Implantando novas práticas dentro da sua micro e pequena empresa

Em um mercado tão competitivo, tornou-se impossível a diferenciação da concorrência sem a criação de novas práticas. Inovar é a palavra de ordem.

Engana-se quem pensa que para inovar e criar novas práticas são necessários investimentos massivos em tecnologia de ponta ou em mudanças radicais na estrutura da empresa. Dentro, principalmente, das micro e pequenas empresas a inovação está muito mais associada com a empatia e com o entendimento das necessidades do seu público-alvo, para que a partir disso você possa criar novas maneiras de suprir e superar as expectativas dos seus clientes.

Em um mercado tão competitivo, tornou-se impossível a diferenciação da concorrência sem a criação de novas práticas. Inovar é a palavra de ordem. A criação e a implantação de novas práticas dependem de muitos fatores, entre eles a disponibilidade de informações e a troca de conhecimento entre os membros da sua equipe, além da promoção de um ambiente estimulante para a criatividade dos mesmos.

Em suma maioria, as empresas consideradas inovadoras investem e propiciam ambientes férteis para o surgimento de boas ideias. Grande parte delas cede autonomia a seus colaboradores na tomada de decisões, principalmente para aqueles que lidam diretamente com o cliente final, pois são estes os responsáveis pelo fechamento de vendas e garantem a sustentabilidade da empresa.

A empatia com o cliente e a sensibilidade na percepção de suas necessidades são as chaves para a criação de novas e melhores práticas que o diferenciem da concorrência, seja no produto, na forma de pagamento ou na maneira de atendê-lo, se você perceber, o cliente sempre lhe falará onde e de que maneira você pode melhorar, evoluir.

Algumas instituições auxiliam o micro e pequeno empreendedor a implantar melhores práticas, como o SEBRAE, a Endeavor e o Portal Administradores.com

Desse modo, mais vale a empatia e a sensibilidade para com o seu cliente do que "simplesmente" investir quantias exorbitantes em tecnologia de ponta sem ter uma equipe especializada na resolução de problemas e no relacionamento com o seu cliente. Sem esquecer que o ambiente e a autonomia favorecem muito a criação de novas práticas que assegurem seu diferencial competitivo e a saúde da sua empresa no mercado.    

 

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: clientes criatividade empreendedorismo inovação

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração