Mais comentada

Saiba quais são as estratégias para o seu negócio prosperar em 2018

Você é dono de uma empresa, mas ainda não tem um negócio que gira da forma como espera? Este artigo é para você! Boa Leitura! 📖

Você é dono de uma empresa, mas ainda não tem um negócio que gira da forma como espera?

Posso imaginar como está ansioso e apreensivo, em especial com a chegada de 2018.

Sim, quando se inicia um novo ano, é comum que fiquemos mais otimistas e esperançosos com relação a tudo o que cerca a nossa vida, inclusive os negócios. Mas ficamos também bastante preocupados em não chegarmos no ponto tão esperado.

Para algumas pessoas, foram anos de dedicação, de noites em claro e de trabalho árduo para terminar 2017 ainda bem longe da expectativa.

Mas você não deve parar de ser otimista e de continuar tentando realizar o sonho de alcançar os resultados e metas almejados.

Por outro lado, de nada adianta trabalhar muito se você não está usufruindo do esforço que tem colocado nesse trabalho.

Se dedicar bastante é importante e necessário, mas a estratégia é focar no que realmente fará a diferença no seu negócio, aquilo que te levará a sair do mesmo lugar de uma vez por todas.

Foi por isso que eu separei as 3 dicas a seguir. Espero que elas te ajudem a repensar o seu projeto e a finalmente conquistar a chance de ter um negócio que gira. Confira!

1 – Entenda as necessidades do seu cliente

O seu produto é muito bom e muito útil para você? Que ótimo, mas ele é necessário para o seu cliente?

Lembre-se de que trabalha para um público, que precisa querer o seu produto ou solução, portanto, avalie se aquilo que você oferece resolve um problema, elimina uma dor, melhora a vida de alguém ou facilita o dia a dia.

Se você não tiver isso nas suas mãos para vender, então você não tem nada. Parece duro de ouvir, ou melhor, de ler isso, mas essa “sacudida” pode fazer uma verdadeira reviravolta para que o seu negócio prospere, e muito!

2 – Venda valor e não preço

O mercado está cheio de gente querendo pagar o mínimo possível em um produto ou solução, é verdade.

E ninguém está errado em pensar assim, mas será que essa regra serve para todas as situações?

Já parou para pensar em que tipo de produtos ou soluções você vê valor?

Eu conheço gente, por exemplo, que não abre mão de comprar sapatos na loja mais cara, porque essa pessoa vê um valor tão grande em sentir os pés confortáveis, que ela economiza em outras coisas para ter esses sapatos.

Mas eu conheço alguém que nunca na vida gastaria mais do que dois dígitos em um sapato, por outro lado, gosta de ter o celular da última geração, o mais rápido, com a melhor câmera e com as mais completas funcionalidades. Por isso essa pessoa gasta sem pensar uma boa quantia em dinheiro todos os anos para ter esse tipo de aparelho.

É nisso que ela enxerga valor.

Não estou dizendo que o seu produto deve ser caro, o que estou propondo é que você reflita se deve mesmo abaixar o seu preço para ter mais clientes.

Qual é o valor do seu produto ou solução? Esqueça o preço e pense no valor que ele tem para quem vai usá-lo. Em que ele ajuda as pessoas? Como ele deixa alguém mais feliz e mais bonito? Como ele proporciona conforto e leveza?

Se você não acredita no valor do seu produto, então ninguém mais vai acreditar, mas quando você enxergar esse valor, então é isso o que você deve vender!

Pode ter a certeza de que existem clientes dispostos a comprá-lo.

3 – Encontre o seu cliente

Você tem um produto ou solução que resolve problemas e que facilita a vida das pessoas e vende um valor e não o preço? Ótimo, mas é aí que surge a pergunta: afinal, onde estão os meus clientes?

Você já entende que o seu negócio é bom, só falta agora saber quem são os seus consumidores e onde eles estão para finalmente realizar as tão esperadas vendas.

São mulheres de 20 a 30 anos ou de 30 a 50? São homens formados e que praticam esportes? São professores, são crianças, são os pais dessas crianças?

Defina o público considerando quem o seu produto pode ajudar para depois fazer as ações necessárias para encontrá-lo. Essa tarefa não é nada fácil, mas quando você a realiza corretamente, aí o seu negócio começa a fluir.

Nas redes sociais é possível fazer campanhas específicas para o seu público. Crie uma promoção e ofereça um desconto para essas pessoas. Você vai chamar a atenção dos potenciais clientes e, assim, as chances de te conhecerem e de comprarem de você são bem maiores.

Espero que esse artigo tenha te ajudado pelo menos um pouco para que você tenha finalmente um negócio que gira em 2018.

Muito sucesso ao longo desse ano, mas não deixe de ser otimista e realize as ações mais estratégicas para garantir as suas vendas!

Presleyson Lima - www.presleyson.com.br

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: 2018 como crescimento dicas estratégias prosperar