3 Passos Estratégicos para Gerir melhor as Emoções

Saber gerir as emoções, em qualquer ambiente, seja profissional ou familiar, pode ser um excelente diferencial estratégico. Como você faz isso?

A primeira coisa que precisamos entender é que, reprimir uma emoção é completamente diferente de gerir.

A grande maioria das pessoas reprime ou reage instintivamente e extrapola. Ao extrapolar você corre o risco de desfazer uma grande amizade, um relacionamento profissional ou afetivo, até mesmo um importante negócio. Ao reprimir você controla, poda, não reage. Mas isso não quer dizer que internamente essa emoção não foi metabolizada pelo seu organismo.

Toda emoção é uma energia. Para ilustrar facilmente, imagine o ar como as emoções/energia e o látex de uma balão como a repressão. O que acontece quando ele está cheio de mais? Assim como o látex do balão e seu organismo, há um limite.

Ao passo que, gerir é aliviar essa pressão e ter tempo para metabolizar e saber o que fazer com essa energia gerada.

Então concordamos que gerir de maneira inteligente suas emoções, é extremamente estratégico.

Vou mencionar 3 dicas preciosas que podem te ajudar a começar:

1, mentalização. Lembre de situações do passado, onde você reagiu mal. E reconstrua essa cena novamente, de maneira ideal, inteligente, madura e melhor. Escreva isso, e leia várias vezes. Mentalize isso acontecendo, com riqueza de detalhes, passo a passo. Mentalize-se feliz e satisfeito com isso. Assimile essas emoções. Isso nada mais é do que um ensaio mental, treinar-se para que, em uma próxima situação parecida, você reaja assim, e não de uma forma instintiva. Afinal, você está treinando suas atitudes, emoções e comportamentos para serem inteligentes.

2, direcionar essa energia. Algo aconteceu e isso te deixou magoado, chateado, triste? Produza!! Os artigos mais legais, as melhores artes, poesias, fiz quando estava triste, chateada ou com raiva. Transforme essa energia em algo construtivo. Faça esse teste. Quando estiver bem emocionalizado com algo, comece a produzir, trabalhar, construir. Isso vale também para praticar alguma atividade física. Qualquer coisa que você goste. Então evite ficar remoendo uma emoção, se vitimizando, culpando. Levante-se e realize! Com certeza é a melhor coisa que fará. E o melhor, por você mesmo! Isso não tem preço.

3, diversificar sua rede de relacionamentos. Ao nos relacionarmos com pessoas muito diferentes de nós, nos tornamos mais flexíveis. É muito fácil trabalhar com pessoas parecidas conosco. Então arrisque e desafie-se a fazer diferente. Comece a interagir com pessoas muito diferentes de você. Trabalhe com elas, converse, troque ideias, pergunte opiniões, ouça. E você vai perceber-se mais flexível e ainda, mais criativo. Afinal ao trabalhar com pessoas diferentes você acaba desenvolvendo e aprimorando outra visão, outras formas de resolver a mesma coisa.

Acho que observar isso já fará uma grande diferença. Divida sua experiência comigo. Quero te ajudar!!!

Um grande abraço e excelente semana!

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: Administração equipe Gestão pessoas produtividade profissionais recursos humanos relacionamento RH

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração