Sugerir indicadores para avaliar a qualidade de vida no seu município.

Sugerir indicadores para avaliar a qualidade de vida no seu município.

Para iniciar o processo de planejamento, indicadores agregados (como o
aplicativo @Cidades do IBGE) são pontos de partida. Saber quantas pessoas residem
no município, o gênero, tipo de infraestrutura, quantidade de empresas existentes é um
parâmetro para desenhar as necessidades do local. Outro bom indicador agregado é odo MTE, para avaliar a empregabilidade da cidade e avaliar quantas vagas existem.

Dependendo de onde se localiza o município buscaria dados agregados junto as
empresas de estatística estatais (SEADE, etc.), como o foco aqui é qualidade de vida
outro indicar seria o IDH municipal, e para avaliar a estrutura das escolas buscaria
junto ao MEC dados da prova Brasil e demais indicadores educacionais e junto ao
DataSUS veria os indicadores de atenção básica, junto a MJ buscaria os dados
relativos a segurança pública.
Com base nestes dados tentaria um convênio junto aos órgãos estatísticos
estaduais para estudar a questão do município (bolsões de pobreza, evasão escolar,
subemprego, violência de gênero, discriminação, pessoas portadoras de necessidades
especiais, etc.) para a criação de um painel mais focado no município e, assim, ser
capaz de gerar indicadores sintéticos mais adequados as idiossincrasias da região.
Antes de finalizar este levantamento dos dados criaria uma força tarefa com
representantes das secretarias de assistência social, educação, saúde, saneamento e,
se existir, segurança pública, para coletar os dados que eles dispõem, suas
dificuldades e projetos que tocam, para evitar sobreposição de ações e
descontinuidade de projetos que estão obtendo resultados e assegurar a participação
dos burocratas nas futuras ações para a melhoria do bem estar da população.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)