Mais comentada

CRISE DE 1929

CRISE DE 1929


Edson Pereira Bueno Leal outubro de 2009 .


CRISE DE 1913

Em 1907 , uma seqüência de abalos financeiros , reduziu à metade o valor de mercado das ações da Bolsa de Nova York . Em resposta , o governo que não dispunha de um órgão para regular o mercado e prover recursos para bancos em apuros , criou o Federal Reserve , o Fed .

CRISE DE 1929

Os EUA saem da 1. Guerra como a maior potência mundial. Nação mais rica e próspera ao término da 1. Guerra. Devedora de US$ 3 bilhões antes da guerra, passou a credora de 11 bilhões.
Mesmo assim de 1920 a 1921 passou por forte depressão. De 1922 a 1929 atravessou anos de fartura até então nunca vistos .
“No fim da década de 20, anos de prosperidade, uma grave crise econômica, conhecida como a Grande Depressão, começou nos EUA e atingiu todos os países capitalistas. J. K. Galbraith, economista norte-americano, afirma que “à medida que o tempo passava tornava-se evidente que aquela prosperidade não duraria. Dentro dela estavam contidas as sementes de sua própria destruição”. (Dias de boom e de desastre in J.M. Roberts (org), História do Século XX.)
O capital norte-americano penetra na Ásia e na América Latina, áreas de influência da Europa. Em 1929 os EUA são responsáveis por 44,85% da produção industrial do mundo.
Nos EUA a interferência estatal é praticamente nula. É o auge do capitalismo liberal. Há um estado anárquico da produção e distribuição de capital. Gigantescas corporações monopolizam o mercado.
O otimismo prevalece no país. O presidente Hoover afirmava pouco antes da crise :” Dentro em breve avistaremos com a ajuda de Deus o dia em que a pobreza será banida do país” .
A década de 20 marcou a supremacia do consumismo na sociedade americana .
A renda per capita cresceu de 1921 a 1929 de 660 para 857 dólares . O número de veículos em 1920 era de 8 milhões e em 1930 de 23 milhões ( 1 em cada seis tinham carro) . Não havia um rádio em 1920 e 13 milhões em 1929. Cerca de 90 milhões de pessoas iam ao cinema a cada semana .
Havia mais telefones nos EUA do que em todo o mundo. As vendas de livros dobraram de 1919 a 1929 para um crescimento de 16% da população.
Os altos preços da fase da guerra estimularam artificialmente a economia , criando uma expansão a partir de preços irreais . A desigualdade na distribuição da riqueza se acentuou. Os lucros dos ricos cresciam muito mais que os rendimentos das massas.
O elevado nível de empréstimos feitos ao estrangeiros estimulavam a economia pois os gastos eram feitos nos EUA, porém as compras estancavam quando os empréstimos eram cobrados. Estes empréstimos , mais a expansão do crédito aos consumidores foram os principais fatores que levaram à expansão econômica. . A capacidade produtiva cresce em demasia e o consumo começa a declinar.
O sistema financeiro americano sofisticou-se , florescendo mais de 20 mil pequenas casas bancárias . Os EUA chegaram a ter 31 mil bancos em 1921 .
Por outro lado os empresários recusavam-se a baixar seus preços ou elevar os salários, impedindo o crescimento da demanda.
A política tarifária americana, excessivamente protecionista, provocava retaliações que prejudicavam as exportações.
Outro fato de descontrole foi a especulação financeira na Bolsa de Valores, onde desde 1925 tinham sido criadas muitas sociedades que emitiam ações, mas com lucros irreais, causando uma supervalorização excessiva. Em 1925 o total de títulos negociados era de US$ 27 bilhões e em 1929 de US$ 67 bilhões. Com apenas 10% do valor era possível comprar uma ação e especular tornou-se prática de milhões de pessoas , pois o restante do valor seria liquidado com os lucros da própria operação ..
Em apenas duas décadas , o número de investidores mais que triplicou , de 4 milhões , em 1900 , para 14 milhões , no início dos anos 1920 . O índice Dow Jones saltou de 100 para quase 400 pontos de 1926 para 1929 . O ministro britânico da Economia à época , Philip Snownden , chamou essa elevação de “orgia da especulação”.
O Fed , preocupado com a especulação financeira , dobrou em 19 meses a taxa de juros para os bancos que chegou a 6% em agosto de 1929 .
Como na época não havia regulação ou qualquer exigência estatal, as empresas americanas começaram a emitir tantas ações quantas quisessem , o que levou ao fenômeno da supercapitalização da indústria . Segundo pesquisas da época , as empresas listadas na bolsa de Nova York emitiam ações num valor equivalente ao dobro do total de seus ativos . Além disso , não era necessário que as empresas fizessem uma divulgação transparente dos resultados financeiros . O empresário George Westinghouse por exemplo , ficou mais de uma década sem publicar nenhuma informação financeira sobre a Westinghouse Eletrics . Em sua defesa , o empreendedor relatou numa carta ao conselho de administração que havia decidido que a publicação não era do “ interesse de todos” . A falta de regulação levou a várias crises , em 1903 e 1907 e, mais tarde à de 1929 , que deu origem a um órgão regulador ., a SEC – Securities and Exchange Comission .
A agricultura devido aos baixos preços estava em crise e os produtores endividados , perdendo suas terras hipotecadas e diminuindo a compra de manufaturados.
Bibliografia : Mitchell, Lawrence E. . The Speculation Economy .

