Mais comentada

EFICIÊNCIA X EFICÁCIA

Ademar,
EFICIÊNCIA X EFICÁCIA
Ademar Gonçalves da Silva¹
No Aurélio quanto no Michaelis os dois termos são dados como sinônimos. Lá encontramos: Eficiência: Ação, força, virtude de produzir um efeito; eficácia. Eficaz: Que age com eficiência. Eficácia: Qualidade ou propriedade de eficaz; eficiência. Contudo, estas duas palavras são usadas para designar duas formas diferentes de fazer. Eficiência, no "dialeto" corporativo significa fazer certo. Enquanto eficácia traduz-se por fazer da maneira certa. E nisto consiste uma grande diferença. Isto porque podemos alcançar uma meta, porém despendendo um esforço e recursos maiores do que o necessário.
Sempre que somos eficazes somos eficientes, porém o inverso não é verdadeiro. Enquanto a eficiência está ligada ao resultado, ao produto, ao objetivo final a eficácia vai além. Está vinculada ao método ao como foi feito e não apenas se foi feito. A verdade é que vemos hoje em dia muitos profissionais e empresas eficientes, mas poucos eficazes. Na maioria das vezes cumprimos o que temos de fazer, porém de uma forma que exige mais recursos, tempo e energia. O que podemos fazer então? Primeiro estar aberto à mudança. Questionar como temos feito as coisas, nossos métodos e estratégias. Precisamos não nos acomodar ao que sempre deu certo. Acredite que mesmo que sempre tenha sido feito de um modo é bem provável que possa ser melhorado. Segundo ponto: invista tempo estudando e planejando suas ações. Você verá o quanto economizará depois. A eficácia exige planejamento, organização. Parar para planejar irá lhe permitir ir muito mais rápido depois, ou pelo menos evitar perdas de tempo maiores e retrabalho.
Este mesmo efeito pode ser constatado em outro esporte que é a nossa paixão nacional: o futebol.
O campeonato brasileiro de futebol de 2008 nos mostra essa relação entre eficiência e eficácia. Vamos observar o Desempenho do time Grêmio F.C (vice-campeão) e do São Paulo F.C. (campeão brasileiro de 2008).
Das 38 rodadas do campeonato o time do Grêmio F.C ocupou as seguintes posições: 1º lugar por 17 rodadas>(44,74%); 2º lugar>11 rodadas> (28,95%); 3º lugar>05 rodadas> (13,16%); 4º lugar: 02 rodadas> (5,23%): 5ºlugar: 01 rodada> (2,61%); 6º lugar 02 rodadas> (5,23%); portanto sua posição mais distante foi um 6º lugar, sendo eficiente no sua trajetória.
O time do São Paulo ocupou a 1ª colocação por 06 rodadas> (15,79%); 2º lugar> 02 rodadas> (5,23%); 4º lugar>05 rodadas> (5,23%); 5º lugar>10 rodadas> (21,05%); 6º lugar>06 rodadas> (15,79%); ocupou também o 7º, 9º, 11º, 14º, 15º, 17º e 18º lugares respectivamente por 01 rodada> (2,63%); portanto não tão eficiente como o Grêmio, no entanto foi eficaz conquistando o título de Campeão Brasileiro de 2008.
Pontal do Paraná, 08/12/2008.
Referência
http://www.acessa.com/negocios/arquivo/carreira/2003/11/25-Eduardo/


¹Ademar Gonçalves da Silva, formado em Administração de Empresa, pelo Isulpar-Instituto Superior do Litoral do Paraná, com MBA em Gestão de Negócios e Logística Portuária e complementação de pós em Magistério Superior pelo IBPEX - Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão.
Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.