Mais comentada

No mundo corporativo é preciso confiar para aprender

E preciso confiar para aprender! Se você está em dia com as tendências do mercado de trabalho, sabe a importância que o aprendizado contínuo tem para a sua carreira.

iStock

Você procura atualizar conhecimentos, desenvolver novas competências e habilidades, não é? Ótimo. Só que para isso não basta fazer cursos, especializações e treinamentos. Você também precisa participar da espiral do aprendizado contínuo de sua empresa. Isso significa compartilhar o que sabe com os colegas e assimilar o que eles sabem.

A questão é: você está aberto para isso?

Como estudiosa comportamental, eu percebo que essa troca de conhecimento e experiências entre profissionais é uma questão delicada, pois está ligada ao sentimento de confiança.

E confiança, infelizmente, é uma raridade no ambiente competitivo das empresas. Na verdade, o que reina é a desconfiança. As pessoas colocam barreiras na interação com os outros, para preservar o que sabem. Porque para elas a posse de certas informações e conhecimentos é estratégia na competição por melhores cargos.

Nesse contexto de desconfiança, não é tão simples para as pessoas abrirem mão de suas barreiras. Não é tão simples colocar recursos à disposição do outro e acreditar que ele não se aproveitará disso para nos prejudicar. Fazer isso é como entregar munição ao inimigo! Compreendo que confiar quanto todo mundo desconfia é como nadar contra a corrente. Mas é justamente aí que está o motivo para adotar comportamentos baseados na confiança.

Num mundo em que desconfiar é a rega geral, quem confia se diferencia. Quem confia se integra melhor, se mostra mais disposto a colaborar, mais aberto. E essas atitudes são muito valorizadas pelas empresas. Pense nisso.

É claro que não se espera que você se torne altamente confiante de um dia para o outro. Confiança é um comportamento que pode ser praticado e aprendido aos poucos, no dia a dia.

Comece a praticar a confiança com as pessoas mais próximas e conhecidas, ou em situações que não ofereçam grandes riscos.

Conforme você vai repetindo esse comportamento e tem bons resultados, vai se tornando mais e mais confiante. Você também é fortalecido pelo efeito-reflexo da confiança. Porque ao confiar no outro, você o inspira a confiar em você também. Cria-se uma relação de reciprocidade que alimenta a confiança em seus relacionamentos.

Procure também conhecer melhor seus companheiros de trabalho e permita-se deixar conhecer. Abra-se para compartilhar o que sabe e aprender o que não sabe. Lembre-se de que relacionamentos de confiança são relacionamentos de troca. E com essa troca você também será muito enriquecido, com toda certeza.

Compartilhe este conteúdo e faça com que muitas outras pessoas passem a encarar a confiança como uma oportunidade de aprendizado e enriquecimento. 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: aprendizado artigo atitude carreira comportamento confianca empreendedorismo leilanavarro motivacao palestranteleilanavarro produtividade profissao sucesso