Privacidade nas Redes Sociais

É comum ouvir dizer: "se 'fulano' não quisesse expor a própria vida na Internet não teria perfil nas redes sociais", mas será que quem movimenta uma conta nessas plataformas está deliberadamente abrindo mão da própria privacidade?

Quando fazemos parte das redes sociais, se perder entre o que é certo para um e errado para o outro é uma armadilha comum. E saber como se relacionar na Internet sem prejudicar a própria reputação (ou colocar “fogo” na reputação alheia) é algo que não preocupa muita gente, mas deveria.

A liberdade de expressão tem sido usada como justificativa para a falta de educação na Internet. Por isso, falar sobre regras de boas maneiras nunca é demais. E é dentro desse contexto que surge a etiqueta digital, que vai além de praticar uma interação minimamente saudável com a sua rede, pois significa também ser inteligente o suficiente para tal.

Trata-se de bom senso, prática que aperfeiçoamos ao longo da vida.

A responsabilidade pelo nível de exposição nas redes sociais é de quem publica as informações. Entretanto, supor que a privacidade alheia não é merecida em função do uso de uma plataforma de comunicação pode revelar uma postura radical e preconceituosa.

Será que a noção de privacidade na Internet foi esquecida? Não. Ainda há limites entre o espaço público e o privado. Apenas precisam ser relembrados: "Com licença, este espaço é meu!".

Participar das redes sociais não significa expor a sua intimidade. Isso significa prestar atenção nas exposições excessivas, seja dentro ou fora do seu círculo de amizades.

Também é de bom tom não invadir nem reverberar a intimidade alheia, afinal a sua vida também pode ser usada como "conteúdo" para postagens de terceiros.

Conquiste o seu espaço sem desgastar a sua imagem ou a imagem de outras pessoas. E também não julgue o direito à privacidade de ninguém. Combinado?

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: comportamento direito espaço internet intimidade privacidade redes sociais segurança