Mais comentada

IRPF 2018: novas regras para imóveis e veículos

Se você leu os meus últimos artigos publicados aqui no Portal Administradores, não é novidade para você que a Receita Federal criou novos campos de informações no cadastro de bens para imóveis e veículos da Declaração deste ano - e que o preenchimento desses campos será obrigatório a partir de 2019!

Com o intuito de aperfeiçoar ainda mais a inteligência, os cruzamentos dos dados, bem como o combate à sonegação fiscal e a lavagem de dinheiro, o Fisco passou a solicitar as seguintes informações:

- Imóveis (Número de inscrição no IPTU; Data de aquisição; Endereço completo; Área Total do Imóvel; Matrícula do Imóvel; Nome do Cartório em que o Imóvel está registrado).

- Veículos (Número do Renavam).

Resumindo e simplificando: se todos os dados acima não estiverem preenchidos na declaração a partir do próximo ano, não será possível transmiti-la ao Fisco!

Portanto, recomendamos que tais informações sejam preenchidas da forma adequada já neste ano para evitar possíveis transtornos e problemas futuros com a Receita.

Para quem contou com a gente na elaboração da Declaração nos últimos anos, tenho uma boa notícia. Aqui na Artdata Contábil, nossa equipe já havia adotado o procedimento de informar quase a totalidade desses novos campos na discriminação do bem.

Fique atento(a)!

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: Bens Imóveis Imposto de Renda IR IRPF Receita Federal Veículos