono surge Rocha um homem que no princípio era desmotivado, mas sempre com garra ao ponto de não entrar no mundo do crime e das drogas; o homem que abandonou os estudos; o homem que morou na rua; o homem que não tinha o que comer; o homem que não teve uma família estruturada e saudável; o homem que não tinha rumo, aquele homem que ao encontrar o sublime amor quebrou todas as barreiras e ultrapassou todos seus limites, e aquele homem desmotivado passava a ter sua maior motivação cujo é nunca deixar que o sorriso abandone o rosto daqueles que ele mais ama que é sua queria Cássia e seus filhos.

Com isso, Leandro busca contar sua história por cada canto do país almejando motivar aqueles que assim como ele já foram desmotivados e fazer com que homens e mulheres sem sucesso e sem força de vontade se transformem em verdadeiros exemplos de superação.

Escrito por Sandriny Rodrigues Silva

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(1)
Tags: administração advogado carreira Direito estrategia ex morador de rua foco inspiração Johnson & Johnson MBA motivaçao superação USP