Mais comentada

Depois? Depois não

O dia da mentira é o dia em que você escolhe se enganar. E muitas vezes pega a grande massa na primeira semana de janeiro, quando um novo ano começa. Quantos dão andamento ou continuam o que se propuseram nas semanas seguintes? Comece hoje!

Estava refletindo sobre aquela época do ano em que boa parte de nós, em meio a simpatias, listas e rituais fazemos nossas resoluções e pedidos para o ano seguinte. E quando chega a primeira semana do ano, boa parte de nós já está patrocinando a academia, continua comendo compulsivamente, fumando ou bebendo e deixando a preguiça dominar.

Aquele livro que eu comprei depois eu leio. Eu queria começar a dieta, mas é aniversário do meu melhor amigo e não posso comer abobrinha no churrasco. Estava concentrada em ter pensamentos positivos até que eu tomei aquela fechada na rua e soltei cobras e lagartos pela boca. Mais atitude foi o que me propus, mas estava um dia frio e chuvoso e optei por mergulhar no chocolate quente com marshmallow. Chegou a minha hora de mudar de emprego e fazer o que eu realmente gosto, mas o mercado está difícil e não é a melhor hora para arriscar. Agora eu vou perdoar e pedir perdão a todos àqueles que eu sinto que preciso, mas eles continuam com atitudes que eu não concordo, aí fica difícil. Finalmente vou fazer aquele curso que eu queria, mas quando vi o calendário pegava um domingo e eu achei melhor adiar para descansar.

“Não deixe nada pra depois
Não deixe o tempo passar
Não deixe nada pra semana que vem
Porque semana que vem
Pode nem chegar
Pra depois o tempo passar
Não deixe nada pra semana que vem
Porque semana que vem
Pode nem chegar
Ah! Ah! Ah! Ah!” (trecho da música da cantora Pitty).

Qual o dia da mentira?

O dia da mentira é o dia em que você escolhe se enganar. E muitas vezes pega a grande massa na primeira semana de janeiro, quando um novo ano começa. Quantos dão andamento ou continuam o que se propuseram nas semanas seguintes?

Olhei o calendário e me dei conta que faltam quatro meses para o final do ano e pode ser tempo para caramba, para quem está disposto a fazer qualquer coisa que deseje. Mas, também pode ser muito pouco e evaporar na ampulheta para aqueles que preferem deixar para depois.

Por que esperar o final de dezembro e não olhar para as coisas que queremos agora? Quatro meses para emagrecer, ler, estudar, procurar um emprego novo, se aproximar de algum familiar que você não conversa mais, fazer uma viagem, começar um curso, melhorar sua autoconfiança, fazer terapia, começar e terminar um processo de coaching, meditar, fazer atividade ao ar livre, programar o réveillon dos seus sonhos, entrar na academia, tomar mais água, fazer escolhas mais saudáveis, modificar crenças limitantes, pensar mais positivo, começar um caderno da gratidão, superar algum medo que te bloqueia, sair da zona de conforto, preparar uma surpresa para alguém que você ama. E o que mais? São seus sonhos e escolhas.

“Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.” Dalai Lama

Talvez vocês tenham muitas coisas que queiram modificar e alguns podem carregar o sentimento de frustração de ter tentado uma ou mais vezes sem sucesso, o que pode dificultar mas não impedir de atingir seus objetivos. Que tal traçar um objetivo por vez? Se dedicar com foco nisso e depois que chegar lá, só depois partir para o próximo?

Apesar de não ter fórmula secreta, pois somos humanos e cada um tem suas particularidades e esquisitices, um objetivo por vez pode aumentar as chances de sucesso.

Um objetivo e metas realistas para que vocês realmente possam cumprir e diminuam a chance de auto sabotagem. Começar com pequenos passos pode ajudar também. Para quem quer começar a correr, talvez precise primeiro caminhar para depois intercalar caminhada e corrida e ir seguindo em direção a sua meta maior. Para quem não bebe água, talvez começar com um litro por dia seja muito, então coloquem o que é realista para que possam ir conquistando e avançando. Qual seria um primeiro passo? E o segundo? E assim por diante ...

E os obstáculos? Quais os obstáculos que vocês já podem antecipar e prever ao ponto que quando eles aparecerem vocês terão condições de ultrapassar e não desistir do objetivo? Para quem começou a dieta pode ser os convites dos amigos para eventos, churrasco, aniversário, pizza etc. Sabendo disso e de maneira realista o que você pode fazer a respeito?

Pensem em passos realistas e não radicais, para que possam evoluir de maneira consistente e duradoura sem prejuízos sociais ou emocionais. E se cobrando menos, lembrando que todos têm falhas e dificuldades. Parar diante de um obstáculo por um momento, não precisa significar abrir mão de tudo que fizemos até então. Aconteça o que acontecer, não desista.

“Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez”. Thomas Edison

Pense em um amigo, mentor, parente ou qualquer pessoa que você possa dividir seu objetivo e que vá te ajudar a seguir em frente. Não alguém que passe a mão na sua cabeça quando você fraquejar, mas alguém que realmente te impulsione e dê forças para que você persista. E a cada pequena conquista celebre, comemore, se auto parabenize por cada avanço.

Deixo aqui um convite a todos, para que aproveitem da melhor forma possível os últimos meses deste ano e que antecipem a busca e atitudes em direção aos seus sonhos e objetivos.

“Vem, vamos embora, que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer” (Geraldo Vandré).

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)