CRACK NA BOLSA – 5A FEIRA NEGRA 24.10.2029

Quando as pessoas caíram em si de que o valor das ações era irreal , a boataria começou intensa e passou a aumentar vertiginosamente o número de ordens de venda, fazendo despencar o preço das ações.
Em 24/10/1929 ocorre o “crash” na bolsa de Nova York, a célebre 5. Feira negra. Com a queda de 11% nos preços , no dia seguinte 11 investidores se suicidaram .
Prevendo o caos , no dia seguinte , cinco dos maiores bancos americanos , entre eles o First National City Bank, queimaram US$ 20 milhões cada um para segurar os preços das ações . iniciativa funcionou num primeiro momento e a sexta feira foi de trégua .
Mas na segunda-feira , investidores apavorados correram em pânico para se desfazer das suas ações antes que os preços desabassem mais . Foi a Segunda Feira negra , quando o Dow Jones retrocedeu mais de 13% . O golpe final aconteceu no dia 29 , a Terça-Feira negra , co queda de quase 12% .
O índice da Bolsa de Nova York base 100 em 1926 chegou a 220 em 1929 e caiu para 41 em 1932 e 60 em 1933. Embora a recuperação da economia tenha começado em 1943, somente em 1954 as cotações voltaram aos patamares de 1926 .
Nos dias de hoje este tipo de crise é mais difícil de acontecer devido aos mecanismos de amortecimento de quedas que as bolsas adotaram . Mesmo assim a acelerada valorização das ações de empresas ligadas à informática e à Internet causa preocupação.
A quebra na bolsa, influencia todo o ciclo produtivo. No exterior muitos países resolvem desfazer-se de seus estoques invendáveis , como o café no Brasil.
As empresas estavam com a produção acima da capacidade de absorção do mercado . Com o crash e os consequentes prejuízos, houve brutal redução nos negócios , o que levou a uma quebradeira generalizada de empresas , aumentando o desemprego em um verdadeiro circulo vicioso.
Entre 1929 e 1933 o PIB americano encolheu 45% . Milton Friedman , ganhador do Prêmio Nobel de Economia em 1976 e Anna Schwartz publicaram em 1963 o livro Uma História Monetária dos Estados Unidos onde demonstraram que o FED – Federal Reserve , o banco central americano não só precipitou o crash de 1929 e a depressão que se seguiu , como agravou a situação ao garrotear o crédito elevando os juros e diminuindo a quantidade de dinheiro em circulação .O trabalho de Friedman mostrou o grande papel dos bancos centrais no controle de crises monetárias . ( Veja, 15.08.2007 , p. 92) .
Em 1929 havia 2,2, milhões de empresas nos EUA e em 1932 apenas 1,9 milhão. Dos 25000 bancos, 11.000 quebraram. . o número de desempregados aumentou de 1,5 milhão para 4 milhões em fins de 1930 , 7 milhões em fins de 1931, chegando a 12,8 milhões de pessoas, cerca de 25% da força de trabalho. Os salários caíram 40% e a renda nacional 50% . Por não haver uma rede de proteção social os desempregados ficaram na miséria. Em 1933 ,quase 1/3 da população dos EUA não tinha qualquer fonte de renda .
O presidente americano Herbert Hoover, republicano ultraliberal recusou-se a envolver o Estado nas tentativas de recuperação e contribuiu para agravar a situação de crise . Com esta atitude será derrotado na tentativa de reeleição em 1932 .
Segundo o presidente do Fed americano em 2008 , Bem Bernanke , especialista na crise de 1929 , ela foi potencializada por uma barbeiragem das autoridades monetárias , que enxugaram o crédito em vez de dar alívio monetário às empresas e consumidores . ( Veja, 26.03.2008 , p. 52) . O governo Hoover assistiu de braços cruzados à erosão do sistema financeiro . Ao invés de resgatar os bancos que era a medida sensata a ser tomada , o governo deixou as instituições quebrarem .
“A tragédia real é que as pessoas que nunca especularam , mas apenas investiram em bancos e em títulos estão sofrendo junto com as outras . As ruas estão cheias de pobres , desempregados , lojas disponíveis para alugar em todo lugar , sinais de bancos fechados . Vai levar muito tempo para esquecer isso”. Diário de Benjamin Rott, um advogado de Ohio.

Lei Smoot-Hawley 17.05.1930

Essa lei elevou as tarifas alfandegárias na importação . O objetivo era aumentar a produção nacional , mas a lei provocou retaliações que reduziram drasticamente as exportações americanas , deteriorando ainda mais a situação das empresas do país .

