Mais comentada

O Papel do Gestor Financeiro e a influência de fatores econômicos, financeiros e contábeis

Julio Cezar,
Autor: Julio Cezar Moraes de Caldas. Posição atual: Analista Financeiro. Pós Graduando em Gestão Empresarial pela PUC Campinas-SP O Papel do Gestor Financeiro e a influência de fatores econômicos, financeiros e contábeis. Quando discursamos sobre o papel da área financeira e do Gestor Financeiro para as organizações, sempre vem à cabeça o papel menor de Pagar contas e Cobrar clientes. Nada disso, simplificar e reduzir a importância dessa área é um erro muito grave, ainda cometido por algumas organizações despreparadas. O papel do Gestor Financeiro é de suma importância para as organizações, além do papel pagador e recebedor, ele se ocupa da gestão dos processos econômicos financeiros, interpretando dados contábeis, utilizando ferramentas financeiras cabíveis, auxiliando na tomada de decisões, assim aumentando geração de caixa e proporcionando lucro. Com o advento ocorrido recentemente nos EUA, onde algumas empresas fraudaram seus demonstrativos contábeis, com o apoio de grandes firmas de Consultoria, todos os controles foram se aprimorando e ficando mais rígidos, com a criação de ferramentas como Sarbanes- Oxley (SOX) e COSO,com isso a qualidade das informações aumentaram, trazendo maior credibilidade às decisões ,além da confiança do investidor e a sustentabilidade das organizações. Além de dados contábeis, outros fatores críticos influenciam o Gestor para tomada de decisão como: Políticas econômicas governamentais, inflação,câmbio e taxas de juros e mudança constante da legislação tributária, fatores esses que interferem nos resultados financeiros, tanto no curto quanto no longo prazo. Tamanha a importância dessa área para tomada de decisões, faz da Controladoria setor vital nas empresas, devido a sua sistemática de informações que auxiliam para a tomada de decisões e direcionamento dos investimentos. Possuir uma visão global da empresa é de suma importância, devido as constantes mudanças no mundo globalizado, pois o ambiente interno (atividades, processos, pessoas e outros), interage de maneira muito ativa com o ambiente externo, que envolve (recursos financeiros, recursos humanos, entre outros),gerando produtos e ou serviços para seu mercado destino. Ao efetuar a análise Econômico-Financeira de uma empresa, o Gestor, tem como objetivo primordial, extrair informações das demonstrações contábeis, interpretá-las e gerar dados confiáveis para o processo de tomada de decisão dos usuários internos, avaliando os pontos fortes e fracos, englobando ainda conhecimentos da concorrência e do mercado em si. Toda organização, não importa seu porte, ramo de atividade, etc.- realizando corretas interpretações de seus dados contábeis, tributários, analisando mesmo que superficialmente as variáveis econômicas do país, pode gerar caixa e lucro para a completa continuidade de suas operações, visualizando sim, constante crescimento.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Shopping