A importância das PMEs no Brasil

levantamento feito pelo Sebrae em 2013 indica que são responsáveis por 52% dos empregos formais no país e 27% do PIB.

Você sabe qual o papel da pequena e da média empresa hoje, no Brasil?

Sempre estivemos acostumados a acreditar que as grandes empresas fazem toda a diferença, porque, óbvio, faturam milhões e empregam muitas pessoas.

Mas muitas destas empresas também não são nacionais e, boa parte do seu faturamento é mandado para as matrizes, como bem sabemos.

Recentes pesquisas que têm sido anunciadas, principalmente do Sebrae, tem mostrado que as pequenas e médias são as que mais estão contratando pessoas e que estão crescendo à despeito da situação que a gente tem visto.

“levantamento feito pelo Sebrae em 2013 indica que são responsáveis por 52% dos empregos formais no país e 27% do PIB."

São empresas muitas vezes menores, e por isso mais ágeis, com processos mais fáceis, mais abertos aos funcionários e que tem agilidade para contratar e, que dão oportunidades muito rapidamente no mercado.

E, também, muitas são start-ups, muitas estão trazendo serviços novos, produtos novos e que têm uma vazão rápida.

Levando-se em conta os setores no estado de São Paulo, os pequenos negócios estão:

  • 41% nos serviços;
  • 37% no comércio;
  • 12% na indústria;
  • 7% na construção;
  • 3% na agropecuária.

Representam 98% das empresas paulistas, com o restante pertencente às médias e grandes empresas.”

Então, se você faz parte deste grupo, tenha consciência da importância que o seu negócio tem hoje na economia brasileira, porque os índices estão positivos, porque você está contribuindo para a melhoria do emprego.

Você está contribuindo para a melhoria da economia e também para fazer o dinheiro girar.
A questão hoje, é que existem muitas pequenas e médias empresas e em setores muito diversos.

Isso, além de dar agilidade à economia, porque você tem uma gama enorme de ofertas de produtos, você também cria uma situação de volume.

Muitas empresas hoje estão fazendo parcerias, estão se ajudando, estão criando grupos, estão criando associações que melhora a sua dinâmica, ajudando umas às outras a criarem um ambiente mais favorável.

A fazerem compras mais assertivas, quando participam de feiras podem fazer algumas coisas em conjunto.

Justamente esta questão de ser mais easy going, de terem regras um pouco menos rígidas, estas empresas estão procurando alternativas muito inteligentes para vencer em um mercado, muitas vezes restritivo ou de grandes corporações.

Não é o tamanho de uma empresa que faz a sua diferença, mas sim, a sua capacidade de inovação, de atender bem ao consumidor, de criar meios de comunicação, de criar satisfação, encantamento e, principalmente de prover soluções inovadoras, inteligentes e rápidas para o mercado.

Atendendo a uma gama enorme de consumidores, que hoje, estão muito mais conscientes, mais exigentes e que apreciam novidades, que experimentam, trocam ideias entre si, usam as redes sociais para divulgar a sua experiência, seja ela favorável ou não, indicar e referenciar.

As pequenas e médias empresas tem uma oportunidade de ouro para se fazerem conhecer, para mostrarem a que vieram, para fazerem a diferença na economia, para darem oportunidades de trabalho a uma diversidade de pessoas e mostrar que a proximidade, que um método ou um meio mais flexível, tanto de trabalho, como de organização pode dar muito certo.

Os números estão aí, mostrando para todo mundo que as pequenas e médias empresas são as que mais estão contratando, são as que mais estão crescendo.

Acredito que você já deve ter lido inúmeras pesquisas ou matérias, falando que o emprego formal vai desaparecer com o tempo e que as pessoas vão encontrar novas possibilidades.

A tecnologia vai trazer novos empregos, novas posições, que a gente ainda nem conhece, mas que serão diferentes do que a gente se acostumou a ver: trabalhar 20, 30 anos em uma empresa, ter uma carteira assinada.

Ou seja, nós já estamos começando a ver um movimento diferente de oportunidades de trabalho que gera renda e também proporciona qualidade de vida para as pessoas que podem trabalhar mais perto de casa, fazerem coisas que estão muito mais próximas das suas habilidades.

Então, você que é empresário de pequena e média empresa, tenha muito orgulho do que está fazendo hoje, porque é você que está fazendo a diferença na economia do nosso país.

E se você quiser falar mais obre este assunto, escreva para nós.
Vai ser um prazer trocar ideias, te ajudar, te dar dicas e, responder suas perguntas.

Confira outros conteúdos em nosso blog e baixe os conteúdos gratuitos: www.imprenditore.com.br

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.