Falência do Bank of United States 11.12.1930

Era o maior banco do país e decretou sua falência em 11.12.1930 . O desemprego já atingia mais de 4 milhões de americanos e 1.860 bancos já haviam quebrado .

Fundo do Poço da Bolsa de Nova York 8.7.1932 .

Em 8 de julho de 1932 , o índice Dow Jones atinge o fundo do poço de 41,22 pontos , uma baixa de 89% em relação ao pico de 1929 . O PIB dos EUA fecharia 1932 com uma retração recorde de 13% . Somente em 23 de novembro de 1954 , o Dow Jones atingiu o nível pré-crise, chegando a 382 pontos .( Exame , 22.10.2008 , p. 39) .

Em 1932 a música mais cantada era " Brother , can you spare a dime? - Irmão , você pode me emprestar um trocado ? .
“Uma família isolada mudava-se de suas terras. O pai pedira dinheiro emprestado ao banco e agora o banco queria as terras. A companhia das terras quer tratores em vez de pequenas famílias nas terras. Se esse trator produzisse os compridos sulcos em nossa própria terra , a gente gostaria do trator, gostaria dele como gostava das terras quando ainda eram da gente. Mas esse trator faz duas coisas diferentes: traças sulcos nas terras e expulsa-nos delas. Não há quase diferença entre esse trator e um tanque de guerra. Ambos expulsam os homens que lhes barram o caminho, intimidando-os, ferindo-os” (John Steinbeck. As Vinhas da Ira, 1972 ).
Para coibir a especulação e dar maior transparência aos mercados as empresas abertas foram obrigadas a divulgar balanços financeiros mais detalhados e criou-se uma divisão entre bancos de varejo, bancos de investimento , corretoras e seguradoras . As reformas deram mais garantias aos pequenos investidores , mas os bancos ficaram amarrados .
O governo Hoover estimulou obras públicas, decretou a moratória sobre as dívidas inter-governamentais e pagamentos de reparações , criou uma corporação financeira de reconstrução para emprestar dinheiro aos bancos e estradas de ferro, mas as medidas não foram suficientes Tinha-se a impressão que a crise não teria fim.
Os marxistas consideravam a crise uma consequência inevitável da evolução capitalista que em sua sede de lucros não se preocupa com o impacto social de seus negócios e esperavam que a Grande Depressão de 29 levasse a uma revolução comunista nos EUA o que não aconteceu por que , naquela época os proletários americanos já pertenciam à classe média e não queriam saber de revolução.
A crise de 29 abalou o liberalismo econômico e estimulou a tendência para a intervenção do Estado na economia .
Filmes : A noite dos desesperados . 1969. Poletel.
Tempos Modernos, 1936 Continental Home Vídeo.

A INTERNACIONALIZAÇÃO DA CRISE DE 29

A crise de 1929 foi uma crise mundial, pois o capitalismo já era mundial e os EUA a maior economia do mundo. Atingiu quase todos os ramos da economia – bancos, indústria, comércio , agricultura. E atingiu quase todas as classes sociais.
A crise de 29 foi uma crise de abundância e não de escassez. Nela, os preços ao invés de subirem, caíram. Trata-se de uma típica crise do Capitalismo.
“Na moderna economia de troca, o industrial não produz com o objetivo de atender a uma certa procura, mesmo que afirme fazer isso, mas na base do cálculo de lucros. Os limites de produção são determinados “ não pelo número de barrigas famintas, mas pelo número de bolsas prontas a comprar e pagar” Engels.
“A maior realização do mundo dos negócios, cabe a quem se aproxima de ganhar alguma coisa em troca de nada”. Thorstein Veblen .
Na Europa a depressão de 29 teve efeitos desastrosos. O espiral da inflação parecia não ter fim. O preço dos produtos agrícolas caiu muito. Os mercados destruídos ou perdidos durante a 1.a Guerra Mundial nunca foram devidamente recuperados.
Com a crise nos EUA os bancos americanos interromperam a oferta de crédito e repatriaram os capitais de curto prazo, causando uma quebradeira geral em bancos europeus , começando pelo principal banco austríaco , o Kreditansdald , e o Darmstadten Bank (Alemanha) . Ao fim de 1936 nenhum país do mundo possuía mais lastro ouro para a moeda.
Nos primeiros meses de 1929 , saíram do Reichsbank , Banco Central da Alemanha , cerca de US$ 41 milhões em depósitos de investidores interessados na alta rentabilidade das ações nos EUA . Com a quebra da bolsa este dinheiro sumiu .
Em 1930 foi instituída a tarifa “Smoot-Hawley” , que elevou as tarifa sobre produtos importados por parte dos Estados Unidos , o que provocou retaliações de outros países .
Além das tarifas , o governo americano criou na década de 30 , barreiras alfandegárias e elevou os impostos de importação, o que paralisou o comércio internacional , derrubou o preço das commodities e trouxe deflação .
Na Alemanha a crise econômica favoreceu a ascensão do nazismo. Como a Alemanha era devedora da Inglaterra , deixou de pagar suas dívidas e o calote alemão forçou a Inglaterra a desvalorizar a libra em 40% , ampliando a crise para a comunidade britânica.
O nacionalismo econômico com tarifas elevadas , cotas de importação, controles de câmbio e acordos de troca, tornava virtualmente impossíveis a recuperação do comércio internacional.
Em 1932 havia no mundo mais de 30 milhões de desempregados: 17 milhões nos EUA , 6 milhões na Alemanha e 3 milhões na Inglaterra .
Portanto a crise de 29 a nível mundial causou o surgimento de inúmeros problemas sociais e estimulou nova corrida armamentista .
Na América Latina a crise abalou o poder das oligarquias e estimulou o surgimento de regimes populistas e ditaduras conservadoras.
O Brasil sofreu com a crise , pois já apresentava uma superprodução de café , seu principal produto de exportação. Os preços do produto despencaram com a retração da demanda , causando grandes prejuízos internos e o fracasso da política de valorização artificial do produto. Com isso a oligarquia paulista se enfraquecer, ocorrendo o fim da República Velha e a ascensão de Vargas ao poder.
As exportações brasileiras caíram de 95 milhões de libras esterlinas em 1929 para 33 milhões em 1935 . Cerca de 772 milhões de sacas de café foram queimadas para manter os preços.
Por outro lado a indústria nacional acabou se beneficiando com a crise , pois a interrupção na importação de manufaturados , em razão da crise internacional , deu oportunidade ao surgimento de produtos nacionais , em um processo de substituição de importações.
Na América Latina de modo geral a crise abalou o poder das oligarquias e propiciou o surgimento de regimes populistas e ditaduras conservadoras.
Para o marxismo a crise de 29 era a consequência inevitável da evolução capitalista , que em sua sede de lucros não se preocupa com o impacto social de seus negócios.
Como a União Soviética não sofreu as conseqüências da crise e continuou crescendo, para muitos era o sinal que não era apenas um credo revolucionário, mas um sistema econômico que funcionava , enquanto o capitalismo estava à beira da falência .
Portanto , para combater a expansão do comunismo era necessário demonstrar que a sociedade liberal podia alcançar as mesmas realizações deste , com liberdade e democracia Ironicamente , a superação da crise de 1929 foi obtida com a planificação da economia em grande parte assimilada do modelo soviético .

