Você tem comportamento inovador ou empreendedor?

O que leva um empreendedor a ter um comportamento inovador? Veja neste artigo as características de um empreendedor inovador.

Entre as centenas de pesquisas científicas que já orientei muitas se destacaram pela qualidade, porém poucas marcaram tanto quanto a pesquisa sobre Comportamento Inovador. Tanto foi que publicamos os resultados de uma pesquisa no livro “Gestão empreendedora: Parceiros estratégicos” (disponível na Amazon em formato e-book).

Já sabíamos que o comportamento inovador possui uma forte relação com o comportamento empreendedor, porém o que nos causou surpresa foi perceber que tem gente que inova até mesmo por paixão. É comum ouvir alguém dizer que seja apaixonado por música, ou por cinema, mas não é sempre que se ouve alguém dizer: “sou apaixonado por inovar”.

Tem gente que diz “eu adoro empreender”, o que não é difícil de entender, já que arriscar-se num novo negócio tem um tempero de aventura. Porém, num mercado cada vez mais dinâmico e globalizado, a inovação além de ser prazer para alguns, ainda pode ser utilizada como ferramenta geradora e propulsora dos negócios.

Podemos dizer que o espírito empreendedor e a inovação já não podem ser vistos apenas como uma escolha e sim como necessidade. Não é por outro motivo que inovação se transformou na palavra do momento.

Então, quais são as características de uma pessoa inovadora?

Algumas das características para os processos de criação e de inovação, como por exemplo a busca de oportunidades, monitoramento das ações e a disposição para correr riscos calculados, podem ser encontradas também no comportamento empreendedor. Porém o sentimento de prazer e satisfação que o indivíduo sente ao inovar não é tão presente no comportamento empreendedor.

Outros fatores que mereceram destaque são o reconhecimento pessoal e profissional do sujeito e a possibilidade de visibilidade pública gerada pelo status proporcionado pelos resultados de sua inovação.

O gosto pela experimentação, a partir da vivência de erros e acertos, também é fator importante para vários dos sujeitos inovadores. O interessante é que esses sujeitos destacam a importância na participação em treinamentos, palestras e estudos de caso sobre erros e sucessos de outras empresas que inovaram.

Verificamos que, apesar de existirem várias dificuldades para inovar, como de falta de apoio do governo, ou os custos envolvidos, esses fatores não impedem os empreendedores de inovar nas suas empresas, ou seja, a inovação é um fator que ocorre independente das dificuldades ou barreiras que existam.

Quanto mais um sujeito possui características comportamentais empreendedoras, maior será a probabilidade para que se inove na organização. Assim percebemos a importância da cultura empreendedora e inovadora nas organizações.

Dessa forma pode-se trabalhar no desenvolvimento das competências empreendedoras e inovadoras nos funcionários, além de ser possível aplicar práticas nas empresas para que se estimulem a cultura da inovação, fomentando o espírito competitivo e o empreendedorismo.

Você é inovador? Com quais desses fatores você se identificou?

(Alipio Veiga, mar/2019)

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: #empreendedor #empreendedorismo #espiritoinovador #inovação #inovar