Como transformar funcionários difíceis em aliados?

O interessante é que ”pessoas difíceis” também podem ser muito competentes e executar bem o seu trabalho, motivo pelo qual saber lidar com funcionários é uma habilidade gerencial importantíssima para o sucesso de qualquer líder.

Certa vez, atendi uma gestora que se queixava dos resultados da equipe de vendas e da frequência com que entrava em atrito com alguns vendedores. Segundo ela mesma, eram pessoas difíceis porque resistiam as novas estratégias, não trabalhavam quando ela estava ausente e viviam arrumando desculpa para tudo. Todo departamento comercial estava sendo prejudicado com esses comportamentos e atitudes, inclusive auxiliares e coordenadores.

Para entender as barreiras que a gestora estava enfrentando, vou apresentar duas dimensões importantes da hierarquia social que em geral aparecem agrupadas: poder e status.

Ter poder envolve exercer controle e ter autoridade sobre os outros. O controle e a autoridade de que estamos falando, é algo que existe de maneira imposta por um ou mais indivíduos a um grupo, ou é criado, estabelecido e delegado pelos próprios membros do grupo. Ter status é ser respeitado e admirado. É ter o reconhecimento, admiração e respeito das outras pessoas. O status só vem de uma decisão ativa dos outros indivíduos, ele não é algo que se possa ser imposto ou reivindicado: precisa ser conquistado.

Em uma pesquisa coordenada pela professora Alison Fragale, da Universidade da Carolina do Norte, pesquisadores mostraram que líderes são punidos quando tentam exercer poder sem status. Quando tentam ter influênciar apenas com poder e autoridade, são vistas como difíceis, coercitivas e arrogantes. E ninguém se sente motivado e confortável em seguir ordens de alguém visto desta maneira. Segundo o mesmo estudo, inconscientemente reforçamos a idéia de prejudicar um líder de pouco status que tente mudar o ambiente e a dinâmica já estabelecida. Mas toleramos e às vezes até aplaudimos a originalidade de alguém com status elevado.

Como a gestora tentava impor autoridade sem buscar o reconhecimento, alimentava um círculo vicioso de ressentimentos, resultando em comportamentos cada vez mais desrespeitosos por parte da equipe. Ela por sua vez, agia com mais desrespeito, impondo mais autoridade, alimentando ainda mais a situação e sua frustração.

Para ajudar outros gestores que estão nessa mesma situação ou podem passar futuramente por algo parecido, repasso a lista das 5 atitudes que geram o status necessário para lidar e transformar “funcionários difíceis” em fortes aliados:

  1. Seja auto responsável: Assuma a total responsabilidade pelos resultados, seja pelas vendas, clima organizacional, erros e principalmente por mudar a situação dentro do seu departamento. É neste primeiro passo que a mudança começa a se manifestar;
  2. Use a comunicação a seu favor: Seja transparente e impecável com o que promete ou combina. Elimine as murmurações, reclamações e gritarias. Além disso, individualmente valide o bom trabalho e reforce sua confiança no trabalho que será desempenhado;
  3. Conecte-se com sua equipe: Abra espaço para o diálogo com a equipe gerando uma atmosfera de confiança e receptividade. Durante as reuniões peça feedbacks e sugestões sobre as próximas estratégias. Procure entender as dificuldades de cada um durante o processo de execução do plano de ação;
  4. Conquiste autoridade: Dê o exemplo na pontualidade, atendimento ao cliente, resolução de problemas e produtividade. Ensine quando precisar, mas não crie funcionários dependentes, ajude-os a ganhar autonomia e poder de realização.
  5. Celebre: Comunique gratidão e alegria com atos, palavras e ações. Seja genuíno e vença junto com eles. Vocês trabalham juntos por uma missão e não por um castigo.

E você, líder? Sente dificuldade em aplicar os passos anteriores? Existe uma técnica para cada um que é infalível! Me chame inbox que te explico: www.fb.com/vitortane

Vitor Tane
Especialista em Liderança Empresarial e Aceleração de Resultados para Gestores, Líderes e Empreendedores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(1)
Tags: acelerando resultados alta performance coaching desafios empreendedorismo empreender equipe inovacao liderança negocios performance pessoas pessoas dificeis resultados superação vitor tane