O sorriso da vitória

O sorriso está associado as conquistas e ao período em que estamos vivendo de Olimpíadas. É um cartão de visita e necessita de cuidados.

É gostoso sorrir, não é mesmo? Gosto de associar o sorriso a uma satisfação e a uma conquista. O ato de sorrir está intimamente ligado às Olimpíadas. Nos últimos dias, vemos os registros da mídia durante a transmissão dos jogos e sempre notamos um grande sorriso, que está ligado à superação, à conquista e à vitória!

Mesmo que o atleta não esteja sorrindo por estar em primeiro ou em terceiro lugar, para muitos, participar, concluir uma prova, em meio a tantos desafios, é uma vitória! O sorriso pode até vir acompanhado de lágrimas, mas depois surge um sentimento de superação, de dever cumprido, que contagia a todos, principalmente, a família dos atletas nos primeiros lugares da torcida.

Mas por que cuidar do sorriso? A boca, costumo sempre dizer, é o cartão de visitas de qualquer pessoa, independente de ser atleta ou não. Até mesmo quem não tem dentes bonitos expressa muito bem a beleza de uma conquista por meio de espontaneidade e alegria.

Por outro lado, é perceptível quando as pessoas não têm uma boa saúde bucal. Em muitos casos, o sorriso, que é uma forte arma o ser humano, não é harmônico com o rosto. Muitas vezes, existe um cuidado extremo com o corpo, mas um belo sorriso fica escondido, por puro descuido e falta de informação.

Culturalmente, em alguns países é mais difícil ter um sorriso bonito. O acesso ao tratamento odontológico é precário, e, por isso, a população conta com a sorte de ser beneficiada por uma boa genética.

Mas o brasileiro, atualmente, tem cuidado mais do sorriso e tem vivenciado a importância desse cartão de visitas por meio de artistas e atletas. Isso porque somos um povo que, apesar dos desafios diários, não deixamos a alegria de lado. E valorizamos o riso fácil e as pequenas vitórias cotidianas que fazem de nós verdadeiros campeões. Aqui, de fato, conquistas e sorrisos andam de mãos dadas.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: Brasil coaching comportamento comunicação conquistas consultoria cotidiano empreendedor empreendedorismo gestão imagem pessoal marketing profissionais