A falência de Johnny Depp diz muito sobre você, brasileiro

Conheço muita gente que só não gasta US$ 2 milhões por mês por que não tem crédito suficiente para isso

Reprodução

O ator norte-americano Johnny Depp está em pé de guerra com sua antiga administradora financeira, a The Management Group (TMG). Nesse angu, há muitos caroços e não quero entrar nos detalhes. Mas um dado é fato: o artista está financeiramente enrascado porque, entre outras coisas, gastou mais do que podia. Muita gente, quando leu a manchete, se impressionou e achou absurda a ideia de alguém torrar US$ 2 milhões por mês durante anos da vida. Pois eu lhes digo: conheço muita gente que só não faz o mesmo porque não tem crédito suficiente para tanto.

O que diferencia Depp de um assalariado brasileiro que gasta o dobro do que ganha, estoura o limite do cartão e considera cheque especial parte de sua renda são apenas as cifras e o que cada um pode comprar. Mas, do ponto de vista da gestão financeira, são exatamente iguais.

O governo federal tem buscado medidas para evitar ou pelo menos diminuir a bola de neve em que o mercado nacional como um todo tem entrado com o chamado crédito rotativo do cartão de crédito. A ideia é evitar que os consumidores se enrosquem indefinidamente nessa dívida e, ao mesmo tempo, que os lojistas e empresas do mercado financeiro sofram menos os impactos da inadimplência.

Mas o problema central, no nosso caso, é a total ausência de educação financeira em nossas vidas. Os pais não tratam do tema com os filhos. A escola ignora. As faculdades ignoram. Nas empresas, não se fala no assunto. E assim vamos nos tornando mestres na arte da crise financeira permanente.

Não adianta o governo fazer nada se nós não aprendermos que dinheiro acaba, crédito não é dinheiro e que dívidas crescem até serem pagas.

Há alguns meses, assisti a um workshop no Administradores Premium, serviço aqui do Administradores.com, que acrescentou muito à minha vida. É ministrado pelo mestre Gustavo Cerbasi, uma fera no assunto “finanças pessoais”. Se tiverem oportunidade, assistam, que vale muito a pena. O conteúdo é restrito para assinantes, mas se você busca orientação sobre o assunto, eu recomendo bastante. Lá, além desse workshop, tem um programa específico só sobre investimentos, que pode ajudar você a traçar estratégias legais pra fazer seu dinheiro trabalhar por conta própria.

Aqui vocês podem ver o trailer do workshop com Cerbasi, do qual falei:

E pra assinar a plataforma e ver mais detalhes sobre ela, podem acessar por aqui: www.administradores.com.br/premium

No mais, deixo aqui meus desejo de que vocês ganhem tanto dinheiro quanto Depp e aprendam como não perder tudo. =)

 

 

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração