Mais comentada

Como a crise pode se tornar algo favorável para sua carreira

O que é um a crise? É uma mudança brusca de uma situação, evento ou acontecimento e nos tira da zona de conforto e nos obriga a reagir, fazer algo

Falar da crise e de suas consequências tem se tornado assunto batido nas rodas de conversas. Mas gostaria neste artigo de convidar você a fazer uma análise dessa fase por outro ângulo e, quem sabe, aproveitar todas as oportunidades que dela podem surgir.

Ainda em tempo fazendo um breve resumo do nosso bate papo da edição passada, falamos sobre modelos mentais e entendemos que isto vem a ser a forma como encaramos os fatos e situações, a positividade ou não que depositamos nas respostas que são enviadas por nós.

E o que modelo metal e crise têm a ver? Pois vamos à conversa de hoje.

O que é um a crise? É uma mudança brusca de uma situação, evento ou acontecimento e nos tira da zona de conforto e nos obriga a reagir, fazer algo. Diante da crise econômica, por exemplo, as empresas tendem a demitir mais que admitir, tendo em vista que esta crise afeta economicamente a empresa. Esse é um momento muito delicado, pois diante do desemprego de muitos profissionais as empresas precisam manter a qualidade de seus processos para continuar entregando produtos de qualidade a seus clientes e obtendo resultados positivos.

Do ponto de visto do profissional demitido as coisas podem ser um pouco mais difíceis, uma vez que ele passa estar disponível no mercado, e tudo depende de como essa pessoa encara as novas possibilidades.

A grande maioria das pessoas vê nessa situação muita negatividade. Focam no desemprego, tendem a tornarem-se desmotivadas, vibram pensamentos que mais as atrapalham do que a ajudam. Muito comum as pessoas perderem seu norte, ficarem um tanto desorientadas e não conseguem sair dessa situação ou demoram bastante.

Tendem a afundar-se no desespero e negatividade. Este é um modelo mental negativo.
No entanto, existe um grupo de pessoas que conseguem reagir de maneira mais positiva diante dessa crise. E falando desse momento tão delicado que o país vive atualmente, ainda, assim, são pessoas diferentes da grande maioria. O que as difere é justamente a maneira como se comportam diante das dificuldades e, ao invés de apenas enxergar problemas, percebem que, na verdade, este é o momento para fazer cada vez mais e melhor para crescer. Isso é modelo metal positivo.

Diante de um quadro desfavorável, ainda assim é possível gerir a crise de maneira satisfatória, criar novas soluções, opções de trabalho, construir uma segunda carreira. Surge uma grande oportunidade de se reinventar profissionalmente. O empreendedorismo tem sido uma grande arma para esses profissionais. E se você acredita que empreender é apenas o ato de abrir uma empresa, você está limitando esse conceito. Empreender é o ato de transformar ideias em negócios e em oportunidade de ganhar dinheiro. Então, se você não tem perfil para ser o dono de empresa, ainda assim pode ser, por exemplo, um profissional empreendedor dentro da sua área de atuação. E não precisa ficar desempregado para aprender isso.

Basta criar formas para desenvolver novas ideias e colocá-las em prática. Acredite, o resultado irá acontecer. E enquanto esse resultado não acontece você pode continuar sendo diferente, vibre positividade, fale e pense coisas boas, una-se a boas pessoas, siga o faro de boas oportunidades. Aproveite o momento para renovar seus valores e suas crenças, de firmar sua carreira em um alicerce mais sólido.

Definir um objetivo específico e alcançável também faz de você mais capaz de superar os desafios dessa fase. Assumir a responsabilidade diante da sua vida e carreira será um grande diferencial. Não perca tempo culpando a política, os políticos, o dono da empresa ou aquele gerente que você acredita que te persegue. Pare, reflita onde pode ser melhor, invista em suas qualidades e torne-as potencialidades. Busque superar seus pontos fracos. Estude, capacite-se, profissionalize-se. Seja o profissional que o mercado (que está em crise) necessita.

Um profissional que faz gestão da sua carreira está preparado para viver momentos de turbulências, mas se aconteceu de se ver no meio do Tsunami, ainda assim é possível sobreviver e sair vitorioso disso tudo. Assuma a gestão da sua carreira, caso não tenha feito isso até agora. Descubra suas prioridades, responsabilize-se pelo seu próprio desenvolvimento, cresça.

Esses são alguns exemplos de que gerir uma crise é muito mais um ato mental e comportamental do que uma questão de sorte.

Arquivo publicado na revista Negócios e Oportunidades - Ano III - Número 010 - Maio/Junho 2017 - Boa Vista/RR Link da Revista

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)