Mais comentada

Inovar em micro e pequenas empresas?

Em cenários econômicos como o atual, as dificuldades econômico-financeiras têm sido incisivas, de modo que provocar a reviravolta nos negócios não tem sido um processo fácil. Por isso, somente gestões inovadoras serão capazes de superar, com maior afinco e rapidez, os panoramas de estagnação. Mas como promover a convivência amigável entre inovação e as formas clássicas de gestão?

Em cenários econômicos como o atual, as dificuldades econômico-financeiras têm sido incisivas, de modo que provocar a reviravolta nos negócios não tem sido um processo fácil. Por isso, somente gestões inovadoras serão capazes de superar, com maior afinco e rapidez, os panoramas de estagnação. Mas como promover a convivência amigável entre inovação e as formas clássicas de gestão?

Antes de mais nada, é preciso considerar que o foco em inovação é um caminho sem volta nos processos de decisão empresarial. A partir do momento em que a inovação ganha, inclusive, o caráter disruptivo, percebe-se a sua amplitude e entendemos que somente com ela as empresas poderão evoluir. Gestões clássicas vivem hoje o dilema de se reinventarem não para crescer, mas sim, pela sua própria sobrevivência.

Por tudo isso, especificamente no caso da micro e pequenas empresas, somente a gestão inovadora as permitirá lograr êxito perante a concorrência. Em ambientes de competição muitas vezes hostil, inovar é a forma mais saudável e limpa de competir, pois deixamos realçar valores importantes como criatividade, comunicação e reconhecimento, de maneira que alcançar os objetivos empresariais se torna um processo natural.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: empreendedorismo empresas inovação