DINHEIRO HAVIA , MAS NÃO ERA UTILIZADO

Segundo Kenneth Galbraith em A Era da Incerteza “ Gradativamente , durante a Depressão , as taxas de juros foram descendo ; em 1931 , a taxa de desconto do Banco da reserva em Nova York era de 1,5% . A Reserva Federal também adquiriu obrigações do governo em grande escala , sendo o dinheiro resultante da operação entregue aos bancos (...) . Logo os bancos comerciais estavam bem supridos de fundos de empréstimo . Só faltava os clientes irem aos bancos, fazerem empréstimos, aumentarem seus depósitos e com isso valorizarem a disponibilidade de capital . A recuperação , então, seria imediata . Aí se deu uma descoberta terrível . Os clientes se recusavam a aparecer . Nem mesmo a uma taxa de juros mínima eles achavam que podiam ganhar dinheiro . Essa era a situação real durante a Depressão . O dinheiro simplesmente se acumulava nos bancos ; em pouco tempo , havia bilhões que podiam ser emprestados , mas não havia quem os quisesse . Afinal de contas , o sistema bancário tinha tornado pior o boom e ainda pior o crash . Ora , quando a Reserva federal resolvei agir , nada de novo aconteceu . Ainda havia muito a aprender em relação à administração do dinheiro “( F S P , 2.12.2008 , p. B-2) .

KEYNES

Como assinala Maílson da Nóbrega ,” com a Grande Depressão , Keynes desenvolveu um de seus maiores insights . Para ele , a quebradeira dos preços ( deflação) induzia os indivíduos a esperar que eles caíssem mais , adiando o consumo . A taxa de poupança aumentava , ampliando o efeito das perdas com o colapso da bolsa de 1929 , isto é , o esforço de poupar mais para repor níveis anteriores de riqueza . Com menores vendas, investia-se menos . Um círculo vicioso . A poupança superou o investimento e a economia ingressou em uma espiral descendente . Keynes não admitia que essa espiral fosse natural , nem que a depressão se resolvesse por si mesma ao longo do tempo . A saída era neutralizar o excesso de poupança , via gastos públicos . “ ( Veja, 5.11.2008 , p. 100) .
Ou seja, o governo não deveria apenas criar dinheiro , mas também assegurar sua aplicação e sua velocidade , gastando-o .
Em 1913 , perante a comissão que estudava a criação de um banco central na índia afirmou que para ele o ideal seria que o banco “ combinasse a responsabilidade máxima de governo, com um elevado grau de independência “.

NEW DEAL – SUPERAÇÃO DA CRISE NOS EUA

1933 a 1935 1. Etapa de Assistência e Recuperação.

Política de recuperação econômica após a crise de 29 , expandindo a intervenção do Estado na economia e buscando a ampliação do mercado interno.
Abandono do liberalismo clássico que se opunha a qualquer tipo de intervenção na economia e adoção de um liberalismo que previa a intervenção do estado na economia, como regulador do processo econômico, sem eliminar a iniciativa privada . Ao mesmo tempo cresce a indústria bélica , acentuando a militarização.
Em 21 de junho de 1931 o presidente americano Hoover propôs moratória de um ano sobre todos os pagamentos intergovernamentais, inclusive dívidas e moratórias.
Em junho/julho de 1932 uma comissão concluiu um acordo que praticamente abolia as reparações de guerra. A Conferência Econômica Mundial de junho/julho 1933 fracassou pela recusa dos EUA de colaborar com a estabilização das moedas nacionais.
Com a crise o partido Republicano (Hoover) perdeu o poder e assumiu Roosevelt pelo Partido Democrata e que será responsável pelo programa . Franklin Delano Roosevel ( 1882-1945) , primo em quinto grau de republicano Theodore Roosevel , presidente entre 1901 e 1909 , foi acometido de pólio em 1921 o que o deixou paralítico e mesmo assim foi o único americano a ser eleito por quatro vezes segui as , entre 1932 a 1944 , sendo o grande responsável por tirar o país da depressão e leva-lo à condição de superpotência .
Bibliografia : Jenkons , Roy . Roosevelt . Nova Fronteira .
Em seu discurso de posse na presidência dos Estados Unidos, Roosevelt , em 1933, acusava a profunda crise econômica e social: “... grande quantidade de cidadãos desempregados vê surgir à sua frente o problema sinistro da existência, e um número igualmente grande labuta com escassa remuneração”. Ao mesmo tempo , Roosevel propunha: “Esta nação exige ação, e ação imediata “ (Franklin Delano Roosevelt, Documentos Históricos dos estados Unidos.)

ROOSEVELT SOCIALISTA?

O New Deal representou o abandono das políticas tradicionais do liberalismo, ineficazes diante da nova situação, e decorreu de análises feitas pelo economista John M. Keynes. Porém o Estado não foi utilizado para concorrer com a iniciativa privada ou a substituir , mas para estimular a recuperação do empresariado e do mercado consumidor.
Muitos industriais e líderes do Partido Democrata de Roosevelt acusaram o presidente de ser " socialista" . Os conservadores direitistas fundaram a Liga Americana da Liberdade e chamavam Roosevelt de " o coveiro da América " e alertavam para o perigo " acabaremos tendo um governo socialista que destruirá a iniciativa privada , que fez grande este país . "
Roosevelt respondia : " Ninguém nos EUA acredita mais firmemente do que eu no sistema de livre-empresa , propriedade privada e lucros individuais . Foi este governo que salvou o sistema , quando ele estava à beira da ruína " .
Para Peter Irons , autor de A People’s History of the Supreme Court , “Era difícil imaginar leis que fossem mais agressivas ao laissez-faire , à liberdade de contrato e à competição de livre mercado. Também era difícil imaginar leis que se baseassem em noções tão elásticas dos poderes constitucionais” .
Roosevelt tinha poderes amplos . O governo podia ficar o preço do litro de leite , estabelecer cotas de produção de petróleo, definir o tamanho da jornada de trabalho dos bancários , fechar o mercado a indústrias estrangeiras , dar e cancelar licenças de negócios . Roosevelt criou uma burocracia tão volumosa que alguns patrões tinham de pagar salários diferentes em diferentes horas do dia de trabalho . Cabia ao governo dizer aos agricultores o número de hectares em que podiam plantar algodão ou milho . Ao pecuarista, quantas cabeças de gado podia criar ou o tamanho do seu aviário . ( Veja, 18.03.2009, p. 86-87) .

" Encontrando-se o Estado em situação de poder calcular a eficiência (...) dos bens de capital a longo prazo e com base nos interesses gerais da comunidade, espero vê-lo assumir uma responsabilidade cada vez maior na organização direta dos investimentos. (J. M. Keynes. A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda. 1936.)
O Estado deve erguer pirâmides para criar empregos " Keynes .

O New Deal teve três momentos .

