Como investir em ações

Entenda a dinâmica do Mercado de Ações para começar a investir

O Mercado de Ações tem se tornado cada dia mais um objeto de interesse dos brasileiros. A falta do hábito de investir, que antes afastava a população deste mercado, tem deixado de ser uma barreira.

Quem não foi ensinado a investir desde a infância, agora tem a possibilidade de aprender sobre a gama de modalidades existentes, o que faz com que a poupança deixe de ser a única opção conhecida.

Na busca por possibilidades interessantes para se investir dinheiro, o Mercado de Ações não pode deixar de ser avaliado. Entender como ele funciona é essencial para se ter um bom parâmetro na hora de decidir onde aplicar seu capital.

O que são ações

A primeira coisa para aprender sobre a Bolsa de Valores é o que são ações. Ações são partes de uma empresa que são vendidas para a captação de recursos. Esses fragmentos são comercializados na Bolsa de Valores e quem compra ações de uma instituição se torna um acionista, assumindo direitos e deveres de um sócio, mesmo que em uma escala muito pequena.

Como funciona o Mercado de Ações

Para comprar e vender ações, é necessário que o investidor tenha uma conta em uma corretora de valores, que será a ponte entre ele e a Bolsa de Valores, onde as ações são comercializadas. Depois de abrir a conta e transferir recursos para ela, é possível começar a operar.

Neste mercado, o investidor lucra através da diferença do preço da compra e o preço da venda. A intenção é, de forma bem simplificada, lucrar com a valorização dos papéis. Hoje em dia, todo o processo de negociação e aquisição de ativos é feito através da internet, por meio de uma tecnologia que revolucionou o mercado.

Home Broker

A tecnologia transformou processos burocráticos em atividades simples realizadas em apenas alguns cliques em diversas áreas e com a Bolsa de Valores não foi diferente. O que antes era um grande salão cheio de pessoas falando ao telefone, agora se transformou em uma plataforma online, de onde é possível comprar e vender ações com poucos cliques.

Hoje, é possível realizar operações na Bolsa de Valores através da internet, de onde estiver, devido à uma tecnologia chamada Home Broker. Através dela, os investidores podem enviar suas ordens para o grande computador da Bolsa. Os papéis físicos que representavam as ações migraram para o mundo online, o que simplificou bastante a vida dos investidores.

Qual é o prazo das operações?

A Bolsa de Valores é um ambiente muito democrático e é possível escolher prazos que se adequam ao perfil do investidor. Entre eles estão o Day Trade, Curto prazo e Longo prazo.

  • Day Trade: São operações que começam e terminam no mesmo dia. Ou seja, o investidor compra e vende seus papéis antes do encerramento do pregão. São operações curtas que podem durar apenas alguns minutos.
  • Curto prazo: são operações que duram cerca de um a quinze dias e são indicadas para quem pretende se dedicar ao mercado pelo menos uma vez por dia, já que as oscilações acontecem de forma rápida.
  • Longo prazo: são operações mais indicadas para quem não tem muito tempo para operar. Nessa modalidade, o período entre a compra dos ativos e a venda é maior.

Qual valor mínimo para investir em ações?

Quem pretende começar a investir em ações geralmente se depara com essa dúvida. Fato é que não existe valor mínimo para começar a investir em ações, a decisão fica a cargo do investidor.

Contudo, especialistas recomendam que o valor não seja inferior à R$ 5.000 para manter saúde dos investimentos. Ao realizar operações na Bolsa, o investidor precisa arcar com algumas taxas. E para que ele possa ter melhores resultados e ao mesmo tempo arcar com as taxas, o valor de 5 mil reais é o mais indicado.

A partir do momento em que alguém assume a postura de dono do seu dinheiro, é possível investir de maneira mais inteligente e responsável. E isso acontece através da busca por investimentos mais rentáveis.

Investir em ações pode ser o primeiro passo para a realização de muitos sonhos. Por oferecer a possibilidade de taxas de rentabilidade mais atraentes, retorno rápido e liquidez, o Mercado de Ações tem atraído muitos investidores. E você? Tem interesse em fazer parte disso?

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: ações Bolsa de Valores investimentos investir em ações Mercado de Ações

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração