Mais comentada

Combati o Bom Combate, Completei a Corrida, Guardei a Fé

“COMBATI O BOM COMBATE, COMPLETEI A CORRIDA, GUARDEI A Fɔ Nossas metas, tarefas, objetivos constantes. Que tenhamos sempre a certeza de termos dado tudo de nós de maneira ética e moral e possamos obter de outros o reconhecimento.

Ronaldo Amaral,
"COMBATI O BOM COMBATE, COMPLETEI A CORRIDA, GUARDEI A FÉ"

(2Tim 4, 7)

Chegando ao final de mais um ano é normal que façamos uma reflexão de nossas lutas, conquistas e frustrações. Tomando as palavras do Apóstolo Paulo, faço uma analogia ao meio corporativo, reiterando os objetivos desta coluna: conceituação, formação de líderes e espiritualização nas empresas. Sendo, o que realmente creio ser o grande diferencial competitivo das organizações voltadas ao seu maior capital, o capital humano, o ser humano é, naturalmente, um ser espiritual. Quanto mais espiritualizadas forem as empresas, tanto mais fecundo, produtivo e colaboracionista será seu ambiente.

"COMBATI O BOM COMBATE"

Ouvimos por muitas vezes falar que temos de matar um leão a cada dia, isso significa que a diariamente precisamos atingir nossos objetivos, realizar nossas tarefas, cumprir nossas metas... Mas, isso faz parte da normalidade, do nosso cotidiano. Quando se fala em COMBATER O BOM COMBATE, é algo de SUPREMO, de SUPERAÇÃO. Como sempre falo, ser BOM É EMPATE. Precisamos mais, precisamos ser diferentes, ser os melhores. O mercado é cada vez mais seletivo e não admite a mediocridade (medíocre: que está entre o grande e o pequeno, o bom e o mau). A todo tempo ouvimos falar em excelência, eficácia, Qualidade Total e outros termos que nos levam a procura de evolução. COMBATER O BOM COMBATE deve ser o sentimento que todos necessitam ter para busca de sua melhoria em todos os níveis de realização: profissional, pessoal, familiar e financeira. Precisamos ser os melhores, nos desafiar e lutar para superar nossas limitações. Tudo é um grande círculo sem fim, diariamente realizamos nossas tarefas, nossas obrigações. COMBATER O BOM COMBATE deve ser o sentimento de satisfação, de verdadeiro AMOR pelo que fazemos, então, o primeiro questionamento deve ser: é esta atividade ou profissão que tenho vontade de realizar? Essa resposta irá nortear nossa vida, você deve refletir que tipo de COMBATE você quer participar para ser um verdadeiro VENCEDOR.

"COMPLETEI A CORRIDA"

É a plena certeza que se realizou com total empenho a busca da meta definida, chegar à reta final e receber a bandeirada. Por muitas vezes não é o primeiro a chegar que leva o Grande Prêmio. Vejamos um fato ocorrido em uma olimpíada, numa corrida de obstáculos, um atleta considerado o favorito teve uma queda se machucando, porém, rejeitou o auxilio dos fiscais querendo socorrê-lo, tirando-o da competição, seu pai pulou as grades, entrou na pista, afastou os fiscais, deu seu ombro ao filho e o levou até a linha final. Aí se pergunta: quem foi o vencedor da corrida? Durante a maior parte do tempo os jornalistas, os repórteres, as televisões e o público se interessaram mais pela luta que este atleta teve para chegar a linha final que se esqueceram do vencedor. E, em termos de mídia, este atleta, último colocado na corrida, foi o mais promovido e mais assistido por todos. Conclusão: devemos fazer de todo o possível para "COMPLETAR A CORRIDA", sendo que o mais importante é nossa convicção de termos realmente envidado todos os esforços para sua realização.

"GUARDEI A FÉ"

A FÉ é nossa crença na ética do exercício de tudo que fazemos. Devemos sempre agir de maneira ética seguindo os valores morais, socialmente corretos e, até mais, ecologicamente corretos. De nada nos será válido, se para atingirmos nossos objetivos, nossas metas, usarmos de instrumentos e métodos que vão de encontro aos princípios éticos. Não se pode ser vencedor se usurparmos e agirmos de maneira truculenta, a qualquer custo, ou ao custo das desgraças alheias para a realização de nossos objetivos. Não deixemos que nosso troféu, nosso prêmio maior, se deteriore, que seja corroído, se enferruje e se quebre. Se formos falsos em nossa FÉ a vitória não será verdadeira, construiremos "CASTELOS NA AREIA". Vejamos no colega ao lado, no concorrente, um bom motivo para nos desafiar a sermos melhores sempre. Não querendo que eles pereçam na disputa, mas, que estejam de pé para apreciarem nossa vitória, ou pelo menos que eles tenham reconhecimento, respeito e admiração pelo nosso esforço. Assim agem os verdadeiros LÍDERES, se auto motivando e aos seus liderados, pregando conceitos éticos e valores morais de sustentação para sua equipe.

DESEJO A TODOS OS QUE COLABORARAM COM A REALIZAÇÃO DO CADERNO ESPÍRITO SANTO NO BRASIL, AOS QUERIDOS LEITORES DA COLUNA ESTILO & LIDERANÇA, UM FELIZ NATAL E UM ANO NOVO DE MUITAS REALIZAÇÕES!

Ronaldo Amaral o Tau

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.