O primeiro , de 1933 a 1934 teve início com o controle financeiro.
Recuperação econômica com as características de uma revolução. Decretou feriado bancário por 10 dias e proibiu a acumulação de ouro no tesouro, abandonando o padrão ouro. Emitiu moeda para recuperar os preços dos produtos básicos.
Proibiu-se a exportação de ouro , desvalorizou-se o dólar e houve intervenções bancárias.
Procurou eliminar os abusos financeiros. Criou o “Federal Deposit Insurance Corporation” , garantindo depósitos de até 5000 dolares. Restringiu o crédito bancário para fins de especulação evitando a verticalização do mercado, “pools” , vendas fictícias de títulos e outros mecanismos para influenciar os mercados.
Desenvolveu-se um programa de recuperação financeira , limitando o poder do grande capital e criando o Sistema Federal de Reserva , aumentando as garantias aos investidores. Depósitos até US$ 2,5 mil teriam garantia do governo . Se o banco quebrasse , o governo pagaria ao cliente . O “Reconstrution Finance Corporation criada por Hoover em janeiro de 1932 foi utilizada para promover a reestruturação do sistema bancário e financeiro . Foi feita a separação entre os bancos financeiro e de investimentos , proibido o pagamento de juros sobre depósitos à vista e estabelecidos tetos no pagamento de juros para os depósitos .
O programa de investimentos enfrentou resistências no meio empresarial , que se opunha à intervenção estatal e por isso nunca foi plenamente aplicado.
Foram criados vários atos legais :
AAA – Agricultural Adjustment Act – maio de 1933 – fornecimento de crédito para a agricultura , pois havia 15 milhões de agricultores arruinados. Os agricultores receberam subsídios para reduzir a área de plantio . Em 1933 o governo destruiu 4 milhões de fardos de algodão e 20% da colheita de trigo e eliminou 6 milhões de suínos .
NIRA – National Industrial Recovery Act - junho de 1933 – para acabar com o desemprego e garantir recursos ás empresas e salários aos trabalhadores. Suspenderam-se as leis antitrustes , mas protegendo consumidores e sindicatos , para aumentar a produção e o salário .
NIRA e AAA foram declarados posteriormente inconstitucionais.
O Emergency Bank Bill , de 9 de março de 1933 e o Glass-Steagall Act de junho de 1933 permitiram um maior controle do Fed sobre o sistema bancário
Cerca de US$ 500 milhões foram repartidos entre os mais necessitados . Mais de US$ 3 bilhões foram aplicados em grandes obras: construção ou restauração de estradas ( 400.000 km ) , barragens , usinas de energia , 3,5 milhões de metros de tubulações de água e esgoto, 40 mil escolas , combate à erosão , reflorestamento , demolição de “favelas” , hospitais, absorvendo a mão de obra desempregada .
Megaprojeto de desenvolvimento do vale do Rio Tenessee , na época uma das regiões mais pobres dos EUA , resultou na construção de 15 represas , capazes de controlar as persistentes cheias do rio .
O Congresso criou o Federal Home Loan Banks, de financiamento imobiliário ,

WELFARE STATE

O NEW Deal está na origem dos programas de criação de empregos e redução das desigualdades sociais ( Social Security Act) , que gerou o chamado Welfare State , ou Estado do Bem Estar Social , adotado em vários países europeus .
Com o Social Security Act que definiu um segundo momento ( 1935-1936) criaram-se seguros contra desemprego, pensões por velhice , doenças e acidentes , auxílio financeiro às crianças e mães desvalidas e crianças aleijadas . Foram propostas ainda medidas para solucionar problemas rurais imediatos.
Na verdade o pioneiro do conceito de Estado do Bem Estar Social foi Bismarck que para combater o socialismo , pouco depois de 1880 criou o seguro saúde, seguro contra acidentes industriais e pensões para a velhice . Depois da Primeira Guerra Mundial os ingleses criaram o seguro desemprego.
O Welfare State teve seu auge entre 1945 e 1973 após a Segunda Guerra Mundial juntamente com a expansão da social democracia e da economia capitalista.
Segundo o historiador inglês David Reynolds “ Durante a década de 30 , mais de um terço da população chegou a receber ajuda do governo . Os fundos públicos para esses programas não existiam antes de 1929 . Dez anos depois , tomavam mais de um quarto de todo o gasto do governo” . Programas criados na gestão Roosevelt , como o seguro-desemprego e a aposentadoria por idade , sobreviveram até o século XXI. ( Exame, 8.4.2009, p. 150) .

O FIM DO LAISSEZ FAIRE NA SUPREMA CORTE

A Suprema Corte americana julgou inconstitucionais apenas dois atos do Congresso entre 1790 e 1860 , mas derrubou 58 entre 1860 e 1930 , e sete de onze disposições legislativas importante do New Deal , entre 1933 e 1936 , na maioria dos casos argumentando que a Constituição proibia ao governo federal interferir em contratos privados . Isso acabou em 1937 , quando o presidente Roosevelt criou uma crise constitucional ao propor a entrada de vários novos magistrados na Suprema Corte , com o intuito de dissolver o poder de cinco juízes conservadores , que , ao barrar reformas econômicas propostas por via legislativa, acabavam efetivamente escrevendo leis eles mesmos . Roosevelt e seus partidários argumentaram , com justeza , que a Constituição não impunha o laissez-faire ou qualquer outra modalidade de capitalismo. E de 1937 a 1981 , os EUA experimentaram uma forma de capitalismo muito próxima ao da Europa de hoje, caracterizado pela regulamentação governamental das atividades econômicas .
Porém, Milton Friedman em seu famoso livro Capitalismo e Liberdade , afirmou que as operações de mercado representam transações bilaterais e voluntárias, que são auto-regulatórias e , portanto, representam automaticamente o melhor para a sociedade , como no modelo de Adam Smith . Com a presunção de que os mercados regulam a si mesmos , a desnormatização se converteria em prioridade , como de fato ocorreu nos Estados Unidos de 1980 em diante” .Bruce Scott, Veja, 31.12.2008 , p. 178-179) .


AS MUDANÇAS NO TRABALHO E NA PRODUÇÃO

O período de 1936 a 1939 registra o esgotamento das medidas reformistas e o aparecimento de um movimento sindical mais combativo .
Lei Wagner – concedeu o direito a negociações coletivas na indústria e a sindicalização, retirando as organizações trabalhistas da tutela dos patrões. A lei confirmou a liberdade sindical e o direito de greve . O sindicalismo americano com a AFL – American Federation of labour e o CIO – Congress of Industrial Organization , foi fundamental para preservar os salários dos trabalhadores , garantindo o forte mercado interno americano. ;
Lei Wheler-Rayburn – regulamentação federal na produção e transmissão de energia no comércio interestadual;
Fair Labor Standards Act – Lei das normas equitativas de trabalho . Abolia o trabalho de crianças , fixava o salário mínimo e definia semana de 40 horas para 1940.
Com o New Deal, os rendimentos do lavrador e trabalhador assalariado aumentaram em mais de 100% , além do alto grau de segurança econômico alcançado.
O desemprego todavia continuou. Em 1939 havia 9 milhões de desempregados.
O New Deal demonstrou que a intervenção estatal na economia não era exclusiva do socialismo e nem conduz necessariamente ao autoritarismo. Porém a crise enfraqueceu o modelo liberal , dando lugar ao Capitalismo monopolista .
Um dos setores que mais cresceu neste período foi o da indústria cinematográfica , que serviu para fabricar “ilusões’ , aliviando os efeitos da crise.
A política americana para a América Latina , antes caracterizada pelo Big Stick foi suavizada , passando para uma política de Boa Vizinhança, , mantendo os EUA o papel de tutor do continente e garantindo a hegemonia americana.


2. Guerra fim da depressão nos EUA:

A depressão nos EUA somente irá terminar com a 2. Guerra Mundial . Os EUA, segundo Galbraith entraram no conflito com a indústria operando abaixo de sua capacidade e com mão de obra desempregada que poderia ser rapidamente absorvida.
Segundo alguns economistas , embora o New Deal tenha sido fundamental para reorganizar a economia americana após a crise de 1929 , foi efetivamente o esforço de guerra que levantou a economia, impulsionou a indústria e permitiu o salto para a condição de superpotência .
Foi praticamente tranquila a conversão da indústria civil para a produção bélica que produziu 107000 tanques, 340 mil aviões 20 milhões de fuzis, 87 mil navios de guerra , 2 milhões de caminhões e 44 bilhões de projéteis de todos os tipos . Em seis anos , a indústria cresceu com injeções bilionárias de recursos públicos e o PIB americano saltou de US$ 100 bilhões para US$ 215 bilhões . Cerca de 17 milhões de vagas foram criadas e pela primeira vez as mulheres foram chamadas ao mercado de trabalho . Mesmo com as demissões em massa com o fim da guerra , milhões de mulheres permaneceram em seus postos e as admissões voltaram a crescer a partir de 1946 , em razão da reconstrução do pós-guerra .
Bibliografia : Doris Kearns Goodwin . “Tempos Muito Estranhos” .
Na Alemanha, ao contrário, a recessão havia acabado em 1936 e a indústria funcionava a pleno vapor. Adolf Hitler não possuía verdadeiramente um plano de produção de fôlego para enfrentar um conflito demorado. Acreditava que a Rússia cairia tão rápidamente quanto a França ou a Bélgica. Assim, só em fins de 1943 estava com sua conversão industrial completada.

CORRUPÇÃO SOB CONTROLE

Estudo feito pelo Serviço Nacional de Pesquisa Econômica afirma que “ antes de 1932 , a administração da assistência pública era vista por todos como politicamente corrupta “, e os imensos programas de assistência do New Deal “ofereciam uma oportunidade de corrupção única na história do país “ . No entanto , “por volta de 1940 as acusações de corrupção e manipulação política haviam diminuído consideravelmente “ .
Roosevelt conseguiu expandir o governo e mantê-lo livre de corrupção em grande parte pela fiscalização incorporada desde o início aos programas do New Deal . A Administração de Progresso de Obras ( WPA), em particular, tinha uma poderosa divisão independente de “investigação de progresso”, cuja função era investigar queixas de fraude . A divisão era tão diligente que, em 1940 , quando uma subcomitê do Congresso estudou a Administração de Progresso de Obras , não conseguiu encontrar nem ao menos uma irregularidade séria que a divisão não tivesse detectado.
Roosevelt também garantiu que o Congresso não enxertasse medidas politiqueiras nos projetos de lei de estímulo : não havia verbas reservadas a fins políticos nas leis que criaram a WPA e nas demais medidas de emergência .
Por fim , não menos importante , Roosevelt criou um elo emocional com os americanos da classe trabalhadora , que ajudou a sustentar seu governo em meio aos revezes e fracassos em seus esforços para resolver os problemas econômicos . ( Paul Krugman , F S P , 27.12.2008 , p. B-6) .

