Mais comentada

5 hábitos que o tornarão mais valorizado no trabalho

Olá, tudo bem? Amanhã comemoramos o dia do trabalho então, que tal receber dicas valiosas para melhorar o seu desempenho como profissional? Não perca mais tempo, clique no link abaixo: http://cibracoaching.com.br/5-habitos-que-o-tornarao-mais-valorizado-no-trabalho/ #responsabilidade #profissional #desempenho #competitividade #mercado #coaching #nelsonvieiracoach #cibracoaching

O dia do trabalho está chegando e é lógico que todo mundo quer ser mais valorizado profissionalmente, então, entenda que para isso, competência apenas não é suficiente, é preciso desenvolver um conjunto de hábitos que o tornarão mais respeitado e mais cobiçado nessa vitrine que se chama mercado! Vamos lá:

1- Faça além do que lhe fora solicitado: Muitos profissionais se contentam em fazer apenas aquilo que lhes fora solicitado, é um grande erro, e pior ainda é quando o fazem só quando recebem ordem, mesmo sabendo que aquele trabalho precisa ser feito. Entenda que com a velocidade da informação hoje em dia, o mercado espera respostas cada vez mais rápidas por parte da empresa, isso significa que, se toda vez o gestor tiver que lembrá-lo da sua obrigação, você estará retardando o andamento da equipe e afetando a competitividade da empresa, então fique certo que ele não vai contar duas vezes em substituí-lo, caso apareça alguém mais proativo para trabalhar no seu lugar.

2- Seja responsável: Respeite os prazos, quando não tiver um, estabeleça-o você mesmo, mas evite a todo custo trabalhar confortavelmente, pois isso o levará a desviar o foco e perder-se no tempo de entrega do trabalho, que poderia ser a sua grande chance para um reconhecimento ou mesmo uma promoção. Entenda que nem sempre o seu gestor irá cobrá-lo por um trabalho solicitado, mas não se engane que ele tenha esquecido ou deixado de lado, não importa o quanto demore, mais cedo ou mais tarde ele irá fazê-lo, portanto, a dica preciosa é que você não permita que isso aconteça, antecipe-se, por mais que ele não o tenha solicitado, apresente-o assim mesmo, e no menor espaço de tempo possível, isso mostra, além de iniciativa, que você é, no mínimo, interessado e certamente elevará a sua imagem como profissional responsável, lhe conferindo maior credibilidade e acredite: Isso vale mais do que dinheiro!

3- Seja organizado: Parece clichê, o que eu vou falar, mas algumas coisas são tão básicas, que muitas vezes são negligenciadas no contexto profissional, eu sei e possivelmente você deve estar aí pensando: “Não acredito que ele vai falar de organização e limpeza”, pois é, mas vou sim! Mantenha seu ambiente de trabalho sempre limpo e organizado, recolha o copo usado, não deixe aquela xícara suja de café de um dia para o outro em meio aos papéis ou próximo do seu equipamento de trabalho. Da mesma maneira cuide para que suas gavetas, arquivos e prateleiras estejam sempre organizadas e com o mínimo de coisas acumuladas em cima da sua mesa, permita que o trabalho siga o seu fluxo, senão ele vai parar em você e depois se pergunta por que as demais pessoas o estão atravessando, simples: Você ganhou o rótulo de “freio de mão” da companhia, ou seja, tudo o que chega em você para, portanto, pense que está em uma partida de futebol, a bola chegou em você, faça o que tem que fazer e passe adiante o quanto antes e jamais esqueça: Se quiser ser respeitado, respeite o fluxo de trabalho!

4- Mantenha a humildade: Não estou falando em ser subserviente, pelo contrário, mas saber ouvir, falar na hora certa, pedir permissão para emitir a sua opinião, sobretudo quando ela não for solicitada, respeitar a hierarquia, dedicar-se ao máximo para entregar sempre o seu melhor, e se por algum motivo não tiver satisfeito, saiba como pedir para sair, deixe sempre a porta aberta, afinal, com um mercado instável e volátil, é impossível prever como será o dia de amanhã, mas acima de tudo, jamais dê motivos para ser rotulado como incompetente, ou se apoie em seus títulos e certificados, afinal, eles atestam o quanto você, teoricamente, estudou, mas eles não trabalham no seu lugar e, portanto, se você não entrega resultado, de nada vale a sua formação acadêmica, por mais rebuscada que seja.

5- Busque a informação no limite: Lembra daquela estória muito antiga de um empresário que foi questionado pelo seu funcionário porque o outro que chegou há pouco tempo na empresa já foi promovido enquanto ele, que trabalha há anos não tinha uma oportunidade? Pois é, ele, então, pediu-lhe que fosse pesquisar o preço da melancia na feira e o mesmo voltou com a resposta afirmando que não tinha melancia, depois chamou o novato e fez-lhe o mesmo pedido ao que o mesmo indagou o motivo de tal informação e soube que era para uma salada de frutas, então foi além, perguntando quando seria, para quantas pessoas, que frutas ele gostava, quais já tinha, quais faltavam e quando foi buscar a informação, não apenas a trouxe, inclusive com o valor da melancia (que não tinha naquele dia), mas com as quantidades definidas e valores já negociados. Desse modo, quando lhe for solicitada uma informação, não se limite a dizer que não sabe, mas entenda antes o porque e traga além da resposta, uma solução viável, sobretudo quando representar um problema. Assim, seja a solução, ou parte dela, mas pelo amor de Deus, recuse-se a ser parte do problema. A sua conta bancária e a sua família agradecem!

Gostou do tema? Tem alguma experiência parecida? Compartilhe comigo, terei o maior prazer em conhecer a sua história e quem sabe, contribuir com outras pessoa que têm as mesmas dificuldades, envie suas dúvidas, sugestões, sua opinião para o whatsapp (011) 99546 8145 ou mande um e-mail para fale@cibracoaching.com.br. Você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

 

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: comportamento credibilidade dica empreendedor empreendedorismo interesse oportunidade organização profissional responsabilidade