Você sabe o que faz um Assistente Administrativo?

Constantemente nos deparamos com o recrutamento de profissionais para preencher a vaga de Assistente Administrativo. Mas, você conhece as atividades e o perfil desse profissional, conforme a classificação do Ministério do Trabalho e Emprego?

/Adm.Tatiana/,

Um dos cargos mais publicados por empresas de recrutamento e seleção é a de Assistente Administrativo. Inúmeras experiências são qualificadas para o mesmo, dentre elas: recursos humanos e logística. Mas, o que é ser um Assistente Administrativo?

 

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), publicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) reconhece e codifica as caracterísitcas das ocupações do mercado de trabalho brasileiro.

 

Criada em 1982, sua última versão em 2002, alinha-se às mudanças das relações de trabalho. De acesso livre através do site do Ministério, já citado, as ocupações são agrupadas em famílias. O Assistente Administrativo pertence a família 4110, onde ainda fazem parte os agentes e auxiliares administrativos.

 

São considerados Assistentes Administrativos: agente administrativo, assistente de administração, assistente de controlador de orçamento, assistente de controle administrativo, assistente de escritório, assistente de faturamento, assistente de finanças, assistente do setor de firmas e procurações, assistente técnico (serviço público), assistente técnico administrativo, encarregado de departamento de pessoal, encarregado de pessoal.

 

A formação e experiência requeridas são: ensimo médio completo, curso básico de qualificação de até duzentas horas-aula e um a dois anos de experiência profissional. Vale aqui destacar, que a Lei nº 11.644, de 10 de março de 2008, no seu artigo 442-A restringe ao empregador, para fins de contratação, a exigência do candidato a emprego, comprovação de experiência por tempo superior a 6 meses no mesmo tipo de atividade.

 

Os assistentes administrativos executam atividades nas esferas públicas e privadas, apoiando áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística. Dentre as atividades tem-se: tratar e preencher documentos, preparar relatórios, formulários e planilhas, acompanhar processos administrativos, atender clientes, prestar apoio logístico, executar rotinas de apoio na área de recursos humanos, acompanhar desempenho do empreendimento.

 

As competências pessoais solicitadas não fogem as já conhecidas: iniciativa, trabalhar em equipe, flexibilidade, capacidade de negociação, empatia, observação, persistência, facilidade de comunicação, credibilidade, criatividade e autocontrole.

 

No que cerne a faixa salarial, conforme site Guia Rh, em pesquisa realizada na cidade de São Paulo, no mês de Janeiro de 2010, o menor salário encontrado foi de R$ 1.389,96 e o maior R$ 2.443,87.

 

Vale lembrar que cada empresa possui uma realidade e adequa cada cargo conforme seus objetivos e Plano de Cargos e Salários.

 

Agora você já conhece um pouco mais sobre a função de assistente administrativo e não vai se assustar ao se deparar com um recrutamento para vaga de assistente de controlador de orçamento.

Avalie este artigo:
(1)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: assistente administrativo classificação brasileira de ocupações