FAIR DEAL

Em 1948 , Harry Truman , que havia assumido o cargo de presidente quando da morte de Franklin Delano Roosevelt , candidatou-se à reeleição , apresentando um programa inspirado no New Deal , que denominou de Fair Deal ( Acordo Justo ) .
As medidas previam controle de salários e preços , construção de casas populares , melhoria do sistema previdenciário , subsídios à agricultura , proposta de lei sobre os direitos civis e revogação da lei Taft-Harley que havia sido aprovada em 1947 restringindo a ação dos sindicatos e proibindo as closed shops , pelas quais uma empresa só poderia contratar trabalhadores de uma determinado sindicato com o qual mantivesse acordo , dificultou as greves e proibiu os sindicatos de fazerem contribuições a partidos políticos ,
O Congresso não aprovou as medidas relativas aos direitos civis , nem a revogação da lei Taft-Harley , mas aprovou a elevação do salário mínimo de 40 para 75 centavos a hora , uma lei de seguridade social que beneficiou 10 milhões de trabalhadores e uma lei de construção de moradias.

Comentários sobre as crises do Capitalismo

Para alguns são acontecimento anormal, produzido por alguma “causa perturbadora” : introdução de invenções revolucionárias, revisões tarifárias, modificações monetárias, fracassos de colheitas, modificações de gastos, etc.
Para outros a crise é física. Efeitos do Sol, planetas , interferem na produção e na renda. (Jevons e Moore).
Outros apontam causas psicológicas – erros de otimismo e pessimismo por parte dos industriais (A . C. Pigon).
Para o monetarismo o “dinheiro é a raiz de todos os males” , daí as crises decorrem da instabilidade do padrão de valor. (Keynes). Com os bons negócios o dinheiro circula mais depressa, os bancos aumentam o crédito mesmo a juros altos. Com o excesso de crescimento os bancos retraem e cobram os empréstimos. Os industriais não podem pagar por que ainda não tiveram o retorno do investimento e falem, os bancos fecham e o desemprego aumenta. Para controlar tal situação deve-se controlar a moeda.
Para Hobson, durante os períodos de prosperidade , as rendas do capital crescem mais que as rendas do trabalho. O excesso canalizado para os ricos, configura uma “superpoupança” que aplicada, gera um tremendo aumento na capacidade de produção, que não é consumida devido à reduzida capacidade de compra dos trabalhadores, gerando portanto uma situação de “subconsumo. “ Sobrevem a ela o desemprego, depressão e redução das rendas dos ricos. Lentamente então os consumidores gastam os estoques acumulados e gradualmente a produção se eleva e recomeça o ciclo de prosperidade, surto, crise e depressão. Portanto, para ele , a causa fundamental da crise é a desigual distribuição de riqueza. Estes excedentes formam o fator irracional ou destrutivo do sistema . Sua reduzida utilidade para finalidades de consumo ou aproveitamento leva à acumulação como poupança para investimento, acima das necessidades e da utilização possível pelo sistema econômico como um todo. Este “excedente” deve ser apropriado e destinado a aumentar a capacidade aquisitiva e o consumo dos trabalhadores seja através de seus salários , seja pelo aumento da assistência social.
O Prof. Hayeck afirma o contrário. Para ele os lucros caem porque os capitalistas não investem o bastante. Daí ele advoga a redução dos salários e da assistência social para a restauração do lucro e do investimento.
Bibliografia : Parker, Selwyn. “O Crash de 1929 – A Lições que Ficaram da Grande Depressão “ . Editora Globo .

O BRASIL E A CRISE DE 1929

O ano de 1929 com a crise da Bolsa de Nova York inviabilizou o sistema de sustentação do preço do café e levou á falência inúmeros fazendeiros , comerciantes e banqueiros .
Entre 1925 e 1929 a produção de café havia crescido de 17,7 para 28,4 milhões de sacas . Pelo Convênio de Taubaté o governo comprava o excedente para impedir a queda nos preços . Com isso a dívida do Estado de São Paulo havia passado de 1,8 milhão de libras esterlinas em 1892 para 11,9 milhões em 1929 .
Washington Luís resolveu interromper as desvalorizações constantes que beneficiavam os cafeicultores, mas tornavam os produtos importados cada vez mais caros. Decidiu substituir o mil-réis , pelo cruzeiro , com uma cotação fixa diante da libra inglesa . Porém em 1929 tendo ocorrido uma supersafra, apenas a metade foi exportada e os fazendeiros queriam novas desvalorizações , que o presidente não autorizou . O café teve seu auge em 1928 e perdeu mais de 50% do valor cinco meses após o “crash” na Bolsa de Nova York .
Para segurar as cotações , o governo brasileiro promovia a queima do produto estocado , com o objetivo de reduzir a oferta mundial , mesmo assim ,grande parte dos agricultores, que até então dominavam o cenário da economia brasileira , simplesmente quebrou .
Como ocorreu nas demais crises globais , o valor do dólar duplicou no Brasil em um ano , inviabilizando as importações , mas fomentando e diversificando a indústria nacional



As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)