Mais comentada

Cegueira não intencional

Em nosso dia a dia observamos várias situações, mas nem todas são conscientemente vistas por nós, isto se chama cegueira não intencional, e esta relacionada com o momento que vivenciamos e o que damos valor atualmente, pois é o que nos interessa que sobresairá a cena.

Em nosso dia a dia, ao nos deparamos com um determinado acontecimento, será possível observar que, embora o contexto seja o mesmo, os detalhes captados por cada um de nós poderão ser diferentes, pois cada um se atentará aquilo que mais lhe chamou a atenção.
Isto acontece porque nosso cérebro é treinado a ver aquilo que nos interessa, o que nos chama a atenção. Portanto, muitas informações são recebidas e captadas por nós, mas não são percebidas ou lembradas conscientemente. Diante da quantidade de informações e imagens que nos rodeiam, não somos capazes de estar atentos a tudo, há então a necessidade de nosso cérebro filtrar o que mais nos agrada e o que, naquele determinado momento, é mais importante.
Alguns exemplos sobre este tema são o fato de uma gestante começar a perceber várias outras mulheres grávidas no mesmo período que ela, ou quando compramos um carro, parece que todo lugar que você vai tem o mesmo modelo de carro que o seu e antes da compra você não tinha notado tamanha quantidade. Isto se dá porque, como sua atenção está voltada para este fato, seu cérebro passa a prestar mais atenção no que não reparava anteriormente.
Esta situação é conhecida como cegueira não intencional, pois não é voluntária - faz parte de nosso sistema nervoso central. Desta maneira, nos cabe escolher aquilo que atrairá nossa atenção nas cenas que presenciaremos em nossa vida, e essa seleção estará intimamente ligada ao momento que vivenciamos.
De maneira semelhante, este mecanismo também se aplica quando pessoas estão focadas na crise, nas dificuldades. Por exemplo: quando descrevem uma cena, seu relato muitas vezes é baseado nos aspectos negativos, pois estão vivenciando esta situação ou possuem seus pensamentos e crenças voltadas para este aspecto. Enquanto, outras pessoas veem entusiasmo, oportunidades e positividade nas ações e comportamentos que observa. Na prática, tudo depende do foco que está sendo dado e na capacidade de seleção diante da forma as informações são recebidas.
O que fará a diferença na seleção dos aspectos que serão capturados será a relevância nas situações, pois aquilo que pegamos para nós é aquilo que se torna a realidade de nossos dias.
Como está a sua visão hoje?
Está se permitindo ver o lado positivo ou está mais focado no aspecto negativo dos acontecimentos em sua vida? Como está sua seleção não intencional? Seu foco tem estado relacionado com aquilo que deseja atingir em sua vida?

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: acontecimentos foco observação visão

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração