Mais comentada

Produtividade do capital: intensidade e inteligência

Essa é uma das principais razões pelas quais gerenciar a produtividade do capital é mais fácil do que gerenciar a produtividade dos dois outros principais insumos - recursos físicos e recursos humanos

As administrações também precisam aprender algumas regras elementares sobre gerenciamento da produtividade do capital.

 

É possível aumentar a produtividade do capital de duas maneiras. Pode-se fazer o capital trabalhar com mais intensidade ou pode-se fazer o capital trabalhar com mas inteligência. A propósito, essa é uma das principais razões pelas quais gerenciar a produtividade do capital é mais fácil do que gerenciar a produtividade dos dois outros principais insumos - recursos físicos e recursos humanos. Em geral, só se consegue aumentar a produtividade dos recursos humanos fazendo-os trabalhar com mais inteligência, e a dos recursos físicos, fazendo-os trabalhar com mais intensidade.

 

Distribuir os estoques entre depósitos regionais com localização estratégica, de modo que a mesma quantidade de estoques seja capaz de atender a maior volume de vendas, é fazer o capital trabalhar com mais intensidade. Controlar a mix de produção para vender maior proporção de produtos com margem de contribuição mais alta é fazer o capital trabalhar com mais inteligência. Não raro, é possível alcançar os dois objetivos ao mesmo tempo. Mas é difícil prever de antemão qual abordagem tem mais probabilidade de ser adequada em determinada situação, ou seja, a mais produtiva e menos arriscada. Ambas devem ser consideradas em cada área de investimento e em cada empresa. Outras informações podem ser obtidas no livro Fator humano e desempenho, de autoria de Peter F. Drucker.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: capital drucker gama inteligência intensidade produtividade