Mercado de estética cresce nos últimos anos, a despeito da crise

Os brasileiros estão cada vez mais preocupados em cuidar do corpo e da saúde saúde. Portanto, o número de microempreendedores individuais já cresceu 567%, segundo Sebrae.

A vaidade feminina e masculina alimenta um mercado em ascensão que movimenta mais de R$ 38 bilhões por ano no país, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).  Entre 2010 e 2015, o número de registros de microempreendedores individuais (MEIs) nessa área teve um incremento de 567%, passando de 72.309 para 482.455 em janeiro de 2016, segundo dados do Sebrae.

Especialistas garantem que o mercado é bom o ano inteiro, do inverno ao verão. 
O brasileiro está cada dia mais preocupado com a aparência, o que pode render um bom negócio aos empreendedores. O mercado de estética, apesar da crise econômica e política que o Brasil atravessa, não tem sido tão abalado quanto o comércio de produtos e demais setores da atividade econômica, devido à preocupação da mulher brasileira com a estética, a beleza e os cuidados pessoais. Recentemente, até mesmo os homens tem buscado novos serviços e produtos de beleza.

Os Centros de Estética podem oferecer além de serviços de hotelaria, alimentação, atividade física orientada e serviços extras no centro terapêutico (massagens, banhos, tratamentos estéticos e terapêuticos). Massagens tradicionais como drenagem linfática, modeladora, relaxante, terapias com pedras quentes, reflexologia, reiki, shiatsu, entre outros, são muito requisitados. Alguns banhos são desintoxicantes e auxiliam na redução de medidas (banho mediterrâneo e o café com leite, por exemplo). Também serviços de tratamentos terapêuticos, como a acupuntura, a haihua e a kenesioterapia. Já os procedimentos faciais abrangem a limpeza de pele e revitalização facial e procedimentos estéticos que ajudam a reverter o envelhecimento da pele, flacidez e redução de medidas, como o freeze, a radiofrequência corporal e facial e a lipocavitação. Todos esses serviços podem ainda ser complementados com os de um salão de beleza.

Outra opção para aumentar a lucratividade é oferecer produtos importados e serviços de tratamento corporal e facial, como drenagem pré e pós-cirúrgico, massagem relaxante, trabalhos com pedras quentes, tratamentos de rejuvenescimento facial, micropigmentação de sobrancelhas e pacotes de serviços voltados para o Dia da Noiva. A área de estética tem a finalidade de beneficiar rosto e corpo, melhorando a pele, a flacidez, a gordura localizada. 

 

Avalie este artigo:
(2)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: clinica de estetica mercado lucrativo tendências