Mais comentada

Organizar a empresa: um sistema que gera lucro


           Uma empresa com bom planejamento e que visa o lucro, deve ser uma empresa organizada. O programa 5S nos mostra os sensos criados no Japão como base da implantação do Sistema de Qualidade Total nas empresas. Esse sistema foi elaborado para disciplinar os colaboradores e gerar um rendimento melhor nas organizações. Ele é o ponto de partida e um requisito básico para o controle da qualidade, uma vez que proporciona vários benefícios ao setor.
           Os cinco conceitos são: Seiri (senso de utilização), Seiton (senso de arrumação), Seiso (senso de limpeza), Seiketsu (senso de saúde e higiene) e Shitsuke (senso de autodisciplina).
           O senso de utilização nos ensina a separar o útil do inútil, eliminando o desnecessário. Nesta primeira fase, o trabalho começa a ser colocado em ordem, para que só se utilize o que for realmente necessário. Uma das vantagens neste processo é a redução de gastos com espaço, estoque e armazenamento. No segundo senso, o de arrumação, devemos identificar e arrumar tudo, para que qualquer pessoa possa localizar facilmente o que precisa e a visualização seja facilitada. A principal ideia para esse senso é: “Um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar”. O próximo senso é o de limpeza, que nos pede para manter o ambiente sempre limpo, eliminando as causas da sujeira e aprendendo a não sujar. Ele também pode ser definido como senso de zelo, pois um ambiente limpo traduz qualidade e segurança. A higiene, que está no quarto senso, é uma manutenção da limpeza. Os colaboradores devem ter consciência da importância desta fase pois é fundamental a higiene física e mental para o próprio bem-estar de cada um. Finalizando com o quinto senso, o de autodisciplina, devemos fazer dessas atitudes um hábito, transformando os 5S´s num modo de vida.
             O programa tem como objetivo melhorar a habilidade das pessoas, promover o trabalho em equipe e fazer com que o local de trabalho seja mais atraente, por isso vale a pena dar um novo rumo para sua organização.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração