Flávio Augusto e Carlos Wizard: do zero construíram grandes impérios

Flávio Augusto da Silva e Carlos Wizard Martins fazem parte da nova geração de bilionários que enriqueceram nas últimas duas décadas

Facebook/MeuSucesso.com
Carlos Wizard Martins e Flávio Augusto da Silva no evento de pré-estreia do Estudo de Caso do Carlos Wizard, realizado pelo MeuSucesso.com

Na semana passada o assunto abordado foi sobre “Bill Gates: faça você mesmo e vença!”. E, dando continuidade ao projeto, a postagem de hoje é sobre as trajetórias dos empreendedores Flávio Augusto da Silva e Carlos Wizard Martins.

O carioca Flávio Augusto da Silva nasceu no dia 07 de fevereiro de 1972, no Rio de Janeiro, no bairro Jabour, que fica perto de Bangu, na zona oeste. Oriundo de uma família de classe média baixa, tinha como objetivo ser oficial das forças armadas e estava disposto a trabalhar duro para conseguir isso.

Assim, quando cursava a 8ª série do ensino fundamental, prestou concurso para o Colégio Naval – que é uma escola preparatória para ingressar na Escola Naval que forma os oficiais de carreira da Marinha do Brasil. Como não conseguiu ser aprovado no concurso teve como a primeira decisão empreendedora, aos 13 anos, pedir aos seus pais para não cursar o ensino médio, porque queria se preparar com mais dedicação para o próximo concurso para o Colégio Naval e os seus pais concordaram.

Porém, na 2ª tentativa não passou e, como ser oficial da Marinha do Brasil era a sua meta, objetivo e sonho, no 3º concurso passou. Chegou a cursar o Colégio Naval, mas descobriu que esse não era o seu sonho e desistiu da carreira militar. Aos 19 anos começou a trabalhar no departamento comercial de uma escola de inglês e, depois de algum tempo, aos 23 anos, decidiu montar o seu próprio negócio: a escola de inglês Wise Up, usando como capital inicial R$ 20 mil reais de seu cheque especial.

Além de ter criado a escola de inglês Wise Up, Flávio Augusto é um dos sócios do Portal Administradores e fundou o Ometz Group. Em 2013, adquiriu o clube de futebol Orlando City, criou o Instituto Geração de Valor, publicou o livro Geração de Valor e, por fim, em 2014, criou a escola de negócios online MeuSucesso.com.

A trajetória completa do Flávio Augusto você poderá assistir abaixo:

Já a trajetória de Carlos Wizard Martins não foi muito diferente da trajetória do Flávio Augusto porque, também, veio de família humilde. O paranaense Carlos Wizard Martins nasceu em agosto de 1957, em Curitiba, Paraná, em uma família humilde. Seu pai era motorista de caminhão e a sua mãe era costureira.

Quando Carlos tinha 12 anos seus pais decidiram seguir a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias com a família. Dessa forma, a partir de contatos e aulas de inglês com os missionários norte-americanos da igreja aprendeu a língua inglesa. Aos 17 anos viajou para os Estados Unidos da América com apenas 100 dólares no bolso, para morar e aprender inglês.

Aos 19 anos, Carlos Martins serviu em uma missão religiosa para a Igreja Mórmon em Portugal. Dois anos depois, aos 21, estava de volta ao Brasil – naquela época havia realizado dois de seus sonhos: viver nos Estados Unidos da América e atuar em uma missão religiosa.

Aos 26 anos, foi aceito na Brigham Young University, em Utah, nos Estados Unidos da América, no curso de Análise de Sistemas. No campus da BYU pôde conhecer um dos maiores e mais modernos centros de ensino de idiomas do mundo, o Missionary Training Center.

Nessa época, Carlos passou a conviver com milhares de jovens que, em apenas oito semanas de aulas, conseguiam se expressar livremente em um segundo idioma. Com isso, descobriu que um adulto não precisava levar meses ou anos para aprender outra língua, mas, sim, algumas semanas. 

Ao término da faculdade – em Ciência da Computação e Estatística pela BYU –, estagiou por um ano na empresa Champion International de papel e celulose. Depois, foi transferido para a filial brasileira, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo.

Como dominava a língua inglesa, para complementar o salário mensal da família decidiu dar aulas de inglês à noite, após o expediente, na sala de sua residência. Com uma metodologia de conversação inovadora, fez com que o número de alunos aumentasse e isso lhe motivou a abrir uma escola de inglês.

Dessa forma, com uma visão empreendedora, decidiu abrir uma rede de escolas de idiomas por meio do sistema de franchising. Assim, fundou a rede Wizard, em 1987. Em 2013, o Grupo Multi – formado pelas marcas Wizard, Yázigi, Skill e outras -, foi vendido para o grupo britânico Pearson, líder em educação no mundo.

Hoje, o empresário está à frente da rede Mundo Verde, que é a maior rede de produtos naturais da América Latina. Ele, também, é autor do livro “Desperte o milionário que há em você”, que se encontra entre os mais vendidos do Brasil.

A trajetória, com mais informações, sobre o Carlos Wizard você poderá assistir abaixo:

Flávio Augusto da Silva e Carlos Wizard Martins fazem parte da nova geração de bilionários que enriqueceram nas últimas duas décadas.

E o que me levou a citar esses dois brasileiros foi as dificuldades enfrentadas para conquistarem o sucesso – uma vez que partiram do zero e construíram grandes impérios empresariais. Bill Gates, ao contrário dos empreendedores Flávio Augusto e Carlos Wizard, quando começou já era de uma família rica. Com este artigo se encerra a 1ª parte que se trata da inspiração do projeto “Como montar e gerenciar o seu próprio negócio”.

Espero que você tenha gostado deste artigo. No próximo artigo irei escrever sobre a 2ª parte do projeto “Como montar e gerenciar o seu próprio negócio”, que trata da criação do negócio, com o tema “A escolha do ramo do negócio e outros”.  Aguardem!

Esse artigo complementa os textos baseados no meu livro Montando e Mantendo o $eu Próprio Negócio

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: Carlos Wizard empreendedor Flávio Augusto próprio negócio Roberto Morais

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração