O que pode te levar a malha fina do Imposto de Renda?

Saiba o que aumenta as chances de um contribuinte cair na tão temida malha fina

A cada ano temos um incremento considerável no poder de cruzamento de dados por parte da Receita Federal e, consequentemente, nas chances dos contribuintes que tentam "enganar" o Fisco cair nas garras do Leão.

Mas afinal, o que pode te levar até a temida malha fina?

  • Declarar gastos com saúde fictícios ou de pessoas que não são dependentes ou alimentandos;
  • Ser profissional autônomo ou liberal e não informar todas as fontes pagadoras;
  • Realizar compra ou venda de imóveis e não informar na declaração;
  • Possuir movimentação financeira via cartões de crédito incompatível com a renda declarada.

Vale lembrar que os órgãos públicos municipais e estaduais também auxiliam a Receita Federal no processo de fiscalização, por exemplo, por meio das informações sobre as transações que geraram valores a pagar de ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) e ITCMD (Imposto sobre Transmissão de Causa Mortis).

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: Declaração Fisco Imposto de Renda Impostos IR IRPF IRRF Leão Malha Fina Renda Rendimentos Tributos

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração