Mais comentada

Rendimento das aplicações e cuidados

Mesmo após a elevação da Taxa de Juros Selic para 7,5% ao ano, em Abril/2013, obter ganhos superiores ao da Caderneta de Poupança continua difícil na Renda Fixa. Veja por quê

Antonio Tofaneto,

Rendimento das aplicações e cuidados

Mesmo após a elevação da Taxa de Juros Selic para 7,5% ao ano, em Abril/2013, obter ganhos superiores ao da Caderneta de Poupança continua difícil na Renda Fixa. Na nova poupança (que segue as regras criadas para depósitos a partir de 04/05/2012), o rendimento agora passa a ser de 0,42% ao mês. Entre as aplicações mais populares, Fundos DI com taxa de administração superior a 1% ao ano (a maioria desses fundos de grandes bancos cobra de 1,5% a 2%), descontada a tributação, podem render menos do que a poupança.

A cobrança do imposto de renda sobre as aplicações de renda fixa variam de 22,5% nos primeiros 6 meses; 20% de 6 a 12 meses; 17,5% de 12 a 24 meses; e 15% acima de 24 meses. Há também a incidência do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras que é decrescente. A Caderneta de Poupança é isenta de tributação.

Também perdem para a caderneta de poupança as aplicações em Certificados de Depósito Bancário (CDBs) que tenham sido contratadas com remuneração inferior a 90% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI), um patamar já difícil de conseguir para investimentos em prazo menor de dois anos. O CDI é a taxa de juros que os bancos cobram para emprestar dinheiro entre si e atualmente está 0,25 ponto percentual abaixo da Selic.

Por isso, economistas esperam CDI de 7,25% ao ano no máximo, enquanto a Selic chega a 7,5%. Se o investidor contratar um CDB que pague 90% do CDI, terá um rendimento mensal de 0,42% após um ano de aplicação, equivalente à poupança. Esse também é o ganho oferecido por um Fundo DI, que só aplique em títulos públicos, com 1% de taxa de administração. Se optar por aplicar em Letras Financeiras do Tesouro (LFT), títulos públicos disponíveis no sistema Tesouro Direto devem passar a remunerar o investidor em cerca de 0,47%.

No caso da Caderneta de Poupança, é importante considerar que os rendimentos são creditados mensalmente. Vamos supor que o seu depósito foi no dia 10; portanto, se você precisar resgatar antes perde o credito do rendimento. Uma boa estratégia é usar a poupança multidata e, por exemplo, fazer depósitos dias 10, 20 e 30; assim, poderá fazer resgates dos saldos nestas datas.

Apesar da elevação dos juros ser considerada início de trajetória de alta por alguns analistas, permanece difícil para o investidor conseguir rendimento real acima da inflação. Segundo a última previsão do boletim Focus (do Banco Central), analistas projetam que a inflação oficial do País vá terminar o ano em 5,68%. Com a Selic a 7,5%, somente as LFTs devem apresentar rendimento superior à inflação, chegando a 5,74% em 12 meses, entre os investimentos mais populares no mercado.

A tabela abaixo mostra o rendimento de alguns investimentos com a Selic a 7,5%, considerados as taxas de administração e o imposto de renda.

Tipo de Investimento   Rendimento ao Mês  Rendimento ao Ano

Poupança antiga   0,50%   6,17%

Poupança nova (atual)  0,42%  5,20%

CDB (90% do CDI)  0,42%  5,20%

Tesouro Direto (LFT)*  0,47%  5,74%

Fundo DI  (taxa adm. 1%*)  0,42%  5,20%

Fundo DI  (taxa adm. 2%)  0,36%  4,39%

Fundo DI (taxa adm.3%)  0,29%  3,57% .

Nota: * Letra Financeira do Tesouro; ** Taxa de Administração

Rentabilidade das Aplicações x Inflação - Nos três primeiros meses do ano, a maioria dos investimentos, tanto de renda fixa como variável, está perdendo da inflação em 2013, considerando a alta acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 1,94%.

Segundo dados da ANBIMA - Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, a falta de opção de investimentos que superam a inflação oficial tem como pano de fundo o atual cenário macroeconômico.

A tabela a seguir, mostra comparativamente o desempenho no 1º trimestre das principais aplicações, conforme informações da ANBIMA e dos especialistas do Mercado de Capitais.

.

Rentabilidade das Aplicações – Desempenho no Trimestre

Aplicação   Considerando IPCA de 1,94% 

 

Referenciado DI  1,67

Curto Prazo  1,64

Multimercados Multigestor  1,59

Poupança  1,51

Poupança (Rend. Selic)  1,25

Renda Fixa  1,50

CDB (acima de R$ 100 mil)  1,34

Multimercados Macro  1,15

Multimercados Estratégia Especifica  0,89

Multimercados Juro e Moedas  0,71

Ações Livre  0,51

Ações Dividendos  –0,51

Renda Fixa Índices  –0,85 

Ações Sustentabil./Governança  –1,21

Ações Ibovespa Ativo  –2,01

Ações IBRx Ativo  –2,15

Ações Small Caps  –4,21

Ouro   –5,48

Ibovespa  –7,55 

Fontes: ANBIMA,  IBGE

Para o investidor, não é momento de fazer movimentos bruscos em função de uma informação ou de um dado mais imediato. Diante do cenário de investimento incomum, o brasileiro terá de arriscar mais e alongar o prazo das aplicações se quiser um ganho maior. Investimentos, como Fundos de Renda Variável e Fundos Imobiliários, que têm maior capacidade de preservar o valor contra a inflação, serão mostrados na próxima coluna de “Negócios e seu Bolso”.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.