As dificuldades dos jovens para ingressar no mercado de trabalho

Esse é um assunto muito pertinente atualmente, e a cada dia que passa ganha mais força Principalmente no meio acadêmico. Os jovens não sabem realmente o que os esperam lá na frente por não possuírem experiência

Maicon Roberto,

 

O problema começa com a nossa educação primaria que é precária e deficitária em vários aspectos. E isso acaba atrasando os jovens quando os mesmos entram na universidade que também faz pouca contribuição para o aprendizado do acadêmico e quando falo isso não é porque os professores ensinam mal, é que ao invés de ensinarem os alunos a pensarem eles ensinam a obedecer. Os mesmos métodos dos anos 80 ainda são ensinados hoje essa maneira de ensinar deveria ser revista, o acadêmico entra sabendo pouco e sai da universidade apenas com o diploma sem a convicção de que aprenderam algo relevante em sua trajetória acadêmica ao saírem em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho as dificuldades são ainda maiores.

 

Ao participarem de uma entrevista de seleção para um cargo  a primeira pergunta é: você já tem experiência na área? Ai já vem a primeira decepção, ele acaba perdendo a vaga para outra pessoa que já trabalhou na área. Outro problema para os jovens é que as empresas não querem treina-los e prepara-los para os cargos oferecidos elas preferem pessoas que já trabalharam no cargo mesmo com uma escolaridade inferior assim elas podem “explorar” esse colaborador, pois o mesmo não tem muita instrução acadêmica.

 

Outro agravante é o distanciamento das universidades e das empresas, que ainda é um empecilho gritante no Brasil. E quando são questionadas sobre a questão dos jovens no mercado de trabalho, as empresas culpam as universidades que não ensinam, as universidades culpam os alunos que não são interessados, os alunos culpam o governo que não deu uma base escolar adequada e o governo culpa as empresas que não querem treinar esses profissionais em potencial. E ninguém faz nada pra mudar esse cenário.

 

Tenho certeza que todos tem parte nesse contesto, mais ninguém quer dar o braço a torcer. Em minha opinião as universidades e as empresas deveriam se aproximar mais para sanar essas deficiências do mercado de trabalho. E a pergunta que todos querem saber é: qual é a solução para mudar esse cenário? o que fazer para formar e preparar os jovens? e manter um equilíbrio entre todos os envolvidos. Tenho certeza que ha inúmeras sugestões para melhorar essas precariedades que temos no pais.

 

 Na minha visão uma das alternativas é apostar nas empresas Junior que estão muito ativas nas universidades brasileiras, o Brasil conta com os maiores números delas espalhadas em todo o território nacional, o movimento surgiu na frança com esse objetivo de preparar os jovens para o mercado de trabalho, mais sem incentivos elas acabam não trazendo os resultados esperados. Tenho certeza que com essa integração das universidades, organizações, governo e empresas Junior. Os profissionais que o mercado busca atualmente estaria mais maduro e preparado para assumir os desafios das organizações e com conhecimento mais aguçado para o empreendedorismo.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: gestão jovens trabalho