Mais comentada

Qual o nível de articulação do sistema às rotinas de tomada de decisão?

Qual o nível de articulação do sistema às rotinas de tomada de decisão?

O articulador principal (que deve ter ligação com o executivo municipal) deve ter acesso ao cronograma das atividades a serem delegadas as demais secretarias, de modo a poder cobrá-las nas reuniões de controle, que devem ter um horizonte temporal de acordo com atividade a ser implementada (se for infraestrutura - trimestral, se for ações diretas com grupo alvo - bimestrais, etc.).
A integração do executivo, com suas propostas de governo com o legislativo, respeitando as questões político-partidárias, devem ser pensadas como parte importante no processo de planejamento das ações. Políticas públicas são pensadas de maneira a atingir um público muito amplo e para atingir suas metas, é necessário o uso de portarias (como maneira de documentar as metas, ações, atividades, indicadores, monitoramento dos programas) e muitas vezes é necessária a criação de legislação complementar para garantir o orçamento mínimo e, se não existe uma boa relação entre os entes municipais as ações tendem a fracassar antes de iniciar.
Uma vez iniciado o processo de planejamento do programa algumas etapas precisam estar resolvidas (a questão política com o legislativo, os gerentes que cuidarão das atividades dentro das unidades organizacionais, qual o meio a ser usado para garantir o orçamento – uso de montantes próprios, uso de verbas específicas para programas oferecidas pelo estado ou união, uso de financiamento via órgãos de fomento, etc.).
Um organograma com as funções e atividades para cada uma das unidades é um ponto de partida, já que situações não previstas podem tornar necessária uma adequação dos níveis de controle.
O nível seria a partir do executivo, passando pelo gerente do programa com avaliadores ligados diretamente ao gerente após teremos administradores das ações indicados em cada secretaria participante passando pelos agentes que colocarão as atividades em prática. Grupos da sociedade civil e a população a ser envolvida no projeto devem ser convidadas a participar das reuniões de avaliação para poder colocar suas críticas e propostas em relação ao programa.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(1)