Mais comentada

Time is Money: verdadeiro ou falso?

Se estamos sempre ocupados para todos e tudo, o que estamos fazendo com calma, concentração e critério?

iStock

Parece ser uma epidemia: “não tenho tempo”. Usamos a desculpa da falta de tempo com nossa equipe, nossos clientes, nossos parceiros e até com nossa família – e mais, com a gente mesmo.

Se estamos sempre ocupados para todos e tudo, o que estamos fazendo com calma, concentração e critério?

Você não é avaliado por quantas coisas você conseguiu fazer, mas pelo impacto que os seus feitos fizeram.

O que acontece, na realidade, não é que falta tempo. É falha na organização do nosso dia a dia; fazemos uma agenda diária/mensal? estamos priorizando? sabemos dizer não? somos objetivos na conversa? entramos no bolso da conversa do outro? aprendemos conduzir reuniões? sabemos desligar o celular?

Porque não avaliar, como estamos agindo com nossa equipe, nossos clientes, nossos pares, nossa família? Se tiver dúvidas, porque não pergunta-los: como estou me saindo quando o assunto é “tempo”?

É bom lembrar, que além do dinheiro, tempo é o único recurso que não é elástico!
Como os americanos dizem: “time is money” – eles são autorizados a falar isso: são tremendos gestores de tempo!

Fazer agenda – priorizar - saber dizer não – ir direto ao assunto – detestar rodeios – ser pontual, focado e prático em reuniões, tudo isso ajuda.

Quem sabe, com um pouco mais de disciplina, podemos ganhar tempo e gerar resultados melhores com menos desgaste – e ganhar mais dinheiro - para nós e para os outros...

Faça seu test drive!

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: resultados

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração