Mais comentada

E você, gestor, criou valor hoje?

Criar valor é o objetivo de qualquer decisão de investimento e tem como questão central investir dinheiro (caixa) hoje em troca de mais dinheiro (caixa) no futuro

Clayton C.,

Meu amigo Guerra me contou que todos os dias, sentado na beira da cama antes de dormir faz um "Balanço" do dia, elencando as atividades desenvolvidas os fatos ocorridos, e as emoções vividas, classificando-os mentalmente entre aquilo que foi bom, foi ruim, valeu a pena ser vivido e se contribui ou não para seu progresso espiritual, social, intelectual e material. Tomando emprestado o bom hábito do Guerra, que a propósito, só não concorda comigo na escolha do time de Basquetebol, gostaria de propor a você gestor, que também fizesse esse balanço mental, não antes de dormir , mas no final de sua jornada de trabalho, que hoje em dia ,muitas vezes se confundem.

Em artigo recente já discutimos por que nossa missão como gestores é criar valor, aumentando o valor da empresa no longo prazo, dado certo nível de risco.

Criando valor estaremos aumentando a competitividade da empresa no mercado, garantindo sua continuidade e , dando condições para que ela continue crescendo.

E como criamos valor na empresa? A essência da gestão é o processo de tomada de decisões e portanto , criamos valor na medida em que tomamos decisões acertadas que maximizem a função objetivo, ou seja criar valor. Decisões com qualidade de forma simplificada, envolvem informação de qualidade, investigação cuidadosa, cenários e alternativas abrangentes, uma função objetivo bem elaborada, boa execução e controle. Fácil não é? ... Não! Você sabe que não é fácil, mas vamos nos restringir nesse artigo a discussão de quais DECISÕES VOCÊ TEM QUE TORMAR PARA CRIAR VALOR E CUMPRIR SUA MISSÃO COMO GESTOR.

Do que se trata?

Criar valor é o objetivo de qualquer decisão de investimento, empresarial ou pessoal, e tem como questão central investir dinheiro ( caixa )hoje em troca de mais dinheiro ( caixa) no futuro). No âmbito da empresa existem três tipos de decisões envolvidas na criação de valor:

Decisões de Financiamento;

Decisões de Investimento

Decisões Operacionais

O primeiro componente na criação de valor diz respeito ás decisões de Financiamento que tratam da origem dos recursos a serem aplicados na empresa e em seus projetos. A Empresa deve trabalhar só com recursos do acionista fundador ? De outros acionistas ? Deve buscar recursos de terceiros (Bancos, outros credores), com que prazo, a que custo?

O segundo componente na criação de valor diz respeito ás decisões de investimento e diz respeito as escolhas e desembolsos efetivos em projetos , pessoas, máquinas, tecnologia e serviços, de forma a viabilizar produtos e serviços desejados pelo mercado que uma vez consumidos pelo mercado proporcionem entradas de caixa (retornos) maiores que aqueles desembolsados para planejar, executar, vender, cobrar, controlar os projetos, produtos e serviços. Além dos desembolsos efetivos em dinheiro, o não desembolso, ou a postergação do acesso ao dinheiro representa o custo de oportunidade que o acionista e os credores deixam de ter no presente em troca de mais dinheiro no futuro.

O terceiro conjunto de decisões que criam valor, diz respeito ás decisões operacionais e que serão objeto de discussão nesse artigo, pois você gestor com certeza e independentemente da área em que atua na sua empresa, é o decisor ou no mínimo um influenciador nesse processo decisório. Sua empresa deve vender produtos ou prestar serviços desejados pelo mercado, com uma relação de custo-benefício maior para seu cliente em relação aos concorrentes e aos produtos/serviços substitutos. A Quantidade de produtos /serviços multiplicado pela quantidade vai gerar o faturamento ou a receita de vendas e quanto maior o crescimento nas vendas/faturamento melhor, pois sua empresa estará conseguindo mais clientes dispostos a desembolsar um valor em detrimento de produtos da concorrência e ou de alternativas de consumo e até de não-consumo.

Vender muito é com certeza necessário , porém é insuficiente quando se quer gerar valor. A geração de valor, requer que suas Receitas (Preço unitário de seu produto vezes a quantidade vendida) seja maior que seus custos variáveis ( matéria-prima, mão-de-obra, energia) e que cubram suas despesas fixas (Salários da equipe de vendas, Marketing, Finanças, despesas de promoção, aluguel, etc). Ao resultado da equação RECEITA (-) CUSTOS VARIÀVEIS (-) DESPESAS, chamamos de Margem Operacional, e quanto maior a margem melhor.A margem (normalmente expressa como um percentual das vendas) é um indicador bastante representativo do valor que a empresa cria ao transformar matéria-prima e outros recursos em produtos desejados pelo mercado.

Só isso então? Criar Valor via decisões operacionais envolve crescer as vendas e aumentar a margem operacional ? Não...

Como diria Benjamim Franklin.... "Nada é mais certo nesse mundo que a morte e os impostos"

Pois é, sobre o lucro que obtivermos temos que pagar os impostos e estes tem que ser reduzidos ao máximo, para que maximizemos o valor do acionista. Essa redução , de forma alguma significa não pagar impostos ou pagar menos que o devido. Significa pagar o menor valor possível dentro da lei, ou de outra forma não pagar em excesso. Afinal precisamos da contrapartida que nossos impostos nos propiciam em termos de segurança, infra-estrutura, educação e saúde.

Pronto, caro gestor, para concluir e resumir:

Criar Valor para o acionista é sua missão como gestor;

No final, a Criação de Valor se dá através de um fluxo de caixa de entrada maior que o de saída;

Para viabilizar esse fluxo de caixa, não se iluda.... Boa estratégia, execução, bons produtos ou serviços, melhores que a concorrência e eventuais produtos sucedâneos são pré-requisitos;

No seu dia a dia, você tem que tomar decisões que busquem:

- Crescer suas vendas ( Novos Produtos, Novos Mercados, Novos Usos, Novos canais, Promoções, modificações de Produto, Preço, Distribuição, etc)

- Aumentar sua margem operacional ( Pesquisa e Desenvolvimento, Novos materiais, maior produtividade, renegociação com fornecedores, orçamento-base-zero, reestruturação e reduzir ( dentro da lei) seus impostos.

Se ao final do dia, depois de alguns cafezinhos e aquela surfada na net, ao levantar seu "Balanço" você não tiver tomado decisões nessas três áreas, você não terá criado valor e ficará devendo para o dia seguinte.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: criação de valor decisão financiamento investimento lucro operacionais resultado econômico

Vagas de trabalho