4 hábitos típicos de pessoas bem sucedidas

Até onde você está disposto a ir para concretizar seus objetivos?

iStock

Todos os dias você acorda, se levanta e vive a sua vida. Às vezes está mais feliz, entusiasmado, às vezes está mais triste e angustiado. Isso faz parte da rotina de qualquer ser humano, pois somos seres de sentimentos confusos e mutáveis.

Eu amo a literatura, os animes japoneses, a Administração, o chocolate branco e, principalmente, a minha mãe. Essas são algumas das minhas maiores paixões, mas muitos dos meus semelhantes não apreciam essas coisas e vivem para outras vertentes e sonhos. Seja bem vindo à múltipla diversidade racional: o universo das volições contrárias e inversas.

Algumas esferas do nosso reino são desse jeito: dependem da vontade de cada personalidade humana, contudo nem tudo é assim, porquanto existem leis, regras e princípios que são aplicáveis a todos e é absolutamente impossível fugirmos dessas áureas missões. Dentre elas estão alguns valores importantíssimos que as pessoas bem sucedidas possuem, algo que as permite serem aquilo que elas verdadeiramente são: vencedoras por opção (como nos ensina o maravilhoso livro de Jim Collins). E é exatamente essas qualidades que eu quero compartilhar nesse curto, porém proveitoso texto. Veja só: 

1 - Teimosia perante a dor

Você precisa aprender a abrir mão de algumas coisas para crescer. Isso significa se doar em prol dos seus projetos e desejos pessoais.

Aprendi a controlar a minha dor porque percebi (e aceitei) que ela acontece do lado de dentro - na minha essência - e que os fatores externos somente podem me atingir se a minha mente deixar.

Então, é uma questão de equilíbrio: você deve avançar e não deixar que os obstáculos o impeçam de dar continuidade aos seus proeminentes alvos. Lembre-se da sabedoria dos deuses: abdicar de tesouros no presente sempre o dará pérolas maiores no porvir.

Abrace isso!

2 - Teimosia perante a sua natureza

Você nasceu e foi preparado para ser mediano, como a maioria das pessoas é. Sabe por quê? Porque para alcançar os degraus mais elevados é necessário confrontar a vaidade, o ego e a zona de conforto.

Reconheci que antes de vencer o mundo, eu precisava vencer a mim mesmo, pois eu tinha muitas ideias incorporadas em minha alma e tirá-las não era tarefa das mais fáceis. Compreenda empaticamente: deixar de lado as minhas crenças, vontades e dogmas foi duro demais, metaforicamente falando, eu diria que quase como uma operação sem anestesia. No entanto, para que eu pudesse crescer e vencer as minhas limitações era necessário que eu renunciasse a algumas coisas, mesmo aquelas que eu mais amava e estimava.

Por isso, procure identificar seus pontos fracos e faça uma análise de quantos deles podem ser diminuídos e/ ou eliminados, buscando verificar o quanto o seu caráter tem contribuído para eles surgirem em sua vida. Em outras palavras, não permita que as coisas sem importância o impeçam de se desenvolver, fazendo suas ações serem inteligentes, assertivas, sábias e fielmente positivas.

Pense nisso!

3 - Teimosia perante as pessoas

Você está rodeado de gente invejosa, fracassada e alienada. Não caia no engodo de pensar que todas as criaturas da Terra são boas, eu lamento dizer, mas as coisas não funcionam dessa forma.

Desde muito cedo eu percebi que precisava ser valente para combater a falta de alegria dos seres que faziam parte do meu variegado núcleo social. Essas pessoas não queriam ser criativas e também não queriam que eu fosse, não queriam ter uma reputação profissional ascendente e também não queriam que eu tivesse, não queriam ter uma identidade pessoal poderosa e também não queriam que eu tivesse, sinceramente: nunca dei um mero resquício de ouvido a elas.

Assim, seja você mesmo: monte seus princípios (esfera pessoal), crenças (vida espiritual) e ofícios (vida profissional) sem deixar que essas criaturas o influenciem negativamente, passando por cima dessas idiotadas almas que existem para semear o atraso e as refratárias atmosferas da burrice.

Sonhe com isso!

4 - Teimosia perante pensamentos desagregadores

Você tem dentro do seu cérebro o maior dos poderes, a saber: o de pensar. Com ele, é possível conquistar outras pessoas, construir um mundo próprio e melhor ainda do que tudo isso: ser feliz. Todavia, muitas pessoas destroem as suas existências com ideias pessimistas, tolas e estúpidas, sofrendo por ostentarem uma mente ingênua e tipicamente apatetada.

Há alguns anos atrás, tomei uma decisão muito séria: eu somente iria conceber pensamentos construtivos. Parei de não perdoar, de ter ressentimentos e ódio no coração, com isso, eu ganhei o maior de todos os presentes: uma consciência limpa. Além disso, resolvi gerar apenas imaginações boas, fazendo o meu universo ser dotado de castelos generosos, carinhosos, sensíveis e amorosos.

À vista disso, seja confiante, contente, corajoso, otimista e equilibrado, fazendo suas reflexões serem recheadas de intensões puras e piamente cristalinas.

Ame isso!

O mercado, as tecnologias, a competitividade e a ansiedade nos fazem esquecer que a simplicidade é uma esplêndida ferramenta contra as forças do mal. Certamente, quem a detém já está um passo a frente dos demais: moldando hábitos sensatos e prudentes na infinita busca pelo sucesso e pelas maravilhosas variáveis da felicidade.

Avalie este artigo:
(58)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: administração comportamento dicas empreendedor empreendedorismo gestão mercado negócios qualidades relacionamento virtudes

Administradores Premium

Últimos Workshops


Revista Administradores

Revista Administradores

Como você usa seu tempo?

Saiba como render mais no trabalho, ter momentos de lazer e até como explorar melhor o ócio.


Seja um Administrador Premium e
Tenha acesso a todos esses benfícios.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração