Qual a importância de sonhar na vida das pessoas?

“Tudo é loucura ou sonho no começo. Nada do que o homem fez no mundo teve início de outra maneira. Mas já tantos sonhos se realizaram que não temos direito de duvidar de nenhum”. Monteiro Lobato


Acredito que o sonho, aquele que temos quando dormimos não seja uma exclusividade apenas dos seres humanos. Já observei que os animais também sonham e tem pesadelos. Quem tem ou teve um animal de estimação já deve ter observado isso.

 Desde o inicio dos tempos, o ser humano admira o lado oculto dos sonhos. A Bíblia é repleta de referencias sobre "aparições" durante o sonho ou meditação fazendo revelações. Povos primitivos buscavam meios de receberem mensagens em seus sonhos quando dormiam em cima de túmulos de anciões e pele de animais por eles abatidos.

 Apesar de ser um tema interessantíssimo de ser tratado não será sobre esse sonho que iremos tratar, mas sobre o “sonho” no sentido figurado, aquele que chamamos também de devaneio, plano de vida ou fantasia, esse sim é uma função apenas da mente humana.

 O sonho parece ser a mais genuína das formas do ser humano expressar seus desejos, anseios, inclinações e motivações. Eu ainda arriscaria dizer que são os sonhos que movem os seres humanos. Sem os sonhos morreríamos. Mesmo assim é importante salientar que sonhar é viver, mas viver não é sonhar.

 Na literatura, em minha opinião, quem melhor escreveu a essência sobre o que é sonhar foi Miguel de Cervantes, através do personagem Dom Quixote, um indivíduo ingênuo, romântico e sonhador que juntamente com o seu fiel escudeiro, Sancho Pança, sai pelo mundo lutando por um sonho impossível: “Mudar o mundo e o homem para melhores”.

 Os sonhos transformam miseráveis em reis, e a ausência deles transforma milionários em mendigos.

 Diz à lenda que um dia uma criança parou diante de um sábio mestre e perguntou-lhe: Qual o tamanho do universo? Acariciando-lhe a cabeça, ele suspirou, olhou para o horizonte e respondeu que o universo tem o tamanho do seu mundo.

 Perturbada ela novamente questionou: Que tamanho tem o meu mundo? E o sábio lhe disse: Tem o tamanho dos seus sonhos.

 Sonho é o que a maioria de nós busca a vida inteira e quanto mais cedo descobrirmos qual é o nosso, mais cedo nos sentiremos satisfeitos e felizes. Vivemos na era da “Sonhabilidade”, que segundo o consultor Arthur Diniz, é a capacidade que um indivíduo desenvolve de manter vivos e realizar seus sonhos.

 Para realizarmos nossos sonhos devemos antes refletir sobre algumas questões:

 Qual a sua missão de vida?

Qual a sua visão de mundo e de si mesmo?

Quais são os seus valores?

Quais são seus sonhos e como você pode alcançá-los?

Você tem sonhos, mas acha impossíveis de serem realizados?

Que tipos de habilidades e competências você necessita para realizar os seus sonhos?

Como a sua carreira se encaixa em seu sonho?

 Para nenhuma destas perguntas há respostas certas ou erradas, do mesmo jeito que não existem formações ou carreiras melhores ou piores. È responsabilidade de cada um encontrar seu caminho, pois ele é só seu. Sem regras nem preconceitos. Só seu.

 É por isso que é essencial saber precisamente aonde você quer chegar, onde concentrar seus esforços e com isso diminuir a energia e atenção dispensada tentando agarrar qualquer oportunidade que aparece á sua frente. Centrado em seu caminho, você passa a identificar com mais facilidade as distrações que o afasta de seu rumo principal bem como aquelas que o aproximam dele.

 Apropriadamente definidas metas são extremamente motivadoras. À medida que você adquire o hábito de definir metas e as vai cumprindo, sua autoconfiança cresce e você se sente capaz de realizar planos cada vez mais ousados.

 Mas, não se iluda pensando que você ira atingir todas as suas metas e objetivos no decorrer da sua vida existem centenas de variáveis do destino que muitas vezes irão auxiliá-lo e outras atrapalha-lo em sua jornada, alem disso os sonhos são dinâmicos, mudam, crescem, morrem e cabe somente a você administrar essas variáveis.

 Curiosamente, já foi provado que o que mais traz satisfação não é realizar completamente seus sonhos, caso o destino não permita, mas é lutar e se empenhar em realizá-los. As pessoas mais frustradas não são aquelas que não conseguiram realizar seus sonhos, mas aquelas que sentiram que não se dedicaram o suficiente em buscá-los!

 Alem disso quem não luta pelos seus sonhos acaba virando coadjuvante dos sonhos dos outros.

É muito comum que com o passar dos anos, seja na vida pessoal, na vida profissional ou na familiar, que a quantidade de sonhos vá diminuindo. Sonhar, desejar, fazer planos e lutar para vê-los realizados é algo como os músculos do corpo: é preciso exercitá-los, ou eles vão aos poucos se atrofiando e ficando cada vez mais flácidos.

Os sonhos se assemelham as plantas, necessitam de muita atenção, água, terra, adubo, sol, sombra e principalmente tempo para florirem e frutificarem e como cada planta, os sonhos têm necessidades diferentes.

Para realizar os sonhos devemos observar a espiral de realização, uso espiral, pois acredito que a cada fase estamos um passo acima ou adiante do anterior, isto é estamos evoluindo.

 Temos que tomar cuidado com alguns rótulos já que muitas vezes confundimos nosso entendimento do que venha a ser pessoas realizadoras. Achamos por pressão social ou pessoal que temos que ser o novo Bill Gates, Thomas Edison, Walt Disney, Silvio Santos, e tantos outros grandes nomes. PARE! Cada pessoa tem a sua própria historia, seus próprios sonhos, ninguém repete a historia dos outros.

 A sua espiral de realização deve ser recheada de metas e objetivos e incluir, alem das suas ações diárias, diferentes formas de testar e avaliar seus objetivos e confrontá-los com os sonhos.

 Independentemente de qual são as suas metas, você vai precisar de três ingredientes fundamentais, que serão o tripé de sustentação da sua estratégia em como realizar seus sonhos são eles: Acreditar que pode fazer; sentir que merece o que busca e principalmente ação.

 Realizar sonhos exige muita disciplina, planejamento, fé, perseverança e muita força de vontade. A maioria das pessoas acha que basta sonhar que irá aparecer uma fada ou duende e num passe de mágica seus sonhos estão realizados aos seus pés.Isso não existe, sonhos demandam esforço e dedicação.

 Diz o ditado popular, o qual discordo totalmente, “Sonhar não custa nada”. Em minha opinião custa muito, podem custar o seu futuro. Afirmo isso baseado em uma frase do escritor Vitor Hugo, “Nada melhor do que um sonho para criar um futuro”. O homem, portanto, nunca deve perder a capacidade de sonhar.

Será que depois de ler todo esse discurso, você ainda tem dúvidas sobre a importância de sonhar? Quem sonha encontra um estado de graça que o faz acreditar que pode tudo. Experimente fechar os olhos e visualizar o seu sonho realizado. Qual foi a sensação? Um “frio na barriga” acompanhado por um estado de felicidade contagiante. Imagine, então, o ânimo que sentirá quando estiver trabalhando para realizá-lo.

 “Quando a escalada parecer difícil que até desanima... pense na paisagem que se vê lá de cima” essa é a frase que está num pôster pendurado em meu escritório.

 Nunca abandone os seus sonhos

 

 Suce$$o

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: carreira coaching planejamento recinella sonhos