Estágio e efetivação: saiba como conseguir o tão sonhado primeiro emprego

Estágio e efetivação: saiba como conseguir o tão sonhado
primeiro emprego

O período de estágio é rico em aprendizado mas, com a aproximação da formatura, é comum bater o medo de não ser efetivado

Guilherme Lucardy cursava Marketing na Universidade de São Paulo quando conseguiu seu primeiro estágio na ADP. Onze meses após sua entrada na empresa e com a aproximação da graduação veio a notícia: seria efetivado. Esta transição que Lucardy passou é conhecida pela maioria dos universitários. Quando a formatura vem chegando, bate o medo de não ser efetivado e surgem as dúvidas sobre como será o destino profissional.

Para ajudar os estudantes que estão passando por situações semelhantes, perguntamos a Lucardy - atualmente analista júnior da ADP - quais suas dicas. Ficou curioso? Confira!

1 – Faça atividades extracurriculares

Muitos estudantes começam o estágio no segundo ano do curso, sem ter feito muitas disciplinas importantes e com pouco conhecimento sobre mercado de trabalho. Por isso, é importante buscar no próprio curso atividades que te ajudarão a amadurecer para o primeiro emprego, como empresas juniores e centros acadêmicos. Busque o que a sua instituição tem para oferecer e aproveite estas atividades extracurriculares.

2 – Ter em mente qual é seu objetivo

A principal dica para quem está começando é ter em mente quais são seus objetivos profissionais. Você pode escolher ser um profissional mais técnico e buscar empresas que trabalhem diretamente com isso ou então se candidatar para uma posição que englobe mais as relações interpessoais. Esses pontos devem ser analisados quando estiver procurando uma oportunidade. Quando você trabalha por um propósito e fazendo o que gosta, os resultados são muito melhores.

3 – Seja proativo

O estágio é o momento de aprendizagem, de errar, testar coisas novas e se aprimorar, use esse benefício a seu favor. Os gestores estão em busca de profissionais que tenham um diferencial, algo a mais para apresentar e este é o momento para que vocês se destaquem. Não tenham preguiça ou medo de errar, assim conseguirá mostrar para a companhia que tem potencial para ser um bom profissional.

4 – Utilize o que aprendeu na faculdade

Muitas empresas possuem processos antigos que não funcionam mais, mas que, por costume, continuam utilizando. Quem está na universidade tem contato com diversos programas inovadores e procedimentos mais efetivos. Caso você veja algo que pode ser feito de uma maneira mais eficiente, compartilhe com seus gestores, eles vão gostar dessa iniciativa.

5 – Aprenda a gerenciar seu tempo

As demandas de um estagiário podem ser pesadas. São projetos, planilhas, ligações e para quem está começando isso pode parecer assustador. Por isso procure seus gestores e peça ajuda para administrar o tempo, aprenda a priorizar! Algumas empresas como a ADP possuem programas específicos para auxiliar os estagiários nesta fase. Dessa maneira você conseguirá cumprir todas as demandas e ainda terá horas livres para desenvolver novos projetos.

6 – Dê valor aos feedbacks de seus gestores

É muito importante prestar atenção no que seus gestores têm para falar sobre seu trabalho. Com isso você pode melhorar algo que não está saindo muito bem ou dar mais ênfase ao que está fazendo certo. Dessa maneira você evolui, aprende e ainda mostra para seus gestores que tem potencial para evoluir.


O estágio na ADP - Na empresa, os programas de recrutamento são focados na preparação de talentos para o mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, para que esses profissionais se tornem parte do quadro de funcionários e futuros líderes.

Como funciona? - O programa tem duração de até 2 anos e a contratação de novos estagiários é realizada anualmente, entre os meses de abril e maio. Durante a primeira etapa, uma grade robusta de treinamentos é preparada; para a segunda, os estagiários passam a colocar o aprendizado em prática.
Nesse período, a companhia busca temas atuais para basear as atividades de desenvolvimento e, assim que cada uma é encerrada, recebe feedbacks de cada participante para aprimorar cada vez mais o programa.
No momento do recrutamento, a ADP procura por candidatos que não necessariamente tenham experiência prévia, o que traz um desafio não apenas de desenvolvê-los tecnicamente, mas também de prepará-los para as questões do mundo corporativo.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)