Por que não tomar uma decisão

Desde pequenos somos ensinados a ser corajosos, decisivos e até mesmo líderes. Mas, o que não nos ensinam é o perigo de “tomarmos muitas decisões”

“Será que eu deveria procurar outro emprego?”

“Será que eu deveria começar a correr?”

“Será que eu deveria usar essa roupa?”

Eu sei que muita dessas perguntas já passaram pela sua vida, e tenho certeza que por várias vezes você teve que tomar uma decisão para resolvê-las.

Desde pequenos somos ensinados a ser corajosos, decisivos e até mesmo líderes. Mas, o que não nos ensinam é o perigo de “tomarmos muitas decisões”.

Fato é, hoje em dia, não é nada fácil ir a um supermercado e ter de escolher uma dentre 10 marcas de arroz, 8 marcas de macarrão, 3 tipos diferentes de óleo e por aí vai... Toda essa maratona de opções cansa nosso cérebro e desgasta boa parte de nossa energia, isto ocorre devido à um processo chamado de “Fadiga decisória”.

A grosso modo, todos nós temos uma “bateria decisória”. Quando acordamos, esta bateria de decisões está carregada em 100% de sua capacidade, e ao decorrer do dia ela vai se consumindo, até chegar ao ponto de estarmos tão cansados que mal conseguimos pensar!

Mas isso não quer dizer que você deva deixar tudo a Deus-dará! Não. O próprio ato de não fazer nada já é uma decisão - de não fazer nada.

Por isso, padronize as pequenas decisões da sua vida, as quais não é tão necessário uma nova escolha a cada dia. Busque um padrão para as roupas que serão usadas para trabalhar, para passear, para ficar em casa, procure a uniformidade inclusive em sua alimentação matinal e noturna, por exemplo.

Transformes suas pequenas decisões diárias em um hábito, assim você terá mais energias para decidir coisas que realmente importam na sua vida.

P.S: Há muitos adeptos dessa ideia pelo mundo. Mark Zuckerberg e o ex-presidente Obama, por exemplo, costumam usar o mesmo padrão de roupa e de alimentação.

CompartilharCompartilhar Por que não tomar uma decisão
GosteiPor que não tomar uma decisãoComentarCompartilharCompartilhar Por que não tomar uma decisão

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração