Mais comentada

Perceber uma ameaça não é o mesmo que lidar com ela

Não adianta só perceber que a situação está mudando.

A ESTRANHA REALIDADE DA ESTAGNAÇÃO

A maioria continua fazendo mais do mesmo, menos com mais e por ai vai... É um estranho ciclo. Grande parte das empresas hoje sentem os impactos de um mercado mais dinâmico, no entanto, estão presas nos seus próprios processos e vícios para encontrar novas saídas.

A questão é que elas querem inovação e apenas acabam mal e mal melhorando... Algumas vezes por não saber como buscar o novo, outras vezes por não conseguir perceber, não conseguir implementar, até mesmo por medo de sair daquilo que é certo.
Estagnação é fruto de justamente acreditar que o se está fazendo já é suficiente ou medo do que possa acontecer no futuro seja algo muito ruim. Independente de qual seja a crença, o mercado castiga cada vez mais as empresas que estão seguindo sempre na mesma.

E ai encontramos uma pergunta – Elas enxergam que isso está acontecendo?

OS OLHOS DAS EMPRESAS

Muitas empresas e entidades vem e sentem um pouco do que está acontecendo, fecham os olhos a maioria, torcem para passar longe... Não acontece.


É como aquele problemão que você sabe que precisa encarar, mas fingi não ver e fica pensando “Ok, se eu fingir que não é comigo ele se afasta...” Não vai. Principalmente, no mercado o que é certo esperar é mais agressividade e possibilidades.

Outras ainda abrem os olhos, sabem o que está vindo e acham que isso a situação realmente importante, mas não fazem nada. Acreditam que não vai chegar até seus negócios, ou que sua credibilidade e tanto tempo serão fortes o suficiente para segurar o que está vindo... Afinal pode ser passageiro.

Essa é a verdade, você olhando ou não, você sentindo ou não, você atento ou não, o que antes levava décadas para as coisas a sua volta mudar, hoje são poucos meses para abalos sísmicos.

O QUE É IMPORTANTE?

Claro que notar esses movimentos é importante, mas o que realmente faz diferença é a forma que você lida com isso.

“Reconhecer uma ameaça, não é o mesmo que lidar com ela” – Paul Carroll

O que é preciso nesse movimento todo é estar tomando a frente das inicitiavas. Por que esperar o mercado modificar o seu modelo se você mesmo pode ir fazendo?

Você pode ir buscando maneiras diferentes de lidar com o modelo...
• Pode dar errado? Claro.
• Pode perder dinheiro? Claro.
• Pode perder energia? Claro.

Mas empresas em movimento de inovação verdadeira, não apenas melhoria, acabam sendo ágeis e sempre acabam, mesmo com as perdas, tendo mais impulso que as demais.

“Inovação pode não ser o melhor atalho ao futuro, mas é a maior garantia.”

Este vídeo complementa a ideia do artigo:

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: empreendedor empreendedorismo

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração