O tempo e a ansiedade

Analisar os fatores que nos impulsam a estarmos acelerados para tudo que devemos realizar diariamente e ainda, sem perceber ou com indignação, termos péssimos resultados pelas escolhas somadas com a pressa de se obter resultados imediatos

"Há tempo para todas as coisas" disse Salomão há muito tempo atrás. Quando esperamos por algo que não acontece de maneira rápida, logo surge a ansiedade, o medo e até mesmo o desespero. Quando não permitimos que o tempo nos de a resposta na qual ansiamos ou amadureça a trajetória para conquista, logo qualquer alternativa se tornará um objetivo para adiantar aquilo que se espera.

Nisto há uma ingenuidade do homem: colhe fora do tempo, tem maus resultados e ainda não admite que a ansiedade estragou um sonho, plano ou projeto. O tempo amadurece a visão, os pensamentos quanto ao futuro e ainda torna-nos tolerantes e pacientes, um fruto fácil de ser reconhecido numa pessoa quando o convívio passar ser frequente. Há árvores frutíferas que dão frutos em poucos meses após brotar, outras demoram poucos anos e outras tanto darão frutos depois de muitos anos. Mesmo que as tempestades da vida nos façam perder o brilho e o vigor de viver por considerarmos que certos planos e objetivos foram jogados por água abaixo ou considerar que não vale mais a pena esperar e desistir, ainda sim há esperança.

Salomão confiou em Deus seus planos e anseios, porém confiou deixando tudo planejado a fim de Deus abrir-lhe a visão para trilhar por caminhos até chegar ao objetivo desejado. Planejamento foi, é e sempre será indispensável a todos aqueles que sonharam, sonham e voam alto em seus pensamentos. Quando abordo a questão de confiar em Deus, significa que Deus não fará aquilo que seja nossa obrigação, mas assim como o Sol nasce para todos, em nosso dia a dia poderemos enxergar melhor as opções ou caminhos que antes estavam obscuros para prosseguirmos com os planos ou metas estabelecidos.


Nossos antepassados trilharam por caminhos difíceis, dolorosos cujos os resultados muitas das vezes não eram palpáveis, porém construiram o que hoje podemos observar, desde as tradições culturais, obras de arte, evoluções científicas e famílias felizes.


Sejamos inteligentes escolhendo caminhos sábios que os antigos trilharam, afinal temos tudo para ser feliz.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: angústia ansiedade pressa tempo tomada de decisão

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração