Liderança - A essência que nunca deve ser esquecida

Siga a regra do "Todos querem ter a sensação de pertencimento" e oriente todas as suas ações como líder à plenitude do engajamento

O aprofundamento das bases da liderança moderna revelam cada vez mais competências paralelas a serem desenvolvidas pelos líderes no frenético cenário empresarial moderno, porém, é extremamente necessário entender a essência da liderança e essa essência não está absolutamente enraizada na figura do líder, mas sim, na percepção profunda das vontades, medos, anseios e desejos dos liderados.

Se houvesse um único ensinamento a ser transmitido à qualquer líder, esse ensinamento deveria ser: "faça com que seus liderados tenham a real sensação de pertencimento". Tal afirmação é capaz de gerar todo o combustível necessário ao líder para desenvolver em si mesmo as competências necessárias para fazer isso acontecer.

E, de fato, é justamente esse o real papel do líder moderno.

Todos querem ter a sensação de pertencimento, entender o seu papel na empresa e na equipe, ser fonte de geração de valor para a empresa, se sentir útil na busca pelos objetivos e, partindo daí, podemos entender que as ações e decisões que o bom líder toma com base efetivamente nesse pensamento geram efeitos mágicos no engajamento e comprometimento dos profissionais para com os objetivos da empresa.

Longe de querer simplificar o ato de liderar, ainda mais em uma época onde lidamos com a máxima complexidade do ser humano, o bom líder deve, antes de querer aprofundar em técnicas de liderança avançada ou desenvolvimento de competências, estabelecer a sólida base do entendimento acerca do que realmente é a essência de liderar.

Se o líder focar seus esforços para fazer com que cada membro de sua equipe se sinta de fato pertencente à empresa e aos seus projetos, haverá o tão sonhado engajamento, o idealizado comprometimento, o nobre respeito e, acima de tudo, a conexão necessária para gerar vontade dos liderados cumprirem as demandas orientadas pelo líder.

Por isso o líder deve trabalhar em toda a sua plenitude no desenvolvimento de suas competências e das competências de seus liderados, mas sem nunca perder de vista o objetivo principal do líder, sem nunca se esquecer da essencial função do líder.

Revisar os planos a ação do líder e perceber se cada passo está levando esse líder à promover a real sensação de pertencimento aos seus liderados pode garantir que o profissional nessa função não venha a cair no erro de se preocupar muito mais com o seu próprio desenvolvimento do que de fato com os resultados à serem gerados pela sua equipe.

O novo "velho" mantra do líder moderno: "Todos querem ter a sensação de pertencimento".

Cole no seu monitor, transforme em papel de parede do seu celular ou faça um grande quadro para pendurar em sua sala, mas nunca se esqueça de que a verdadeira essência da liderança está na sensibilidade de entender e desenvolver os liderados e sem dúvidas promover em todos à sensação de pertencimento.

 

Avalie este artigo:
(2)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: líder lideranca papel do líder pertencimento

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração