Como criar e gravar 4 músicas em 6 semanas me ensinou lições de como administrar melhor sob pressão

Como criar e gravar 4 músicas em 6 semanas me ensinou lições de como administrar melhor sob pressão

Sempre gostei de música, costumava compor em português quando era adolescente e quando tinha banda de rock mas nunca havia gravado em estúdio. Ano passado eu decidi viajar para Nashville novamente, a primeira viagem tinha sido em 2015 onde pude conhecer o universo do estilo de música que amo, o Country Music. Sabendo da minha viagem em Setembro/2017 meu amigo Dieter Baumgartner me lançou um desafio. Por que não aproveitar a segunda passagem na cidade berço do Country Music e gravar umas músicas?

- Com certeza é um maluco mesmo, pensei.

Mas ele insistiu, me passou os contatos dos músicos, do estúdio, as agendas bateram mas mesmo assim meu desejo era postergar.

- Talvez não seja o momento, deixa para uma próxima, pensei.

Mas não teve jeito após alguns dias pensando eu decidi 6 semanas antes da data agendada gravar 4 músicas. Detalhe, eu não tinha ideia do que eu iria gravar e queria que fosse tradicional. Como um grande agoniado eu já estava pensando em como lançar a música, como divulgar, como que fazia para colocar no Spotify, etc, sem ao menos ter iniciado os rascunhos das músicas.

Mas resolvi me concentrar na missão. Precisava de 4 músicas, em inglês (que não é meu idioma nativo) e que demonstrasse um pouco da minha sonoridade e do meu estilo de cantar e tocar, sem copiar ninguém. Eu escrevia e gravava qualquer frase que vinha na mente durante o dia e tudo para onde eu olhava eu pensava em formas para poder escrever.

Eu precisava enviar os rascunhos com pelo menos 1 semana de antecedência para o estúdio, me restavam 4 semanas para criar 4 músicas, uma por semana certo?

A música Old Chords foi a primeira que fiz, depois veio The Rest of My Life, Corn and Pride e por último e acredito que a mais complexa para criar foi History, foi a letra mais extensa e que fiz em primeira pessoa.

Você precisa fazer o seu melhor dentro das condições que você tem hoje até ter condições diferentes.

Isso me ensinou a administrar dentro das condições que temos hoje. Independente do seu grau de instrução, experiência e condição financeira, tem hora que só a gente pode resolver.

Eu não sou um cantor profissional, apenas um amante da música country com um hobby de cantar e tocar. Mas o fato de ter criado músicas e ter tido uma experiência como essa me levou a patamares que eu jamais havia imaginado.

Sempre achei que o dia que decidisse gravar iriam ser anos de planejamento, orçamentos, análises, que iria ter que ir para um lugar remoto para buscar inspiração etc. Mas tive que correr contra o tempo e fazer o meu melhor naquele momento. Compartilhei o desafio com algumas pessoas apenas e me concentrei em criar, testar e deixar as músicas prontas.

Foi uma conquista que não foi apenas minha, contei com o trabalho magnífico dos músicos, do Studio 23 de Bryan Cumming, do meu ex-professor de inglês e amigo Fábio Aresi, e principalmente do meu amigo Dieter Baumgartner que me encorajou e me inspirou a fazer algo que ficará para sempre registrado.

Se você tem vontade de gravar uma música, escrever um livro, viajar, mudar de emprego. aprender uma língua nova, enfim, qualquer que seja o objetivo só tem uma forma de conseguir, e é começando.

Posso listar algumas lições que tive com esse projeto:

  1. O resultado em grupo é mais rico
  2. Temos que fazer o melhor, mas nem sempre vamos ser o melhor
  3. Não perca muito tempo planejando, planejar é importante mas às vezes você precisa fazer
  4. Conte com pessoas chaves que irão encorajar e contribuir para a sua meta
  5. Organize-se dentro do que você tem de recursos e tempo hoje
  6. Aceite feedback das pessoas que querem o seu melhor, ninguém vai saber o que você passou para finalizar o trabalho, mas precisamos respeitar a visão dos nossos pares
  7. Evolução faz parte da vida, se não ficou excelente na próxima pode ficar

O que essa pequena parte da minha vida me ensinou é que tudo se resume em administrar. Sozinho não conseguiria jamais fazer tudo, e se fizesse não iria ter a grandeza do trabalho que foi concebido.

A pressão faz parte do dia a dia, se você quer se desenvolver vai precisar digerir, dar a volta por cima e fazer de novo.

Se não ficar excelente não tem problema, na próxima vez usa as lições apreendidas e tenta fazer melhor. Dificilmente minhas músicas vão tocar nas rádios americanas ou brasileiras, mas uma coisa é certa: elas foram ouvidas pelos meus amigos e reconhecidas por alguns sites de notícias e de música. Me deixaram mais exposto e pude participar de shows e eventos incríveis que eu jamais imaginei que teria chances. Bacana não?

Se quiser conferir as músicas de “Corn and Pride” lançado no dia do meu aniversário em 11.10.2017 segue os links:

https://open.spotify.com/album/2uQKolkQZMmbr3TvvWyCJL?si=caGkd8YUSYCjQxMrEkFw1w

https://soundcloud.com/robertotrevizan/sets/corn-and-pride

https://www.youtube.com/playlist?list=PL6Sm-4QVIOMLNT7EbMtyT47ki5EOuhr97

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: administração desafio empreendedor empreendedorismo motivacao motivação